Educação ambiental na Amazônia: uma revisão da literatura em programas de pós-graduação da Universidade Federal do Pará

Environmental education in the Amazon: a literature review of graduate programs at the Federal University of Pará

Autores

Palavras-chave:

Educação Ambiental crítica, Programas de pós-graduação, Práticas de Educação Ambiental.

Resumo

Este artigo tem o objetivo de analisar o conteúdo presente em 33 dissertações de mestrado defendidas e publicizadas por oito programas de pós-graduação da Universidade Federal do Pará (UFPA), as quais abordam a temática “prática pedagógica de Educação Ambiental” (EA). O estudo é resultado de revisão sistemática de literatura voltada para análise da produção acadêmica de alunos/as dos programas de pós-graduação formadores de profissionais da educação, que por sua vez implementam a Educação Ambiental na escola básica das redes de ensino da Amazônia paraense. Para a organização e tratamento das produções, usamos elementos da análise de conteúdo e da análise de discurso. A conclusão geral é de que as dissertações analisadas seguem, fundamentalmente, a linha hegemônica da Educação Ambiental brasileira, fortemente marcada por um ecologismo conservacionista, além de um pragmatismo de mercado em detrimento de uma Educação Ambiental ou emancipatória.

Palavras-chave: Educação Ambiental crítica; Programas de pós-graduação; Práticas de Educação Ambiental.

 

Abstract

This paper aims at analyzing content within 33 master’s theses presented and published by eight graduate programs at the Federal University of Pará (UFPA), which discuss topics related to “pedagogical practices in Environmental Education” (EE). This study is the result of a systematic literature review geared towards analyzing academic publications by graduate students that offer training for education professionals, who in turn implement EE at the basic education network in the Pará portion of the Amazon. In order to organize and examine said publications, we borrowed elements from Content Analysis and Discourse Analysis methodologies. The findings point out to the fact that the master’s theses analyzed follow, fundamentally, the same hegemonic orientation manifested in Brazilian EE, strongly characterized by a conservationist ecology, as well as by a market-driven pragmatism in opposition to a critical or emancipating EE.

Keywords: Critical Environmental education; Graduate programs; Environmental education practices.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Dilcelia Rodrigues Alves, UFPA

Mestra em Educação pela Universidade Federal do Pará (UFPA), especialista em Educação do Campo, Desenvolvimento e Sustentabilidade pela UFPA, licenciatura em Pedagoga pela UFPA. É professora da Secretaria Municipal de Ananindeua (SEMED/PA), especialista em Educação pela Secretaria Estadual do Pará (SEDUC-PA). Atualmente é integrante do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação e Desenvolvimento da Amazônia (GEPEDA/UFPA).

E-mail: dilceliarodrigues@yahoo.com.br  Orcid: https://orcid.org/0000-0001-9879-2656

José Bittencourt da Silva, Universidade Federal do Pará

Pós-Doutorado em Educação, Doutorado em Ciências Ambientais, Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento, Especialização em Ciência Política, Licenciatura e Bacharelado em Ciências Sociais. É docente do Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica-PPEB/NEB/UFPA, e coordenador do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Desenvolvimento da Amazônia (GEPEDA/UFPA). E-mail: josebittencourtsilva@gmail.com  Orcid: https://orcid.org/0000-0002-5393-1170

Mhirlla de Cássia Gonçalves da Costa, Universidade Federal do Pará

Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica da

Mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Currículo e Gestão da Escola Básica da Universidade Federal do Pará (PPEB/UFPA), especialista em Gestão e Educação Ambiental, especialista em Educação em Ciências nas Séries Finais, especialista em Psicopedagogia com ênfase em Educação Especial, Especialista em Educação, Pobreza e Desigualdade Social. É graduada em Biologia e em Pedagogia. É docente da Educação Básica do município de Portel- PA e integrante do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação e Desenvolvimento da Amazônia (GEPEDA/UFPA).  E-mail: mhirll@hotmail.com

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-3096-3580

Referências

Referências

ALMEIDA, E. G. S. Conferência infanto-juvenil para o meio ambiente (CIJMA): uma análise das ações socioeducativas voltadas a Educação Ambiental nos diferentes cenários da Amazônia Paraense. 2016. 165 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2016.

ATROCH. R. F. S. Cianobactérias e Poluição da Água: Uma sequência didática para o ensino de Ciências Ambientais. 2018. 64 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Rede Nacional para o Ensino de Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

AVELAR, M. C. Educação ambiental e Interdisciplinaridade: da formação inicial à prática pedagógica na educação básica. 2019. 100 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2019.

BARBOZA, L. A. S. Educação Ambiental e linguagem: o uso do livro paradidático interativo como proposta pedagógica para despertar a sensibilização ambiental. 2014. 69 f. Dissertação (Mestrado em Ciências e Meio Ambiente) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2014.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2011.

BARRETTO, J. C. C. Cultura e meio ambiente: as ações socioeducativas do Instituto Arraial do Pavulagem. 2012. 176 f. Dissertação (Mestrado em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2012.

