Hibridismo e currículo: o que aprendemos na pandemia?

Hybridism and curriculum: what have we learned in the pandemic?

Autores

Palavras-chave:

Apresentação

Resumo

Apresentação do Dossiê Hibridismo e currículo: o que aprendemos na pandemia?

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida, PUC-SP

Livre-docente em Tecnologias em Educação, pela Faculdade de Educação, da PUC-SP. Doutora em Educação: Currículo, com pós-doutorado na Universidade do Minho. Pesquisadora produtividade do CNPq. Líder do Grupo de Pesquisa Formação de Educadores com Suporte em Meio Digital. Professora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, PUC-SP, no Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, Faculdade de Educação, com pesquisas sobre Tecnologias em Educação. E-mail: bethalmeida@pucsp.br | Orcid: https://orcid.org/0000-0001-5793-2878

Maria Auxiliadora Soares Padilha , UFPE

Professora associada para atividades de EAD da UFPE. Possui graduação em Pedagogia (1997), mestrado em Educação (2001) e doutorado em Educação pela UFPE (2006). Pós- Doutorado pela Universidade de Santiago de Compostela, na Espanha. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática e Tecnológica da UFPE. Foi Coordenadora do Programa Institucional de Inovação Pedagógica da Universidade Federal de Pernambuco e coordena, desde 2011 o Programa de Extensão Proi-Digital.

E-mail: dorapadilha@gmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7024-6522  

Referências

ALMEIDA, M. E. B. Integração currículo e Tecnologias de Informação e Comunicação: Web currículo e formação de professores. 2019. Tese (Livre-docência) – Faculdade de Educação, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.

ALMEIDA, M. E. B. Las políticas TIC en los sistemas educativos de América Latina: Caso Brasil. Programa TIC y Educación Básica. UNICEF, 2014. https://openlibra.com/en/book/download/las-politicas-tic-en-los-sistemas-educativos. Acesso em 22 mai. 2023.

ALMEIDA, M. E. B. Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 29, n. 2, p. 327-340, jul./dez. 2003. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/ep/article/view/27916/29688. Acesso em: 22 fev. 2023.

ALMEIDA, M. E. B.; PRADO M. E. B. B. A formação de gestores para a incorporação de tecnologias na escola: uma experiência de EAD com foco na realidade da escola, em processos interativos e atendimento em larga escala. In Anais XII Congresso Internacional de Educação a Distância – ABED. Florianópolis, 2005.

ANDRADE, P.F.; MORAES, M.C. (Editores). Projeto EDUCOM: realizações e produtos, Autores: Pedro Andrade, Paulo Gileno Cysneiros, Antonio Mendes Ribeiro, Lydinéa Gasman, Riva Roitman, Marcos da Fonseca Elia, José Armando Valente, Lucila Maria Costi Santarosa, Léa da Cruz Fagundes. Brasília: MEC/OEA, Vol. II, 1993.

ANJOS, A. V. dos; SILVA, L. M.; ANJOS, A. M. Ensino híbrido: organização e sistematização de conceitos com base em revisão sistemática da literatura. EmRede - Revista De Educação a Distância, v. 6, n. 2, pp. 203–220, 2019. Disponível em: https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/467 Acesso em 21 jul. 2023.

BACICH, L.; TANZI NETO, A.; TREVISANI, F. M. Ensino híbrido: personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

BHABHA, H. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2001.

CASALI, A. M. D. Direitos humanos e diversidade cultural: implicações curriculares. Revista de Educação Pública, Cuiabá, v. 27, n. 65/2, p. 549-572, maio/ago. 2018. Disponível em: https://periodicoscientificos.ufmt.br/ojs/index.php/educacaopublica/article/view/6883. Acesso em: 20 mar. 2022.

CHRISTENSEN, M., C., HORN, B., M., JOHNSON, W., C. Inovação na sala de aula: como a inovação disruptiva muda a forma de aprender, 2ª edição. Porto Alegre: Bookman, 2012.

CHRISTENSEN, C.; HORN, M.; STAKER, H. Ensino híbrido: uma inovação disruptiva? Uma introdução à teoria dos híbridos, maio 2013. Disponível em: http://porvir.org/wp-content/uploads/2014/08/PT_Is-K-12-blended-learning-disruptive-Final.pdf. Acesso em: 2 mar. 2023.

JOB, N. Renascimentos: do resgate da antiguidade à emergência de um saber híbrido. Cosmos & Contextos, n. 27, mar. 2016. Disponível em: https://cosmosecontexto.org.br/category/cosmos-e-contexto-n-27/. Acesso em: 17 fev. 2022.

HORN, M. B.; STAKER, H. Blended: usado a inovação disruptiva para aprimorar a educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

ELIA, M. Uma Nação em Risco. In Anais Simpósio Brasileiro de Informática na Educação – SBIE, [S.l.], p. 320-328, nov. 2005.

MORAES, M. C. Informática educativa no Brasil: uma história vivida, algumas lições aprendidas, Revista Brasileira de Informática na Educação - RBIE, v. 1, n. 1, Porto Alegre, 1997.

MORAN, J. M. Educação híbrida: um conceito chave para a educação, hoje. In: BACICH, TANZI; TREVISANI. (orgs.). Ensino Híbrido: Personalização e Tecnologia na Educação. Porto Alegre: PENSO, 2015, p. 27-45.

VALENTE, J. A. Blended learning e as mudanças no ensino superior: a proposta da sala de aula invertida. Revista Educar, Curitiba, Ed. Especial, n. 4, p. 79-97, 2014.

VALENTE, J.A.; ALMEIDA, F.J. Visão analítica da informática na educação no Brasil: a questão da formação do professor, Revista Brasileira de Informática na Educação - RBIE, v. 1, n. 1, Porto Alegre, 1997.

VALENTE, J. A.; ALMEIDA, M. E. B. Políticas de tecnologia na educação no Brasil: visão histórica e lições aprendidas. [Brazilian technology policies in education: History and lessons learned]. Arquivos Analíticos de Políticas Educativas [Education Policy Analysis Archives], v. 28, n. 94, 22 jun. 2020.

VALENTE, J. A.; ALMEIDA, M. E. B.; GERALDINI, A. F. S. Metodologias ativas: das concepções às práticas em distintos níveis de ensino. Revista Diálogo Educacional, v. 17, n. 52, p. 455-478, 2017. Disponível em: https://doi.org/10.7213/1981-416X.17.052.DS07. Acesso em: 24 fev. 2023.

Downloads

Publicado

02/08/2023
Métricas
  • Visualizações do Artigo 367
  • pdf downloads: 318

Como Citar

BIANCONCINI DE ALMEIDA, M. E.; SOARES PADILHA , M. A. Hibridismo e currículo: o que aprendemos na pandemia? Hybridism and curriculum: what have we learned in the pandemic?. Revista Cocar, [S. l.], n. 17, 2023. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/7389. Acesso em: 24 jul. 2024.

Edição

Seção

Apresentação

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.