Química e a educação brasileira: a presença dessa ciência nos períodos Colonial (1500-1822) e Imperial (1822-1889)

Chemistry and the brazilian education: the presence of this Science in the Colonial (1500-1822) and Imperial (1822-1889) periods

Autores

  • André de Azambuja Maraschin Universidade Federal do Pampa/Aluno em regime especial Mestrado Acadêmico em Ensino
  • Catiucia Anselmo Funari Universidade Federal do Pampa/Aluna em regime especial do Mestrado Acadêmico em Ensino https://orcid.org/0000-0001-5462-4802
  • Alessandro Carvalho Bica Universidade Federal do Pampa/Coordenador e docente do Mestrado Acadêmico em Ensino https://orcid.org/0000-0003-2532-5007

Resumo

O presente artigo aborda um breve resgate histórico acerca dos períodos Colonial e Imperial do Brasil, objetivando apresentar de que forma, voluntária ou involuntariamente, a Química evoluiu em solo brasileiro. Através de uma pesquisa bibliográfica, buscou-se responder o seguinte questionamento: como a Química surgiu e evoluiu no Brasil, levando em consideração as influências europeias, as aplicações diante do contexto vivido e o cenário educacional da época? Para tanto, foi intenção analisar alguns pontos da história da organização educacional no país, dialogando com algumas situações que indicassem a presença de práticas ou pensamentos envolvendo as Ciências. Através desse marco temporal, reflexões sobre a Química foram realizadas, demonstrando sua importância política, econômica e intelectual.

Palavras-chave: História da Química; Brasil Colonial; Império Brasileiro

 

 

Abstract

This article addresse a brief historical review of the Colonial and Imperial periods of Brazil, aiming to present how, voluntarily or involuntarily, Chemistry evolved on Brazilian soil. Through a bibliographic research, we tried to answer the following question: how did Chemistry arise and evolve in Brazil, taking into account European influences, applications in the lived context and the educational scenario of the time? Therefore, it was intended to analyze some points in the history of educational organization in the country, dialoguing with some situations that indicated the presence of practices or thoughts involving the Sciences. Through this timeframe, reflections on Chemistry were carried out, demonstrating its political, economic and intellectual importance.

Keywords: History of Chemistry; Colonial Brazil; Brazilian Empire

Biografia do Autor

André de Azambuja Maraschin, Universidade Federal do Pampa/Aluno em regime especial Mestrado Acadêmico em Ensino

Licenciado em Química pela Universidade Federal do Pampa. E-mail: andremaraschin@hotmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-2153-8024.

Catiucia Anselmo Funari, Universidade Federal do Pampa/Aluna em regime especial do Mestrado Acadêmico em Ensino

Licenciada em Química pela Universidade Federal do Pampa. E-mail: catiucia27@gmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-5462-4802.

Alessandro Carvalho Bica, Universidade Federal do Pampa/Coordenador e docente do Mestrado Acadêmico em Ensino

Doutor em Educação pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos; Coordenador e docente do Mestrado Acadêmico em Ensino (PPGMAE/UNIPAMPA/Bagé). E-mail: alessandrobica@unipampa.edu.br. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-2532-5007

 

Downloads

Publicado

01/01/2021