BRASIL. Lei nº. 9.795 de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Ambiental e institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Brasília, DF: Presidência da República, 1999.

BRASIL. Ministério da Educação. Resolução CNE/CP nº 2, de 15 de junho de 2012. Estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental. Brasília, DF: Ministério da Educação, 2012.

CARVALHO, I. C. M. A invenção do sujeito ecológico: identidades e subjetividade na formação dos educadores ambientais. In: SATO, M.; CARVALHO, I. C. M. (Org.). Educação Ambiental: pesquisa e desafios. Porto Alegre, Artmed, 2005. p. 51-64.

CORDOVIL, F. S. Brinquedos sustentáveis como instrumentos do ensino de ciências ambientais. 2019. 109 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Rede Nacional para o Ensino de Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2019.

CORRÊA, E. A. Às margens da cidade: Trajetórias, Possibilidades e práticas de Educação Ambiental gerada pela Casa Escola da Pesca Em Belém-PA. 2020. 116 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2020.

COSTA, L. M. Sob o fogo cruzado das campanhas: ambientalismo, comunicação e agricultura familiar na prevenção ao fogo acidental na Amazônia. 2004. 317 f. Tese (Doutorado em Ciências do Desenvolvimento Socioambiental) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2004.

ERNESTO NETO, F. Jogo digital adaptado ao tema Água no Ensino de Ciências para alunos de uma escola pública da região metropolitana de Belém-Pa. 2020. 92 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2020.

FERREIRA, E. J. A. Educação Ambiental como instrumento para a gestão na RESEX Marinha Cuinarana, Pará. 2018. 125 f. Dissertação (Mestrado em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

FOSTER, J. B. A ecologia da economia política marxista. Lutas Sociais, São Paulo, n. 28, p. 87-104, 1º semestre 2012.

FURTADO, S. C. S. Consumo racional da água: uso de sequência didática no ambiente escolar. 2020. 85 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Rede Nacional para o Ensino de Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2020.

KRAUSER, H. M. K. Programa Parâmetros em Ação – Meio Ambiente na Escola: avaliação de sua efetividade na rede pública de ensino em quatro municípios no estado do Pará. 2006. 251 f. Tese (Doutorado em Ciências do Desenvolvimento Socioambiental) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2013.

LAYRARGUES, P. P.; LIMA, G. F. C. As Macrotendências Político-Pedagógicas da Educação Ambiental Brasileira. Ambiente & Sociedade, São Paulo, v. XVII, n. 1, p. 23-40, jan./mar. 2014.

LEITE, E. L. Educação ambiental como instrumento de gestão na RESEX Mapuá: mediações para o desenvolvimento local. 2016. 134 f. Dissertação (Mestrado em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2016.

LIMA, T. S. Análise do aspecto ideológico do discurso legitimador das políticas públicas educacionais ambientais da gestão municipal de Belém (1993 A 1996). 2021.132 f. Dissertação (Mestrado em Currículo e Gestão da Escola Básica) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2021.

LOUREIRO, C. F. B.; LAYRARGUES, P. P. Ecologia política, justiça e Educação Ambiental crítica: perspectiva de aliança contra- hegemônica. Trabalho, Educação e Saúde, Rio de Janeiro, v. 11, n. 1, p. 53-71, jan./abr. 2013.

MAGALHÃES, A. Educação Ambiental na Escola Estadual Manoel Marçal de Araújo: perspectiva para múltiplas compreensões do aluno autista. 2019.70 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ciências e Meio Ambiente) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2019.

MARTINS, J. P. A.; SCHNETZLER, R. P. Formação de professores em Educação Ambiental crítica centrada na investigação-ação e na parceria colaborativa. Ciência & Educação, Bauru, v. 24, n. 3, p. 581-598, 2018.

MARX, K. O Capital: Crítica da Economia Política. Livro I. Volume 1. São Paulo: Boitempo Editorial, 2008.

MENDES, C. B. Educação Ambiental na formação inicial de professoras e professores: a categoria totalidade como proposta de enfrentamento. 2020. 233 f. Tese (Doutorado em Ciências e Matemática) – Universidade Estadual Paulista, Bauru, 2020.

MENDES, M. P. Ensino de Ciências Ambientais: desenvolvendo um recurso pedagógico a partir do tema gerador água. 2020. 91 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2020.

NONATO, K. M. O. Saberes Ambientais: diálogos e construção de uma proposta de ensino para a Educação em Ciências. 2018. 120 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Docência em Ciências e Matemática) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

ORLANDI, E. P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. 13. ed. Campinas: Pontes, 2020.

PACHECO, P. Q. Meio Ambiente e Lixo Eletrônico: uma abordagem CTSA, a partir de uma ilha interdisciplinar de racionalidade, no ensino de ciências. 2018. 194 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Docência em Ciências e Matemática) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

PAIXÃO, F. F. M. A política de Educação Ambiental como instrumento para a gestão integrada dos recursos naturais no estado do Pará: um estudo de caso do Município de Paragominas. 2017. 89 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2017.

