Docência na Educação Infantil e linguagem: uma revisão integrativa sobre as concepções das pesquisas atuais

Teaching in Early Childhood Education and language: an integrative review of current research concepts

Autores

Palavras-chave:

Educação Infantil, Docência

Resumo

Este artigo parte da seguinte questão norteadora: quais as relações entre docência na Educação Infantil e linguagem têm sido tecidas nas pesquisas brasileiras publicadas em artigos de periódicos? Para tanto, objetivou identificar quais as relações entre docência na Educação Infantil e linguagem têm sido tecidas nas pesquisas brasileiras publicadas em artigos de periódicos. Trata-se de revisão integrativa realizada com buscas no Portal de Periódicos CAPES e na plataforma SciELO. Foram selecionados seis artigos publicados em periódicos brasileiros entre 2010 e 2023. Identificou-se que em três estudos selecionados, ao pesquisarem sobre a linguagem, remetem um olhar para uma via: oral, musical e escrita, e o foco está em como incluí-la no planejamento. Já nos demais estudos, as compreensões sobre a linguagem e a docência relacionam-se com os modos de interpretação e expressão das crianças.

Palavras-chave: Educação Infantil; Linguagem; Docência.

 

Abstract

This article focuses on Early Childhood Education and it is based on the following guiding question: what relationships between teaching in Early Childhood Education and language have been woven in Brazilian research published in journal articles? To answer this question, this study aimed to identify which relationships between teaching in Early Childhood Education and language have been woven in Brazilian research published in journal articles. This is an integrative review carried out with searches on the CAPES Journal Portal (“Portal de Periódicos CAPES”) and the SciELO platform. Six articles published in Brazilian journals between 2010 and 2023 were selected. It was identified that in three selected studies, when researching language, they make a choice: each of them takes a look at one way: oral, musical and writing, and the focus is on the different ways that the teacher can include them in their planning, as the one who organizes the teaching. In a different way, the other selected studies point to understandings in which language and teaching are related to children's ways of interpreting and expressing themselves in/with the world.

Keywords: Childhood Education; Language; Teaching.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula da Silva Galdino, Universidade do Sul de Santa Catarina

Doutoranda do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade do Sul de Santa Catarina, linha de pesquisa Relações Culturais e Históricas na Educação. Atualmente é assistente de educação na Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina e professora no curso de Pedagogia no Centro Universitário Barriga Verde (UNIBAVE). Integrante do Grupo de pesquisa Educação, Infância e Gênero (GEDIG) e do grupo Teoria do Ensino Desenvolvimental na Educação Matemática (TEDMAT).

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-6402-1770    Email: anaa.galdino@gmail.com

Luciane Pandini Simiano, UNISUL

É doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, realizando parte de seu doutoramento na Università degli Studi di Firenze (2013-2014), mestre em Educação pela Universidade do Sul de Santa Catarina e graduada em Pedagogia pela mesma universidade. Realizou pós-doutorado, com bolsa CNPq, junto à Università degli Studi di Firenze (2022-2023). Por meio do Finanziamento Internazionalizzazione -FORLILPSI, atuou como Visiting Professor, junto ao Dipartimento di Formazione, Lingue, Intercultura, Letterature e Psicologia na UNIFI-ITA (2022-2023). Atualmente é Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação - Mestrado e Doutorado - na Universidade do Sul de Santa Catarina. Leciona no referido Programa e, também, no Curso de Pedagogia desta universidade. É líder do Grupo de Pesquisa Educação, Infância e Cultura GEDIC/ PPGE/UNISUL e pesquisadora do Gruppo di Ricerca Enzo Catarsi -Famiglia, Adolescenza e Infanzia (FAI/UNIFI-ITA). Atua como Coordenadora Institucional do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência -PIBID (desde 2018). É Editora Associada da Revista POIÉSIS. É membro do grupo gestor do Fórum de Educação Infantil da região Sul de Santa Catarina. Desenvolve pesquisas e intervenções na área da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: Infância, Narrativa e Experiência, Documentação Pedagógica, Prática Docente e Formação de Professores na Educação Infantil.

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-8378-2359   Email: lucianepandini@gmail.com

Simone Antunes Veronez da Silva, UNISUL

Mestra em Educação; Especialista em Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil; Especialista em Neuropsicopedagogia Clínica e Institucional com enfoque em Educação Especial; Graduada em Pedagogia Professora: Anos Iniciais do Ensino Fundamental e Educação Infantil.

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-1507-0795   Email: 686027@profe.sed.sc.gov.br

Referências

ALBUQUERQUE, S. S.; BARBOSA, M. C. S.; FOCHI, P. S. Linguagens e crianças: tecendo uma rede pela educação da infância. Aleph, Niterói, v. 7, p. 5-23, 2013.

AQUINO, P. N. O.; MARTINS, C. A. As múltiplas linguagens na educação infantil: uma experiência na formação inicial de professores. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 9, p. 36-54, set./dez. 2018.

AQUINO, P. N. O.; MARTINS, C. A. As múltiplas linguagens das crianças na Pedagogia malaguzziana: reflexões com estudantes de Pedagogia. Revista Zero-a-seis, v. 21, n. 39, p. 183-198, jan./jun. 2019.

BARBOSA, M. C. S. Três notas sobre formação inicial e docência na educação infantil. In: CANCIAN, V. A.; GALLINA, S. F. S.; WESCHENFELDER, N. (Orgs.). Pedagogia das infâncias, crianças e docências na educação infantil. Livro 2. Brasília: Ministério da Educação, 2016. p. 131–139.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edição 70, 2011.

BENJAMIN, W. Sobre arte, técnica, linguagem e política. Lisboa: Relógio D’Água, 1992.

BENJAMIN, W. Escritos sobre mito e linguagem. 2. ed. São Paulo: Duas Cidades; Editora 34, 2013.

BOTELHO, L. L. R.; CUNHA, C. C. A.; MACEDO, M. O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Gestão e Sociedade, v. 5, n. 11, p. 121-136, 2011.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 21 dez. 1996.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Resolução CNE/CEB nº 5, de 17 de dezembro de 2009. Fixa as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Poder Executivo, Brasília, DF, 18 abr. 2009.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 11.769, de 18 de agosto de 2008. Altera a Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996 para dispor sobre a obrigatoriedade do ensino da música na educação básica. Diário Oficial da União, Brasília, 2008. Disponível em: https://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=1&data=19/08/2008. Acesso em: 02 nov. 2023.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília: MEC, 2018.

CERISARA, A. B. As Professoras de Educação Infantil: entre o feminino e o profissional. São Paulo: Cortez, 2002.

COUTINHO, Â. M. S. A ação social dos bebês: um estudo etnográfico no contexto da creche. 2010. 312 f. Tese (Doutorado em Sociologia da Infância) - Universidade do Minho, Braga, Portugal, 2010.

GORDON, E. E. Teoria da Aprendizagem Musical Para RecémNascidos e Crianças em Idade Pré-Escolar. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 2000.

GUIMARÃES, D. O. Relações entre adultos e crianças no berçário de uma creche pública na Cidade do Rio de Janeiro: técnicas corporais, responsividade, cuidado. 2008. 222 f. Tese (Doutorado em Educação) - Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008. Disponível em: https://grupoinfoc.com.br/publicacoes/doutorado/d11.pdf . Acesso em: 30 out. 2023.

MALAGUZZI, L. Histórias ideias e filosofia básica. In: EDWARDS, C. P.; GANDINI, L.; FORMAN, G. E. As cem linguagens da criança: a abordagem de Reggio Emilia na educação da primeira infância. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999. p. 48-62.

MENDES, K. D. S. M.; SILVEIRA, R. C. C. P.; GALVÃO, C. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na Saúde e na Enfermagem. Texto Contexto Enferm., Florianópolis, v. 17, n. 4, p. 758-764, out./dez. 2008.

OLIVEIRA-FORMOSINHO, J. Pedagogia(s) da infância: reconstruindo uma práxis de participação. In: OLIVEIRA-FORMOSINHO, J.; KISHIMOTO, T. M.; PINAZZA, M. A. (Org.). Pedagogia(s) da infância: dialogando com o passado: construindo o futuro. Porto Alegre: Artmed, 2007. p. 13-36.

Downloads

Publicado

05/07/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 10
  • pdf downloads: 4

Como Citar

DA SILVA GALDINO, A. P.; PANDINI SIMIANO, L.; ANTUNES VERONEZ DA SILVA, S. Docência na Educação Infantil e linguagem: uma revisão integrativa sobre as concepções das pesquisas atuais: Teaching in Early Childhood Education and language: an integrative review of current research concepts. Revista Cocar, [S. l.], v. 20, n. 38, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8105. Acesso em: 12 jul. 2024.

Artigos Semelhantes

1 2 3 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.