Ética da Libertação e Ética do Currículo

Liberation Ethics and Curriculum Ethics

Autores

Palavras-chave:

Ética da Libertação, Enrique Dussel, Currículo

Resumo

O presente artigo tem como objetivo propor a Ética da Libertação de Enrique Dussel como referência para fundamento ético do Currículo. Na Parte I, a Ética de Dussel é apresentada em sua arquitetura de seis movimentos: (A) em âmbito intrassistêmico: 1. o fundamento material; 2. a validação argumentativa; 3. a prática de transformação; (B) em âmbito crítico: 4. o fundamento material crítico a partir das vítimas do sistema; 5. a validação crítico-argumentativa pela comunidade de vítimas; 6. a práxis crítica a partir da escolha dos meios factíveis de transformação. Na Parte II, cada um dos seis movimentos dessa Ética é pensado e projetado no campo curricular, tendo em vista referenciar o conceito e a prática de um Currículo ético-crítico.

Palavras-chave: Ética da Libertação; Enrique Dussel; Currículo

 

Abstract

This article aims to propose Enrique Dussel's Ethics of Liberation as a reference for an ethical foundation of the Curriculum. In Part I, Dussel's Ethics is presented in its six-movement architecture: (A) intrasystemically: 1. the material foundation; 2. the argumentative validation; 3. the practice of transformation; (B) in a critical scope: 4. the critical material foundation from the victims of the system; 5. The critical-argumentative validation by the victims community; 6. The critical praxis based on the choice of feasible means of transformation. In Part II, each of the six movements of this Ethics is considered and projected onto the curricular field, with a view to referencing the concept and practice of an ethical-critical Curriculum.

Keywords: Ethics of Liberation; Enrique Dussel; Curriculum

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alípio Casali, PUC-SP

Graduado em Filosofia. Mestre e Doutor pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP; Pós-Doutor em Educação pela Universidade de Paris-8. Professor Titular do Departamento de Fundamentos, Política e Gestão da Educação, da PUC-SP. Docente e Pesquisador junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, da PUC-SP, onde coordena a Linha de Pesquisa “Currículo, Conhecimento e Cultura”.                   E-mail: casali@pucsp.br

ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3883-3051  Link Lattes: http://lattes.cnpq.br/7969272872511400

Referências

BRASIL. Presidência da República/Casa Civil. Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.htm. Acesso em: 13 dez. 2023.

BRASIL. Câmara dos Deputados. Lei n.º 13.005, de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação – PNE e dá outras providências.

CASALI, Alípio. A Pedagógica de Enrique Dussel: elementos para um estudo crítico. 1979.Dissertação (Mestrado em Educação: Filosofia da Libertação) – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, 1979.

CASALI, Alípio. Para um currículo ético-crítico: referências a partir da ética da libertação de Enrique Dussel. Revista e-Curriculum, São Paulo, v. 14, n. 4, p. 1527-1555, out./dez.2016.

CASTORIADIS, Cornelius [1975]. A instituição imaginária da sociedade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982.

DUSSEL, Enrique [1998]. Ética da libertação: na idade da globalização e da exclusão. Petrópolis: Vozes, 2000.

DUSSEL, Enrique. En búsqueda del sentido. Buenos Aires: Docência, 2012. (Obras Selectas.)

HINKELAMMERT, Franz. Crítica a la razón utópica. San José de Costa Rica: CEI, 1984.

LÉVINAS, Emmanuel [1961]. Totalidad e infinito. Ensayo sobre la exterioridad. Salamanca: Sígueme, 1977.

Downloads

Publicado

23/04/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 52
  • pdf downloads: 100

Como Citar

CASALI, A. Ética da Libertação e Ética do Currículo: Liberation Ethics and Curriculum Ethics. Revista Cocar, [S. l.], n. 24, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8382. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Eixo 3: Educação como práxis da Libertação