Vigotski e a Educação Especial: Notas Sobre Suas Contribuições

Autores

  • Nilda de Oliveira Bentes no@email.com
    Universidade do Estado do Pará (UEPA)

Resumo

Neste texto temos o objetivo de destacar as contribuições da psicologia histórico-cultural nas proposições de Vigotski para a compreensão do desenvolvimento humano de pessoas com necessidades educacionais especiais, discutindo como as intervenções oferecidas, segundo suas ideias, podem ter impacto na formação desses sujeitos como pessoa. Com base em seu texto sobre defectologia focalizamos a criação de "caminhos alternativos" e "recursos especiais" não só para aquisição da aprendizagem, e sim para compreender a imersão do desenvolvimento do sujeito como pessoa, trabalhando com a diversidade na criação de estratégias como alternativas de lidar com o problema da deficiência. Salientamos que criar caminhos alternativos e recursos especiais não significa simplificar tarefas, separar a criança dos colegas ou ocupá-la com atividades que se baseiam nas funções psicológicas elementares, que só fazem preencher o tempo e não criam zonas de desenvolvimento proximal e, por isso, não tem impacto na aprendizagem e não criam desenvolvimento. Expomos algumas ponderações, apontando o valor da atualidade da teoria vigotskiana ao que hoje é trabalhado na inclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais.

Palavras-chave: Caminhos alternativos. Recursos especiais. Defectologia. Psicologia histórico-cultural

Vygotsky and special education: notes on his contributions

In this text we aim to highlight the contributions of cultural-historical psychology within the propositions of Vygostky for the understanding of human development of people with special educational needs, discussing how the interventions that are offered, according to his ideas, can impact the constitution of these subjects as persons. Based on his text on defectology, we focus on the creation of "alternative paths" and "special resources" not only for learning acquisition, but also to understand the immersion of the subject’s development as a person, working with diversity for the creation of strategies as alternatives to deal with the issue of disability. We emphasize that creating alternative paths and special resources does not mean simplifying tasks, separating the child from its peers, nor engaging it in activities that are based on the basic psychological functions, that do nothing but pass time and end up not engendering development. We expose some considerations, pointing out the contemporary value of Vygostkyan theory regarding what is applied today to the inclusion of people with special educational needs.

Keywords: Alternative paths. Special resources. Defectology. Cultural-historical psychology

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Nilda de Oliveira Bentes, Universidade do Estado do Pará (UEPA)

Professora dos cursos de Graduação em Pedagogia e do Mestrado em Educação do Centro de Ciências Sociais e Educação CCSE/UEPA.

Downloads

Publicado

19/08/2011
Métricas
  • Visualizações do Artigo 1342
  • PDF downloads: 5822

Como Citar

BENTES, N. de O. Vigotski e a Educação Especial: Notas Sobre Suas Contribuições. Revista Cocar, [S. l.], v. 4, n. 7, p. 85–92, 2011. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/41. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)