PEREIRA, A. M. O programa de Educação Ambiental dos grandes empreendimentos (VALE S/A) na Amazônia e as implicações socioambientais nas comunidades do entorno: o caso da vila bom jesus no município de Canaã dos Carajás. 2011. 123 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2011.

PEREIRA, M. J. M. Resíduos sólidos urbanos, mapeamento e Educação Ambiental: proposta de instrumento para participação comunitária na questão ambiental no bairro da Marambaia, Belém-Pa. 2018. 123 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

PINTO, E. C. R. Processo de construção do projeto político-pedagógico em escola básica na Amazônia paraense: a questão da participação e o lugar da Educação Ambiental na realidade da Escola Bosque do Outeiro, Belém, Pará. 2021.179 f. (Mestrado em Currículo e Gestão da Escola Básica) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2021.

PIRES, A. P. Amostragem e pesquisa qualitativa: ensaio teórico e metodológico. In: POUPART, J. et al. (Org.). A pesquisa qualitativa: enfoques epistemológicos e metodológicos. Petrópolis: Editora Vozes, 2014. p. 154-213.

RIBEIRO, M. G. C. Programa escolas sustentáveis na política pública de Educação Ambiental no municipio de Ananindeua: uma análise em três instituições de ensino. 2018. 142 f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

RIOS, N. A. Educação ambiental e gestão de recursos hídricos: a Bacia Hidrográfica da Estrada Nova, Belém/PA. 2018. 144 f. Dissertação (Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2018.

RODRIGUES, F. Candomblé e Educação ambiental: Uma possível e construtiva relação. 2015. 141 f (Mestrado Profissional em Ciências Naturais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2015.

RODRIGUES, J. C. Educação Ambiental e Estratégias Empresariais na Área Portuária: Um estudo da Companhia Docas do Pará (CDP). 2012. 219 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Rede Nacional para o Ensino de Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2012.

RODRIGUES, L. Educação Ambiental em Canaã dos Carajás: o programa de Educação ambiental desenvolvido pela Vale na Escola Adelaide Molinare. 2013. 142 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2013.

SANTOS, A. R. A Educação Ambiental como apoio ao manuseio e tratamento de resíduos em comunidades ribeirinhos: estudo de caso em Abaetetuba-Pa. 2019. 170 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Rede Nacional para o Ensino de Ciências Ambientais) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2019.

SANTOS, R. S. Problemas ambientais e relações de trabalho no Porto de Belém: perspectivas para um projeto de Educação Ambiental. 2013. 125 f. Dissertação (Mestrado em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2013.

SAVIANI, D. A filosofia da educação e o problema da Inovação em educação. In: GARCIA, W. E. (org.). Inovação educacional no Brasil: problemas e perspectivas. São Paulo: Cortez, 1995. p. 15-29.

SILVA, J. B. Educação Ambiental na prática de escolas das redes básicas de ensino da Região Metropolitana de Belém do Pará: um estado do conhecimento - Portaria N° 09/2022, de 13 de abril de 2022/NEB/UFPA. Belém: NEB/UFPA: 2022.

SILVA, R. N. M. O ensino de ciências e a Educação Ambiental no desenvolvimento do processo ensino aprendizagem da educação de jovens e adultos da rede municipal de ensino em redenção – Pará. 2015. 124. (Mestrado em Ciências e Meio Ambiente) – Universidade Federal do Pará, 2015.

SOUSA, A. S. Programa socioambiental sob o olhar da abordagem CTS: uma proposta para o ensino de Ciências na Educação de Jovens e Adultos. 2016. 129f. Dissertação (Mestrado Profissional em Docência em Ciências e Matemática) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2016.

SOUSA, R. G. Avaliação do modelo de monitoramento ambiental no Estado do Pará: estudo de caso da SEMA/PA. 2013. 84 f. Dissertação (Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento Sustentável) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2013.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ (UFPA). Histórico e Estrutura. In: UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ. Universidade Federal do Pará, [20--]. Disponível em: https://portal.ufpa.br/index.php/universidade Acesso em: 10 out. 2023.

VELLOSO, L. P. L. Empreendimentos econômicos e política ambiental na Amazônia: um estudo sobre os programas ambientais e a Educação Ambiental no contexto da mineração ALCOA no Município de Juruti no Estado do Pará. 2010. 85 f. Dissertação (Mestrado em Gestão dos Recursos Naturais e Desenvolvimento Local) – Universidade Federal do Pará, Belém, 2010.

Downloads

Publicado

07/07/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 16
  • pdf downloads: 6

Como Citar

RODRIGUES ALVES, D.; BITTENCOURT DA SILVA, J.; DE CÁSSIA GONÇALVES DA COSTA, M. Educação ambiental na Amazônia: uma revisão da literatura em programas de pós-graduação da Universidade Federal do Pará: Environmental education in the Amazon: a literature review of graduate programs at the Federal University of Pará. Revista Cocar, [S. l.], v. 20, n. 38, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8497. Acesso em: 12 jul. 2024.