A Máquina Humana e Seus Recursos: o Ledor Como Artefato à Pessoa com Deficiência Visual

Autores

  • Fernanda Welter Adams adamswfernanda@gmail.com
    Secretária Municipal de Educação
  • Renata Vicente Izidoro renatinhavicente2017@gmail.com
    Universidade Federal de Catalão
  • Claúdia Tavares do Amaral claudiatamaral@gmail.com
    Universidade Federal de Catalão

Resumo

Ler e escrever possibilitam interpretar o mundo e, pessoas com deficiência visual não possuem acesso à leitura em tinta, sendo necessário buscarem adaptação, como Braile, ledor humano e digital. Este artigo busca problematizar as produções acadêmicas sobre o ledor humano e a interface dele com as pessoas com deficiência visual em atividades acadêmicas. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, que realizou um levantamento em um banco de dados. Foram encontradas quatro dissertações e uma tese que abordam a temática, as quais foram submetidas à Análise Textual Discursiva. Observou-se que esses estudos apresentam o ledor humano como um recurso de adaptação para a aplicação de provas, além de discutirem suas vantagens se comparado ao leitor digital. Portanto, conclui-se que todos os recursos de adaptação possuem suas especificidades, se completam e podem atender os alunos em suas necessidades.

Abstract

We interpret the world through reading and writing. People with visual impairments do not have access to conventional written, so they need to seek other ways to do it: like Braille, human reader and digital reader. The focus of this article is to problematize academic productions about the human reader and his interface with people with visual disabilities in academic activities. A qualitative research method is applied in this study, which carried out a survey in the database. We found four dissertations and one thesis, which were submitted to Discursive Textual Analysis. These studies concluded that the use of human reader is a good adaptation resource for tests situations. They discuss about the advantages of that approach compared to the digital reader. We concluded that all adaptation resources have

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Welter Adams, Secretária Municipal de Educação

Licenciada em Química e Pedagogia, Especialista em Tecnologia Assitiva e Comunicação Alternativa e Mestre em Educação. Atua como professora na Secretaria Municipal de Educação de Catalão. E-mail: adamswfernanda@gmail.com.

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4935-5198

Renata Vicente Izidoro, Universidade Federal de Catalão

Bacharel em Direito e Mestre em Educação. E-mail: renatinhavicente2017@gmail.com.

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-8338-8113

Claúdia Tavares do Amaral, Universidade Federal de Catalão

Doutora em Educação pela Universidade de Lisboa, mestre em educação e Pedagoga pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Professora da Universidade Federal de Catalão. E-mail: claudiatamaral@gmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0003-2859-9353

Downloads

Publicado

03/10/2020
Métricas
  • Visualizações do Artigo 394
  • pdf downloads: 616

Como Citar

ADAMS, F. W.; VICENTE IZIDORO, R.; TAVARES DO AMARAL, C. . A Máquina Humana e Seus Recursos: o Ledor Como Artefato à Pessoa com Deficiência Visual. Revista Cocar, [S. l.], v. 14, n. 30, 2020. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/3662. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos