A Formação de Professores e a Escola Frente ao Quadro de Inovação e Mudança Educacional: desafios para o trabalho docente

Autores

  • Cely do Socorro Costa Nunes Universidade do Estado do Pará
  • Albêne Lis Monteiro Universidade do Estado do Pará

Resumo

O texto objetiva problematizar a formação de professores e a escola como categorias centrais para instituir o quadro de inovação e mudança educacional. O binômio inovação/mudança educacional é analisado pela ótica da escola que foi reconhecida no meio acadêmico e nos setores estratégicos, na década de 90, "como a unidade de mudança". Esta proposição assenta-se na crença de que a escola é o principal locus de elaboração e implementação de projetos de inovação e mudança educacional em contraposição a projetos pensados de forma sistêmica, implementados de maneira externa e organizados pelo poder central. Os questionamentos que procura-se responder são: Por quê a escola passa a ser compreendida como unidade de inovação e mudança educacional? Qual a responsabilidade social dos professores diante da implementação de inovação e mudança educacional? Qual a contribuição do investimento na formação de professores para o quadro da inovação e mudança educacional? Conclui-se que é preciso conceber a escola como unidade de mudança e inovação educacional. Para tal, torna-se necessário investir na formação de professores (inicial e continuada) aliados a uma estrutura, organização e financiamento da educação básica e superior no Brasil, com objetivo de alterar o quadro de mudança educacional. Referida formação necessita apresentar como princípio organizativo o atendimento à "etapa formativa" em que os docentes se encontram, visto que o percurso profissional, por ser singular a cada indivíduo, enseja determinadas expectativas de inovação e mudanças que se diferenciam no decorrer de tal trajetória.

Palavras-Chave: Mudança. Inovação educacional. Formação de professores.

The teachers formation and the school up against to the setting of innovation and educational change: challenges to the teaching work

The text aims to rend some problems concerning the teachers training and the school as the main categories to institute the setting of innovation and educational change. The binomial innovation / educational change is analyzed by school optics and it was recognized in academic "sphere and strategic sectors, in the decade of 90, "as the unit of change." This proposal is based on the belief that school is the main locus of elaboration and implementation of innovation and educational change projects in contraposition to elaborated projects in a systemic form, which were implemented in external way and organized by the central power. We try to answer the following questions: Why does school begin to be understood as an innovation and educational change unit? What is the teachers social responsibility up against to "implementation of innovation and educational change? What is the contribution of investment in teacher training for the setting of innovation and educational change? We conclude that it is necessary to conceive school as a change and educational innovation unit. For such, it is necessary to invest in teachers training (initial and continued) associated to a structure, organization and financing of basic and higher education in Brazil, intending to modify the setting of educational change. This training must have as organizational principle the attendance to "formative stage" in which teachers are, once trajectory, that is singular to each person, tries definitive "expectations of innovation and changes that distinguish during this trajectory.


Keywords: Change. Educational innovation. Teacher training.

Downloads

Edição

Seção

Artigos