A produção do conhecimento sobre aprendizagem filosófica no Brasil (1999 – 2022): o que revelam os estudos?

The production of knowledge on philosophical learning in Brazil (1999 – 2022): what do the studies reveal?

Autores

Palavras-chave:

Aprendizagem filosófica, Ensino de filosofia, Produção do conhecimento

Resumo

O objetivo geral desta pesquisa é apresentar uma análise panorâmica das pesquisas que versam sobre aprendizagem filosófica no Brasil. Utilizando a pesquisa de estado do conhecimento, foram coletadas informações de teses e dissertações disponíveis nas principais bases de dados digitais BDTD e CAPES onde foram selecionadas e examinadas quarenta e sete produções científicas: teses e dissertações, produzidas entre 1999 e 2022. Os resultados demonstram uma distribuição heterogênea das pesquisas sobre aprendizagem filosófica em programas de pós-graduação stricto sensu por todo o território nacional. Entre os fatores identificados, destacam-se a localização das pesquisas por área de conhecimento, o predomínio de temáticas tradicionais, a concentração de pesquisas em determinadas regiões do país, o recorte de gênero na produção do conhecimento e a falta de estudos sobre aprendizagem filosófica na formação de professores, indicando um tema ainda pouco investigado.

Palavras-chave: Aprendizagem filosófica; Ensino de filosofia; Produção do conhecimento.

 

 

Abstract

The general objective of this research was to present a panoramic analysis of the studies concerning philosophical learning in Brazil. Using the state-of-the-art research approach, information was collected from theses and dissertations available in major digital databases such as BDTD and CAPES. Forty-seven scientific productions, including theses and dissertations produced between 1999 and 2022, were selected and examined. The results show a heterogeneous distribution of research on philosophical learning across stricto sensu postgraduate programs nationwide. Among the identified factors, the location of research by knowledge area, the predominance of traditional themes, the concentration of research in certain regions of the country, gender bias in knowledge production, and the lack of studies on philosophical learning in teacher training stand out, indicating a field that is still underexplored.

Keywords: Philosophical learning; Philosophy teaching; Knowledge production.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexsandro da Silva Marques, UFRB

Doutor em Difusão do Conhecimento e Mestre em Educação, ambos pela Universidade Federal da Bahia (UFBA). Licenciatura em Filosofia pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e licenciatura em Pedagogia pela Faculdade de Educação Paulistana (FAEP). Pesquisador no Núcleo Carolina Maria de Jesus: Pesquisa e Extensão em Educação Popular (CFP/UFRB). Membro da Sociedade Brasileira de Filosofia da Educação (SOFIE), da Associação Nacional de Didática e Práticas de Ensino (Andipe) e da Rede Internacional Polilógica e Poliética (RIPP). E-mail: amarques89@hotmail.com; Currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/2739874089245336;  ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1230-2578.

Referências

BENETTI, Cláudia Cisiane. Processos de singularidade e diferença no ato educativo: um trabalho a partir do ensino-aprendizagem de filosofia no ensino médio. 2003. 169f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, 2003.

BRAGA, Lélio Favacho. Impactos da aprendizagem da filosofia no ensino médio sobre a formação filosófica do pedagogo: um estudo de caso na UFPA. 2017. 153f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Nove de Julho, São Paulo, SP, 2017.

CEPPAS, Filipe. Ensaios de filosofia nos trópicos: questões de ensino e aprendizado. Campinas, SP: Editora da Unicamp, 2019.

FÁVERO, Altair Alberto; CEPPAS, Filipe; GONTIJO, Pedro Ergnaldo; GALLO, Sílvio; KOHAN, Walter Omar. O ensino da filosofia no Brasil: um mapa das condições atuais. Cadernos Cedes, Campinas, vol. 24, n. 64, set./dez. 2004, p. 257-284.

FÉLIX, Santana Taciana Mariz; CIRINO, Maria Reilta Dantas; MEDEIROS, Shirlene Santos Mafra. A luta por reconhecimento da mulher-pesquisadora na filosofia e na ciência: experiências de mulheres nordestinas na universidade pública. Problemata: R. Intern. Fil. V. 11. n. 3, 2020, p. 12-29.

