A literatura infantil com temática indígena na sala de aula para a superação de estereótipos

Children's literature with indigenous themes in the classroom for overcoming stereotypes

Autores

Palavras-chave:

Literatura infantil com temática indígena, Povos indígenas, Estereótipos

Resumo

Este artigo objetiva investigar as contribuições da literatura infantil com temática indígena para a superação de estereótipos sobre os indígenas. Recorte de uma pesquisa de mestrado, configura-se como uma pesquisa qualitativa, exploratória e de intervenção pedagógica. Analisa as respostas de 18 sujeitos aos questionários aplicados antes e depois das sessões de leituras realizadas com 5 obras. Nos questionários iniciais, notou-se o predomínio de ideias estereotipadas. Entretanto, foi possível constatar que, após leitura e discussão dos textos, essas falas começaram a ser modalizadas. Assim, nos questionários finais, surgem respostas que fazem referência à presença do indígena nos centros urbanos e a conceitos da cultura indígena que foram discutidos nas sessões. Verifica-se, então, a relevância da leitura dessas obras no combate às visões estereotipadas acerca dos povos indígenas.

Palavras-chave: Literatura infantil com temática indígena; Povos indígenas; Estereótipos.

 

Abstract

This article aims to investigate the contributions of children's literature with indigenous themes to overcome stereotypes about indigenous peoples. As part of a master's research project, it is configured as a qualitative, exploratory, and pedagogical intervention study. It analyzes the responses of 18 subjects to questionnaires administered before and after reading sessions conducted with 5 works. In the initial questionnaires, the predominance of stereotypical ideas was noted. However, it was possible to observe that after reading and discussing the texts, these statements began to be moderated. Thus, in the final questionnaires, responses referring to the presence of indigenous peoples in urban centers and to concepts of indigenous culture discussed in the sessions emerge. Therefore, the relevance of reading these works in combating stereotypical views of indigenous peoples is verified.

Keywords: Children's literature with indigenous themes; Indigenous peoples; Stereotypes.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Manoilly Dantas de Oliveira, Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN)

Pedagoga pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mestre e doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN na linha de pesquisa: Educação, comunicação, linguagem e movimento. Membro do grupo de pesquisa Ensino e Linguagem do Centro de Educação da UFRN. E-mail: manoillydantas@gmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0003-0204-2522.

Marly Amarilha, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Professora Titular colaboradora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte no Programa de Pós-Graduação em Educação. Possui graduação em Letras (Português-Inglês) pelas Faculdades Unidas Católicas de Mato Grosso (1974), atual Universidade Católica Dom Bosco - UCDB; especialização e mestrado em Literatura Brasileira pela Universidade Federal de Santa Catarina (1982); doutorado pela University of London (1990). Coordena o grupo interinstitucional "Ensino e Linguagem"- GPEL. E-mail: marlyamarilha@yahoo.com.br ORCID: https://orcid.org/0000-0002-0467-6919.

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BONIN, Iara Tatiana. Literatura infantil de autoria indígena: diálogos, mesclas, deslocamentos. Currículo Sem Fronteiras, Rio de Janeiro, v. 12, n. 1, p.36-52, mar. 2012. Disponível em: http://www.curriculosemfronteiras.org/vol12iss1articles/bonin.pdf. Acesso em: 15 jan. 19.

BONIN, Iara Tatiana. Cenas da vida indígena na literatura que chega às escolas. Série Estudos, Campo Grande, v. 27, n. 1, p. 97-109, jun. 2009. Disponível em: http://www.serie-estudos.ucdb.br/index.php/serie-estudos/article/view/191. Acesso em: 15 jan. 2019.

BONIN, Iara Tatiana. Narrativas sobre diferença indígena: como se produz um “lugar de índio” no contexto escolar. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 89, n. 222, p. 312-324, jul. 2008. Disponível em: http://rbep.inep.gov.br/index.php/rbep/article/view/703. Acesso em: 15 jan. 2019.

BRASIL. Lei nº 11.645/08 de 10 de março de 2008. Diário Oficial da União, Poder Executivo, Brasília, 2008.

COELHO, Nelly Novaes. Literatura infantil: arte literária ou pedagógica? In: Literatura infantil: teoria, análise, didática. São Paulo: Moderna, 2000.

COMPAGNON, Antoine. Literatura pra quê? Tradução de Laura Taddei Brandini. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2009.

CUNHA, Manuela Carneiro da. Índios no Brasil: história, direitos e cidadania. São Paulo: Claro Enigma, 2012.

