A História do Ensino de Ciências no Brasil e a Elaboração da Base Nacional Comum Curricular

The History of Science Teaching in Brazil and the Elaboration of the National Common Curriculum Base

Autores

Resumo

Este artigo busca responder a seguinte questão: Quais as implicações da História do Ensino de Ciências na construção curricular da área? Para isso, realizamos uma pesquisa teórica pautada nos estudos de Krasilchik (2000), Silva e Pereira (2011), Franco e Munford (2018) e Ferreira Jr (2010), e na análise das Leis de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, dos Parâmetros Curriculares Nacionais e nas versões, preliminares e definitiva, da BNCC. Das análises, percebemos a forte influência política, econômica e social na organização curricular e sua intenção de manter uma sociedade elitista. É, neste contexto, que surge a BNCC, como forma de manter a situação posta, gerando mais exclusão e alienação do que inclusão e formação crítica, embora tenha como princípio a promoção do Ensino de Ciências por investigação, com vistas ao Letramento Científico.

Palavras-chave: Ensino de Ciências. BNCC. Formação escolar.

 

Abstract 

This article seeks to answer the following question: What are the implications of the History of Science Teaching in the curricular construction of the area? For this, we carried out a theoretical research based on the studies of Krasilchik (2000), Silva and Pereira (2011), Franco and Munford (2018) and Ferreira Jr (2010) and the analysis of the Laws of Guidelines and Bases of National Education, as well as National Curriculum Parameters, and in the preliminary and definitive versions of the BNCC. From the analyses we can see the strong political, economic and social influence on the curricular organization and its intention to maintain an elitist society. In this context, the BNCC emerges, as a way to maintain, the situation posed, generating more exclusion and alienation, than inclusion and critical formation, although it has as its principle the promotion of Science Teaching by research, with a view to Scientific Literacy. 

Keywords: Science Teaching, BNCC, School formation. 

 

 

Biografia do Autor

Ana Elisa Piedade Sodero Martins, Ufac - Universidade Federal do Acre

Mestra em Ensino de Ciências pela Universidade Federal do Acre. Atua como Coordenadora Pedagógica na Escola Estadual Santa Maria II. Desenvolve seus estudos nas questões referentes ao Letramento Científico e Aprendizagem Significativa em aulas de Ciências da Natureza nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-2477-9421. E-mail: aepsodero@yahoo.com.br

Francisco Sidomar Oliveira da Silva, Ufac - Universidade Federal do Acre

Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Federal do Acre. Doutorando em Educação para a Ciência, pela UNESP/Bauru. Atualmente é servidor da Universidade Federal do Acre. Tem experiência nas áreas Educação em ciências. É membro do Gepecac - Grupo de Pesquisa em Ensino de Ciências do Acre. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-7130-4840. E-mail: sidomarsilvaczs@gmail.com

Aline Andréia Nicolli, Ufac

Doutora em Educação, pela Universidade Federal de Minas Gerais. Professora a área de Ensino de Ciências, no Centro de Educação, Letras e Artes, na Universidade Federal do Acre. Líder do Grupo de Pesquisa em Ensino de Ciências do Acre – GEPECAC.  Orcid: https://orcid.org/0000-0001-6594-0560. E-mail: aanicolli@gmail.com

 

Downloads

Publicado

03/08/2021

Edição

Seção

Artigos