Educação infantil: entre cuidar e educar representações sociais dos auxiliares de professores

Early childhood education: between care and education social representations of teachers' assistants

Autores

  • Elizangela Dias Santiago Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
  • Laêda Bezerra Machado Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Resumo

Este artigo tem como objetivo identificar as representações sociais de educação infantil, articuladas às práticas dos Auxiliares de Desenvolvimento Infantil (ADIs). Representações sociais são fenômenos cognitivos e sociais que as pessoas utilizam para entender o mundo, elas orientam seus comportamentos e ações. Realizamos um estudo de campo com 30 ADIs que atuavam em creches municipais da cidade do Recife, utilizando como instrumento de coleta de dados uma entrevista semiestruturada. Os resultados indicam que os ADIs incorporaram um discurso avançado em torno da educação infantil, são falas que enfatizam a indissociabilidade entre cuidar-educar a criança, no entanto, suas práticas ficam restritas ao cuidado. Cuidando, os ADIs não reconhecem que educam a criança. Indicamos a necessidade de maiores investimentos na formação inicial e continuada desses profissionais, bem como um trabalho articulado entre auxiliares e professores nas instituições públicas de educação infantil.

Palavras-chave: Educação Infantil; Práticas; Representações sociais.

 

Abstract

This article aims to identify the social representations of early childhood education, linked to the practices of Child Development Assistants (ADIs). Social representations are cognitive and social phenomena that people use to understand the world, they guide their behavior and actions. We carried out a field study with 30 ADIs who worked in municipal day care centers in the city of Recife using a semi-structured interview as a data collection instrument. The results indicate that the ADIs incorporated an advanced discourse around early childhood education, they are statements that emphasize the inseparability between caring and educating the child, however their practices are restricted to care. Caring ADIs do not recognize that they educate the child. We indicate the need for greater investments in the initial and continuing education of these professionals, as well as an articulated work between assistants and teachers in public institutions of early childhood education.

Keywords: Early Childhood Education;; Practices; Social representations

Biografia do Autor

Elizangela Dias Santiago, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). E-mail para contato: elizangeladias92@hotmail.com

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-7223-3151

Laêda Bezerra Machado, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)

 Doutora em Educação, Professora titular do Departamento de Administração Escolar e Planejamento Educacional. Docente do Programa de Pós-graduação em Educação - Centro de Educação  Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Linha de pesquisa: Formação de professores e prática pedagógica. Bolsista de produtividade em Pesquisa pelo CNPq. E-mail: laeda01@gmail.com

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-9524-0319

Downloads

Publicado

01/12/2021