DAMIANI, Magda Floriana et al. Discutindo pesquisas do tipo intervenção pedagógica. Cadernos de Educação, Pelotas, v. 57, n. 45, p. 57-67, maio 2013. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/caduc/article/view/3822/307. Acesso em: 28 jul. 2019.

GIL, Antônio Carlos. Como classificar pesquisas. In: GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GRAVES, Michael. F.; GRAVES, Bonnie. B. A experiência de leitura com andaimes: uma referência flexível para ajudar os estudantes a obter o máximo do texto. Reading, v. 29, n. 1, p. 29-34, abr. 1995. (Tradução de Marly Amarilha, para estudo exclusivo do grupo de pesquisa Ensino e Linguagem/Programa de Pós-graduação em Educação – UFRN).

GRAÚNA, Graça. Contrapontos da literatura indígena contemporânea no Brasil. Belo Horizonte: Mazza, 2013.

JAUSS, Hans Robert. A estética da recepção: colocações gerais. In: JAUSS, Hans Robert et al. A literatura e o leitor: textos de estética da recepção. 2. ed. Tradução Luiz Costa Lima. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

JEKUPÉ, Olívio; KEREXU Maria. A mulher que virou urutau. Ilustrações de Taisa Borges. São Paulo: Panda Books, 2011.

MARTINS, Andréa Castelaci. Olhar indígena e olhar indigenista para a literatura infantil brasileira: representações da temática indígena por Ciça Fittipaldi e Daniel Munduruku. 184 f. Dissertação (Mestrado em Letras) – Programa de Pós-graduação em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

MUNDURUKU, Daniel. Coisas de índio: versão infantil. 3. ed. rev. atual. São Paulo: Callis, 2019.

MUNDURUKU, Daniel. É índio ou não é índio? In: Histórias de índio. Ilustrações de Laurabeatriz. São Paulo: Companhia das Letrinhas, 2016.

MUNDURUKU, Daniel. Meu vô Apolinário: um mergulho no rio da (minha) memória. Ilustrações de Rogério Borges. São Paulo: Studio Nobel, 2005.

OLIVEIRA, Teresinha Silva de. Arco, flecha, tanga e cocar... ensinando sobre índios. In: SILVEIRA, Rosa Maria Hessel. Estudos culturais para professor@s. Canoas: Ed. ULBRA, 2008.

QUEIROZ, Renato da Silva. Não vi e não gostei: o fenômeno do preconceito. São Paulo: Moderna, 1995. (Qual é o grilo?)

SILVA, Giovani José da; COSTA, Anna Maria Ribeiro F. M da. Histórias e culturas indígenas na educação básica. Belo Horizonte: Autêntica editora, 2018.

SILVEIRA, Rosa Maria Hessel; BONIN, Iara Tatiana. A temática indígena em livros selecionados pelo PNBE: análises e reflexões. Educação, Porto Alegre, v. 35, n. 3, p. 329-339, 2012. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/viewFile/11761/8390. Acesso em: 10 abr. 2018.

TAYLOR, Sean. Cobra-grande: histórias da Amazônia. Ilustrações de Fernando Vilela; tradução Maria da Anunciação Rodrigues. São Paulo: Edições SM, 2008.

THIÉL, Janice Cristine. Pele silenciosa, pele sonora: a literatura indígena em destaque. Belo Horizonte: Autêntica, 2012 (Coleção Práticas Docentes).

TROQUEZ, Marta Coelho Castro. Discurso oficial para o tratamento da diferença indígena na educação nacional: valorizar a diversidade. In: MARQUES, Eugenia Portela de Siqueira; TROQUEZ, Marta Coelho Castro (Org.). Educação das relações étnico-raciais: caminhos para a descolonização do currículo escolar. Curitiba: Appris, 2018.

WAPICHANA, Cristino. A boca da noite. Ilustrações de Graça Lima. Rio de Janeiro: Zit, 2016.

ZILBERMAN, Regina. Estética da recepção e história da literatura. São Paulo: Ática, 1989.

Downloads

Publicado

01/06/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 145
  • pdf downloads: 38

Como Citar

DE OLIVEIRA, M. D.; AMARILHA, M. A literatura infantil com temática indígena na sala de aula para a superação de estereótipos: Children’s literature with indigenous themes in the classroom for overcoming stereotypes . Revista Cocar, [S. l.], v. 20, n. 38, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8198. Acesso em: 12 jul. 2024.