GALEFFI, Dante Augusto. Uma compreensão poemático-pedagógica para o fazer-aprender filosofia na escola média. Proposta de construção de um modelo metodológico para o ensino-aprendizagem de filosofia. 1999. 544f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA, 1999.

GALLO, Sílvio. Metodologia do ensino de filosofia: uma didática para o ensino médio. Campinas: Papirus Editora, 2012.

GALLO, Silvio. Educação: entre a subjetivação e a singularidade. Educação, 1(2), 2010, p. 229–244.

GARCIA, Amanda V. A filosofia e seu ensino podem colaborar para adiar o fim do mundo? 2021. 289f. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Estadual Paulista, Marilia, SP, 2021.

GELAMO, Rodrigo Pelloso. O ensino da filosofia no limiar da contemporaneidade: o que faz o filósofo quando seu ofício é ser professor de filosofia? São Paulo: Cultura Acadêmica, 2009.

GRISOTTO, Americo. Aprendizagem do pensamento em filosofia: história, afeto e conceito. 2010. 172f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2010.

MOROSINI, Marília Costa; FERNANDES, Cleoni Maria Barboza. Estado do Conhecimento: conceitos, finalidades e interlocuções. Educação Por Escrito, Porto Alegre, v. 5, n. 2, jul.-dez. 2014, p. 154-164.

MATIAS DOS SANTOS, Vívian. Para pensar o campo científico e educacional mulheres, educação e letras no século XIX. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, v. 19, n. 58, jul./set., 2014, p. 585-607.

MENDES, Ademir Aparecido Pinhelli. Atitude filosófica do jovem no cotidiano escolar do ensino médio: um estudo sobre as possibilidades da recepção do conteúdo de filosofia política. 2014. 187f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, 2014.

Moraes, Simone Becher Araujo. Ler e escrever em filosofia no ensino médio em tempos de tecnologias digitais. 2018. 211f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, 2018.

REZENDE, Edson Teixeira de. A recepção filosófica do estudante surdo no ensino médio. 2019. 259f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, 2019.

SILVA, Fabiane Ferreira; RIBEIRO, Paula Regina Costa. A participação das mulheres na ciência: problematizações sobre as diferenças de gênero. Revista Labrys Estudos Feministas, n. 10, jul./dez. 2011, p. 25-42.

VALESE, Rui. Aprendizagem filosófica através do uso de textos filosóficos nas aulas de filosofia no ensino médio. 2013. 183f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, 2013.

VELASCO, Patrícia Del Nero. Filosofar e Ensinar a Filosofar: registros do GT da ANPOF – 2006-2018. Rio de Janeiro: NEFI Edições, 2020.

VELASCO, Patrícia Del Nero. Ensino de – qual? – filosofia: ensaios a contrapelo. Marília: Oficina Universitária; São Paulo: Cultura Acadêmica, 2019.

VELASCO, Patrícia Del Nero. O estatuto epistemológico do Ensino de Filosofia: uma discussão da área a partir de seus autores e autoras. Proposições, v. 33. 2022, p. 1-26.

VIEIRA, Wilson José. Objetivação da aprendizagem filosófica no ensino médio: uma análise da mídia docente e da produção discente a partir do uso do texto filosófico nas aulas. 2018. 200f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba, PR, 2018.

XAVIER, Ingrid Müller. O que significam ensinar e aprender filosofia? Notas a partir de uma experiência no Colégio Pedro II. 2010. 202f. Tese (Doutorado) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2010.

Downloads

Publicado

04/06/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 53
  • pdf downloads: 21

Como Citar

DA SILVA MARQUES, A. A produção do conhecimento sobre aprendizagem filosófica no Brasil (1999 – 2022): o que revelam os estudos? : The production of knowledge on philosophical learning in Brazil (1999 – 2022): what do the studies reveal?. Revista Cocar, [S. l.], v. 20, n. 38, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8217. Acesso em: 12 jul. 2024.