Framework APRENDA - Avaliação Para Aprendizagem Personalizada: construções possíveis em espaços de aprendizagem híbrida na rede estadual de Pernambuco

Estructura APPRENDA - Evaluación para el Aprendizaje Personalizado: posibles construcciones en espacios de aprendizaje híbridos en la red estatal de Pernambuco

Autores

Palavras-chave:

Avaliação para a aprendizagem personalizada – APRENDA, Ensino híbrido, Design Based Research – DBR.

Resumo

Este artigo apresenta os resultados do estudo para criação de um framework para organizar as Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação – TDICs – denominado: Avaliação para a Aprendizagem `Personalizada – APRENDA. Possibilitando estruturar o processo de avaliação considerando “avaliar para aprendizagem” em espaços híbridos. O referencial teórico aborda o conceito de avaliação e ensino híbrido. A metodologia da investigação teve caráter qualitativo, desenvolvida a partir da abordagem da DBR – Design Based Research (Pesquisa Baseada em Design), desenvolvida com a participação de quatro professores da rede pública estadual de Pernambuco e discentes de primeiro ano do Ensino Médio, que realizaram atividades avaliativas por meio das TDICs. Os resultados apontaram as permanências do período de ensino remoto na prática docente, as contribuições das interfaces digitais no processo avaliativo e a necessidade de formação continuada que envolva experimentação e reflexão a partir da prática em sala de aula.

Palavras-chave: Avaliação para a aprendizagem personalizada – APRENDA; Ensino híbrido; Design Based Research – DBR.

 

Resumen

Este artículo presenta los resultados del estudio para crear una estructura de organización de las Tecnologías Digitales de la Información y Comunicación (TDICs) denominada: Evaluación para el Aprendizaje Personalizado – APRENDA. Permitiendo organizar el proceso de evaluación considerando evaluar para el aprendizaje en espacios híbridos. El marco teórico aborda el concepto de evaluación y enseñanza híbrida. La metodología fue de carácter cualitativo, desarrollada con base en el enfoque DBR – Design Based Research (Investigación Basada en Diseño), teniendo como colaboradores cuatro docentes de la red pública estatal de Pernambuco y estudiantes de primer año de secundaria, que realizaron actividades evaluativas utilizando las TDICs. Los resultados resaltaron la influencia del periodo de docencia remota en la práctica docente, los aportes de las interfaces digitales en el proceso de evaluación y la necesidad de una formación continua que involucre la experimentación y la reflexión a partir de la práctica en el salón de clases.

Palabras clave: Evaluación para el aprendizaje personalizado – APRENDA; Enseñanza híbrida; Investigación Basada en Diseño – DBR.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriano de Araújo Santos, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Doutorando em educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (2021), Mestre em Educação pela Universidade del Salvador: Argentina/USP (2017). Supervisor Pedagógico da Rede Estadual de Educação de Pernambuco; tutor virtual dos cursos de História e Pedagogia da Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP). E-mail: adriano.araujo80@edu.pucrs.br; ORCID ID: https://orcid.org/0000-0002-4440-0810

Lucia Giraffa, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Professora Titular da Escola Politécnica - Computação. Pesquisadora do PPGEDU/Escola de Humanidades. Bolsista Produtividade e Pesquisa CNPq- Nível 2. E-mail: giraffa@pucrs.br; ORCID ID: https://orcid.org/0000-0001-8062-3483

Referências

ANIJOVICH, Rebeca; GONZÁLEZ, Carlos. Evaluar para aprender. Conceptos e instrumentos. Ciudad Autónoma de Buenos Aires, Paidós, 2017.

BACICH, Lilian; MORAN, José. Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. (Desafios da educação). Porto Alegre: Grupo A, 2018. E-book. ISBN 9788584291168. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788584291168/. Acesso em: 01 out. 2022.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular - 3ª versão Ensino Médio. Brasília: MEC, 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 03 abr. 2019.

COLLINS, Allan; JOSEPH, Diana; BIELACZYC, Katerine. Design Research: Theoretical and Methodological Issues. Journal of the Learning Sciences, v. 13, n. 1, p. 15–42, 2004. Disponível em: http://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1207/s15327809jls1301_2. Acesso em: 22 set. 2023.

HADJI, Charles. Avaliação, regras do jogo: das intenções aos instrumentos. Porto: Porto Editora LDA, 1994.

HADJI, Charles. Avaliação desmistificada. Porto Alegre: Artmed, 2001.

HOFFMANN, Jussara. Avaliação: mito & desafio. 44ª ed. Porto Alegre: Mediação. 2014.

HORN, Michael B.; STAKER, Heather. Blended: usando a inovação disruptiva para aprimorar a educação. Porto Alegre: Penso, 2015.

LUCKESI, Cipriano. A avaliação da aprendizagem: componente do ato pedagógico. São Paulo: Cortez, 2011.

LUCKESI, Cipriano. A avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. [Livro eletrônico]. São Paulo: Cortez, 2013.

MATTA, Alfredo Eurico Rodrigues; SILVA, Francisca de Paula Santos da; BOAVENTURA, Edivaldo Machado. DESIGN-BASED RESEARCH OU PESQUISA DE DESENVOLVIMENTO: metodologia para pesquisa aplicada de inovação em Educação do século XXI. Revista da FAEEBA - Educação e Contemporaneidade, v. 23, n. 42, p. 23–36, 2014. Disponível em: https://revistas.uneb.br/index.php/faeeba/article/view/1025. Acesso em: 9 ago. 2023.

