Diálogos entre Educação Ambiental e Educação Inclusiva: uma análise a partir de dissertações e teses brasileiras

Dialogues between Environmental Education and Inclusive Education: an analysis based on Brazilian dissertations and theses

Autores

Palavras-chave:

Educação Ambiental Inclusiva, Educação Ambiental Crítica, Educação Inclusiva

Resumo

O objetivo do estudo foi investigar os possíveis diálogos entre Educação Ambiental e Educação Inclusiva em dissertações e teses brasileiras. Desenvolveu-se pesquisa de revisão sistemática através do levantamento nas plataformas do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia e da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior. Foram selecionados dezenove trabalhos, analisados segundo descritores de Megid Neto. Verificou-se que as instituições públicas de ensino superior, assim como as regiões Sul e Sudeste, contribuíram com mais trabalhos. Observou-se que a maior parte dos autores estão sensíveis à diferenciação do campo da Educação Ambiental, à ideia de inclusão efetiva e à necessidade de mudanças no ambiente educacional, porém a maioria não declara identificação com uma concepção específica de Educação Ambiental e foi possível observar trechos capacitistas.

Palavras-chave: Educação Ambiental Inclusiva; Educação Ambiental Crítica; Educação Inclusiva

 

 

Abstract

The study aims to investigate the dialogues between Environmental Education and Inclusive Education in Brazilian’s dissertations and theses. A systematic review research was developed through a survey on Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia and Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior platforms’. Nineteen researches were selected and analyzed according to Megid Neto's descriptors. It was found that public institutions, as well as the south and southeast regions, were the ones that produced more researches. It was found that most authors are aware of the differentiation in the Environmental Education field, the idea of effective inclusion and the need for changes in the educational environment, but most do not declare identification with a specific conception of Environmental Education and it was possible to identify ableism in some texts.

Keywords: Inclusive Environmental Education; Critical Environmental Education; Inclusive Education

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clara dos Santos Baptista, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (CEFET-RJ)

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências, Tecnologia e Educação do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca. Mestre em Ciências, Tecnologia e Educação do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca. E-mail: clarabaptista92@gmail.com. ORCID: 0000-0002-9997-9444

Marcelo Borges Rocha, Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca

Doutor em Ciências Biológicas. Departamento de Pós-graduação em Ciência, Tecnologia e Educação. Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca. E-mail: rochamarcelo36@yahoo.com.br. ORCID: 0000-0003-4472-7423.

 

Referências

AINSCOW, M. O que significa inclusão? Disponível em: <http://www.crmariocovas.sp.gov.br/ees_a.php?t=002 >. Acesso em: 30 jun. 2023.

BRASIL. Lei n. 9.795, de 27 de abril de 1999. Dispõe sobre a Educação Ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9795.htm>. Acesso em: 22 jun. 2023.

BRAGA, R. M. R. de B.; SIQUEIRA, A. E.; WINAGRASKI, E. Guia para a trilha adaptada do Parna Tijuca: Uma proposta multidisciplinar sob a perspectiva da educação inclusiva. Revista Aproximando, Rio de Janeiro, v. 1, n.1, p. 1-6, 2015.

BRANCO, E. P.; ROYER, M. R.; BRANCO, A. B. de G. Abordagem da Educação Ambiental nos PCNs, nas DCNs e na BNCC. Nuances: Estudos sobre Educação, Presidente Prudente, São Paulo, v. 29, n. 1, p. 185-203, 2018.

CAMPANINI, B. D.; ROCHA, M. B. O teatro científico como estratégia didática para o ensino de ciências nas instituições de pesquisa pelo Brasil. Revista Ciências e Ideias, Rio de Janeiro, v. 9, n. 3, p. 140-152, 2018.

CARDOSO-COSTA, G.; LIMA, M. J. G. S. de. Educação Ambiental na escola: uma análise das concepções e práticas presentes em relatos de experiência nos Encontros Regionais de Ensino de Biologia RJ/ES. In: EPEA – Encontro Pesquisa em Educação Ambiental, 8., 2015, Rio de Janeiro. Anais [...] Rio de Janeiro, 2015. p. 1-15.

CATÁLOGO de teses e dissertações. CAPES, 2023. Disponível em: < https://catalogodeteses.capes.gov.br/catalogo-teses/#!/ >. Acesso em 23 jun. 2023.

CNPQ. Lubienska Cristina Lucas Jaquiê Ribeiro. Disponível em: <http://lattes.cnpq.br/7149846081415916>. Acesso em: 30 de jun. 2023.

DIAS, C. M.; MEGIG NETO, J. Estudo das Práticas Pedagógicas de Educação Ambiental em Áreas Protegidas Investigadas em Dissertações e Teses Brasileiras. ACTIO, Curitiba, v. 5, n. 2, p. 1-25, 2020.

GLAT, R.; PLETSCH, M. D.; FONTES, R. de S. Educação Inclusiva & Educação Especial: Propostas que se complementam no contexto da escola aberta à diversidade. Educação, Santa Maria, v. 32, n. 1, p. 343-356, 2007. Disponível em: < https://periodicos.ufsm.br/reveducacao/article/view/678/487>. Acesso em 30 jun. 2023.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa?. 4. Ed. São Paulo: Atlas, 2002. 57 p.

