As influências dos documentos internacionais na política brasileira de educação especial

Las influencias de los documentos internacionales en la política brasileña de educación especial

Autores

Resumo

O presente estudo de caráter documental apresenta como objetivo analisar as normativas internacionais e as influências destas na Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (PNEEPEI). Dentre os documentos que compuseram o corpus desta investigação estão: Declaração Mundial de Educação para Todos (1990), Declaração de Salamanca (1994), Convenção de Guatemala (1999), Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (2006) e Declaração de Incheon (2015). Para tanto, foi utilizada como lente teórica a perspectiva da policy cycle approach. No cerne deste debate, foi analisado que a PNEEPEI evidencia traços dos documentos internacionais e que os grupos dominantes sustentam a base ideológica no contexto da influência.

Palavras-chave: Educação Especial; Políticas Públicas em Educação; Influência na Educação.

 

 

Resumen

Este estudio documental presenta un análisis de los estándares internacionales y su influencia en la Política Nacional de Educación Especial, desde la perspectiva de la Educación Inclusiva (PNEEPEI). Entre los documentos que formaron el corpus de esta investigación, están: Declaración Mundial sobre Educación para Todos (1990), Declaración de Salamanca (1994), Convención de Guatemala (1999), Convención sobre los Derechos de las Personas con Discapacidad (2006) y la Declaración de Incheon (2015). Para realizarlo, se utilizó un enfoque del policy cycle approach como un lente teórico. En el centro de este debate, se analizó que la PNEEPEI evidencia rastros de documentos internacionales y que los grupos dominantes apoyan la base ideológica en el contexto de influencia.

Palabras clave: Educación Especial; Políticas Públicas en Educación; Influencia en la Educación.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Josivan João Monteiro Raiol

Graduado em pedagogia pela UEPA (2009). Mestre em Educação pela UEPA (2017). Aluno do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial - Doutorado, da UFSCAR. Professor Educação Especial no Centro de Formação de Profissionais da Educação Básica (CEFOR) pela Secretaria Estadual de Educação do Pará (SEDUC). Tem experiência em Educação, atuando nos seguintes temas: representações sociais, práticas de letramento, pessoa com deficiência, multiletramentos e formação de professores. Email: josivan.raiol@gmail.com

ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3858-2539

Juliane Dayrle Vasconcelos da Costa, Universidade Federal de São Carlos

Possui graduação em Letras com habilitação em Língua Espanhola pela Universidade Federal do Pará (2018). Atualmente é aluna do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial - Mestrado, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Tem experiência na área da educação com ênfase na educação espacial, atuando principalmente nos seguintes temas: Formação de Professores, Inclusão Escolar na Educação Infantil, Transtorno do Espectro Autista e Deficiência Visual. E-mail: julianedayrle@gmail.com

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-5101-6067

Luciana Carlena Correia Velasco Guimaraes, Universidade Federal de São Carlos

Possui bacharelado em Fonoaudiologia pela Universidade da Amazônia (2003) e licenciatura em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Amapá (2011). É aluna do Programa de Pós-Graduação em Educação Especial - Mestrado, UFSCAR. Professora de Educação Especial e Inclusiva no Instituto Federal do Amapá. Tem experiência em: Transtornos Funcionais Específicos, Educação Especial, Pessoa com deficiência, Altas Habilidades/Superdotação, Informática na Educação, Fonoaudiologia Escolar, Audiologia e Formação Docente. E-mail: luciana.guimaraes@ifap.edu.br

ORCID: https://orcid.org/0000-0002-7891-8327

Downloads

Publicado

04/03/2021
Métricas
  • Visualizações do Artigo 745
  • pdf downloads: 355

Como Citar

RAIOL, J. J. M.; DA COSTA, J. D. V.; CORREIA VELASCO GUIMARAES, L. C. As influências dos documentos internacionais na política brasileira de educação especial: Las influencias de los documentos internacionales en la política brasileña de educación especial. Revista Cocar, [S. l.], v. 15, n. 31, 2021. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/3850. Acesso em: 21 abr. 2024.