MISHRA, Punya; KOEHLER, Matthew J. Technological pedagogical content knowledge: a framework for teacher knowledge. Teachers College Record: The Voice of Scholarship in Education, v. 108, n. 6, p. 1017–1054, 2006. Disponível em: http://journals.sagepub.com/doi/10.1111/j.1467-9620.2006.00684.x. Acesso em: 27 jul. 2023.

MISHRA, Punya; KOEHLER, Matthew J. What is technological pedagogical content knowledge? Contemporary Issues in Technology and Teacher Education, 9(1), 2009, pp. 60-70. Disponível em: https://citejournal.org/volume-9/issue-1-09/general/what-is-technological-pedagogicalcontent-knowledge/. Acesso em: 19 out. 2022.

MORAN, José. “Os impactos da transformação digital na educação”. Blog Educação Transformadora -USP. 2023. Disponível em: www.eca.usp.br. Acesso em: 03 set. 2023.

NIEVEEN, Nienke; FOLMER, Elvira. Formative Evaluation in Educational Design Research. In: PLOMP, Tjeerd; NIEVEEN, Nienke (Orgs.). Educational Design Research. Enschede: Netherlands Institute for Curriculum Development (SLO), 2013. Disponível em: https://ris.utwente.nl/ws/portalfiles/portal/14472302/Introduction_20to_20education_20design_20research.pdf. Acesso em 23 jul. 2023.

NÓVOA, António. A pandemia de Covid-19 e o futuro da Educação. Revista Com Censo: Estudos Educacionais do Distrito Federal, v. 7, n. 3, p. 8–12, 2020. Disponível em: http://periodicos.se.df.gov.br/index.php/comcenso/article/view/905. Acesso em: 23 set. 2023.

PERRENOUD, Philippe. Avaliação: da excelência à regulação das aprendizagens. Entre duas lógicas. Porto Alegre: Artmed, 1999.

PERNAMBUCO. Manual de Orientações Pedagógicas para o Ensino Médio Integral e Profissional. Secretaria Executiva de Educação Profissional. Recife: SEE, 2013.

PERNAMBUCO. Secretaria de Educação do Estado. INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 04/2014 (DOE-PE 18/12/2014). – PÁG. 8. Dispõe sobre as diretrizes e procedimentos do Sistema de Avaliação das Aprendizagens nas Escolas da Rede Estadual de Ensino, a partir do ano letivo de 2015, Recife, 2014. Disponível em: http://200.238.105.211/cadernos/2014/20141218/1-PoderExecutivo/PoderExecutivo(20141218).pdf. Acesso em: 27 ago. de 2022.

PIMIENTA PRIETO, Julio H. Evaluación de los aprendizajes: un enfoque basado en competencias. México: Pearson educación, 2008.

RAABE, André; ZORZO, Avelino F.; BLIKSTEIN, Paulo. Computação na Educação Básica: Fundamentos e Experiências (Tecnologia e Inovação na Educação Brasileira). Penso Editora. Edição do Kindle: 2020.

SAMPIERI, Roberto, Hernandez. (et al.). Metodología de la investigación. 6. ed. México: Ed. Mc Graw Hill, 2014a

SCOTT, Emily E.; WENDEROTH, Mary Pat; DOHERTY, Jennifer H. Design-Based Research: A Methodology to Extend and Enrich Biology Education Research. CBE Life Sci Educ. 2020 Sep;19(3):es11. doi: 10.1187/cbe.19-11-0245. PMID: 32870086; PMCID: PMC8711803. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/32870086/. Acesso em: 16 mar. 23.

SUASSUNA, Lívia. Paradigmas de avaliação: uma visão panorâmica. In: L. Suassuna, Avaliação em língua portuguesa - contribuições para a prática pedagógica. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

SUNAGA, Alexsandro; CARVALHO, Camila Sanches. As tecnologias digitais no ensino híbrido. In: BACICH, Lilian; NETO, Adolfo T.; TREVISANI, Fernando de M. Ensino Híbrido. Porto Alegre: Grupo A, 2015. E-book. ISBN 9788584290499. Disponível em: https://integrada.minhabiblioteca.com.br/#/books/9788584290499/. Acesso em: 10 nov. 2023.

TURRA M. Y.; VILLAGRA B. C. P, MELLADO-HERNÁNDEZ M. E.; ARAVENA K. O. A. Diseño y validación de una escala de percepción de los estudiantes sobre la cultura de evaluación como aprendizaje. RELIEVE. Revista Electrónica de Investigación y Evaluación Educativa. 2022. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=91673802010. Acesso em 04 set. 2023.

VALENTE, José Armando. Blended learning e as mudanças no ensino superior: a proposta da sala de aula invertida. Educar em Revista, p. 79–97, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/er/a/GLd4P7sVN8McLBcbdQVyZyG/abstract/?lang=pt. Acesso em: 23 set. 2023.

VILLAS BOAS, Benigna. Maria de Freitas. Virando a Escola do Avesso por Meio da Avaliação. [Livro eletrônico] Campinas: Papirus, 2008.

Downloads

Publicado

01/06/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 64
  • pdf downloads: 57

Como Citar

DE ARAÚJO SANTOS, A.; GIRAFFA, L. Framework APRENDA - Avaliação Para Aprendizagem Personalizada: construções possíveis em espaços de aprendizagem híbrida na rede estadual de Pernambuco: Estructura APPRENDA - Evaluación para el Aprendizaje Personalizado: posibles construcciones en espacios de aprendizaje híbridos en la red estatal de Pernambuco. Revista Cocar, [S. l.], v. 20, n. 38, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8012. Acesso em: 13 jul. 2024.