(INEP) Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Resumo Técnico Censo Escolar da Educação Básica 2022, 2023. Disponível em: < https://download.inep.gov.br/publicacoes/institucionais/estatisticas_e_indicadores/resumo_tecnico_censo_escolar_2022.pdf>. Acesso em 22 jun. 2023.

KASSIADOU, A.; SÁNCHEZ, C. Ecologia Política na Educação Ambiental e as Potencialidades Pedagógicas dos Conflitos Ambientais. Revista Sergipana de Educação Ambiental, Sergipe, v.7, n.2, p. 9-25, 2019.

LANUTI, J. E. de O. E.; MANTOAN, M. T. E. Como os Estudantes Considerados com deficiência Atrapalham “os Demais”?. Revista ENSIN@, Mato Grosso do Sul, v. 2, n. 6, p. 57-67, 2021. Disponível em: <https://periodicos.ufms.br/index.php/anacptl/article/view/14708>. Acesso em: 06 jun. 2023.

LAYRARGUES, P. P. Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Brasília: Ministério do Meio Ambiente – MMA, 2004. 160 p.

LAYRARGUES, P.P. Para Onde Vai a Educação Ambiental? O cenário político-ideológico da educação ambiental brasileira e os desafios de uma agenda política crítica contra-hegemônica. Revista Contemporânea de Educação, v.7, n. 14, 2012.

LIMA, G. F. C.. Educação ambiental crítica: do socioambientalismo às sociedades sustentáveis. Educação e Pesquisa, São Paulo, v.35, n.1, p. 145-163, 2009. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/ep/a/tSMJ3V4NLmxYZZtmK8zpt9r/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 30 jun. 2023.

MINAYO, M. C. S. O Desafio do Conhecimento: Pesquisa Qualitativa em Saúde. 14 ed. São Paulo: Hucitec, 2014, 393 p.

MINAYO, M. C. de S.; SANCHES, O. Quantitativo-Qualitativo: Oposição ou Complementaridade?. Caderno Saúde Pública, v.9, n. 3, p. 239-262, 1993.

MANTOAN, M. T. E; Inclusão Escolar: O que é? Por quê? Como fazer?. 1. ed. São Paulo: Moderna, 2003. 50 p.

MEGID NETO, J. Tendências da pesquisa acadêmica sobre o ensino de Ciências no nível fundamental. 1999. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, 1999.

NOGUEIRA, M. L. de S. L. S.; MEGID NETO, J. Práticas interdisciplinares em educação ambiental na educação básica: o que indicam as pesquisas acadêmicas brasileiras de 1981 à 2012. ACTIO, Curitiba, v. 5, n. 2, p. 1-21, 2020.

NUERNBERG, A. H. O Capacitismo, a Educação Especial e a Contribuição do Campo de Estudos sobre Deficiência para Educação Inclusiva. In: MACHADO, R; MANTOAN, M. T. E. (Org.). Educação e Inclusão: entendimento, proposições e práticas. Blumenau, 2020. p. 45 – 60.

PIN, J. R. de O.; ROCHA, M. B. Utilização Didático-pedagógica de Trilhas Ecológicas no Ensino de Ciências: Um levantamento de teses e dissertações brasileiras. Ensino, Saúde e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 12, n. 1, p. 72-98, 2019.

PLATAFORMA SUCUPIRA. Cursos avaliados e reconhecidos. Disponível em: <https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/programa/quantitativos/quantitativoAreaAvaliacao.jsf>. Acesso em: 30 jun. 2023.

PLETSCH, M. D.; SOUZA, F.F.de. Educação Comum ou Especial? Análise das Diretrizes Políticas de Educação Especial Brasileiras. Revista Ibero-americana de Estudos em Educação, v. 12 n. esp. 2, p. 1286-1306, 2021.

ROTHER, E. T. Revisão sistemática x revisão narrativa. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 20, n. 2, p. 1-2, 2007.

SANTOS, A. L. M. dos; ROCHA, M. B. Estudo sobre tecnologia social e meio ambiente: levantamento em dissertações e teses brasileiras. Revista Tecnologia e Sociedade, Curitiba, v. 17, n. 46, p. 73-91, 2021.

SILVA, L. V. da; BEGO, A. M. Levantamento Bibliográfico sobre Educação Especial e Ensino de Ciências no Brasil. Revista Brasileira de Educação Especial, Marília, v. 24, n. 3, p. 343-358, 2018.

SOBRE a BDTD. Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações, 2023. Disponível em: <https://bdtd.ibict.br/vufind/>. Acesso em: 23 jun. 2023.

TEIXEIRA, P. M. M. Pesquisa em ensino de Biologia no Brasil (1972-2004): um estudo baseado em dissertações e teses. 2008. Tese (Doutorado) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

ZANINI, A. M.; ROCHA, M. B. Relação de comunidades do entorno com as Unidades de Conservação: tendências em estudos brasileiros. Terrae Didatica, São Paulo, v. 16, p. 1-13, 2020.

Downloads

Publicado

10/12/2023
Métricas
  • Visualizações do Artigo 94
  • pdf downloads: 49

Como Citar

DOS SANTOS BAPTISTA, C.; BORGES ROCHA, M. Diálogos entre Educação Ambiental e Educação Inclusiva: uma análise a partir de dissertações e teses brasileiras: Dialogues between Environmental Education and Inclusive Education: an analysis based on Brazilian dissertations and theses. Revista Cocar, [S. l.], v. 19, n. 37, 2023. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/7367. Acesso em: 19 maio. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)