Enrique Dussel: um pensador da Utopia

Enrique Dussel: un pensador de la Utopía

Autores

Palavras-chave:

utopia possível, vítima, libertação

Resumo

Enrique Dussel: um pensador da utopia, quer ser um texto simples que, partindo da convivencialidade do autor com o filósofo, endereça-se para o conceito de utopia com o objetivo de compreender em que sentido o seu filosofar é cortado e fundado pelo utopiar como estatuto antropológico do humano. A utopia e a vontade de utopiar não cessarão enquanto não cessarem a dor, a fome, o sofrimento e a penúria dos sujeitos vitimados do planeta, fruto da inquietação humana as novas utopias não cessarão. Por isso mesmo o texto se coloca na intenção de estabelecer uma relação clara entre a utopia, o projeto e o plano de ação. A utopia não se realiza, mas é movente do projeto que se aspira plano de ação transformadora da comunidade de vítimas do sistema. Assim, desde as conversas com o filósofo até o mergulho nas suas obras se vislumbra o seu encanto com o projeto de libertação movido pelo utopiar em perspectiva de um mundo melhor, um existir mais bonito, ainda que se oxide porque pautado nas ‘gentes’, alimenta os laços que travamos com o outro e nos impulsiona para um viver bem e com dignidade.

Palavras-chave: utopia possível; vítima; libertação.

 

Resumen

Enrique Dussel: un pensador de la utopía, quiere ser un texto sencillo que, a partir de la convivencia del autor con el filósofo, aborde el concepto de utopía con el objetivo de comprender en qué sentido su filosofar es atravesado y fundamentado por la utopíar como estatuto antropológico del humano. La utopía y la voluntad de utopíar no cesarán hasta que cesen el dolor, el hambre, el sufrimiento y la penuria de los sujetos victimizados del planeta, fruto de las inquietudes humanas, las nuevas utopías no cesarán. Por ello, el texto pretende establecer una relación clara entre la utopía, el proyecto y el plan de acción. La utopía no se hace realidad, pero es el motor del proyecto que pretende transformar la comunidad de víctimas del sistema. Así, desde las conversaciones con el filósofo hasta la profundización en sus obras, se puede vislumbrar su encanto con el proyecto de liberación impulsado por la utopíar en la perspectiva de un mundo mejor, una existencia más bella, aunque se oxida porque se basa en las ‘personas', nutre los vínculos que tenemos con el otro y nos impulsa a vivir bien y con dignidad.

Palabras clave: utopía posible; víctima; liberación.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Batista Santiago Ramos, Universidade Federal do Pará - Campus Castanhal

Doutor em filosofia pela Universidade do Porto (Portugal), Especialista em História da Educação na Amazônia e Graduado em Filosofia pela Fundação Educacional de Brusque. É Professor Adjunto IV da Universidade Federal do Pará (UFPA) e do Programa de Pós-graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia (PPGEA/UFPA). Integrante do Grupo de Estudo e Pesquisa Sobre Educação, Infância e Filosofia (GEPEIF/UFPA) e da Sociedade de Filosofia da Educação de Língua Portuguesa (SOFELP/UP). Autor dos livros “Por uma Utopia do Humano: Olhares a partir da ética da libertação de Enrique Dussel” (2012, Edições Afrontamento) e “Estilhaços de sonhos – escritos para ainda se acreditar na utopia e dançar na escuridão” (2024, Dialogo Freiriano). E-mail: jsramos50@hotmail.com;    Orcid: https://orcid.org/0000-0003-3355-271X  Currículo Lattes: http://lattes.cnpq.br/8078757512392983;

Referências

ADORNO, T. W. Educação e Emancipação. São Paulo: Paz e Terra, 1995.

ARENDT, H. Homens em tempos sombrios. São Paulo. Companhia das Letras, 1987.

ARENDT, H. A condição humana. Rio de Janeiro: Forense, 1991.

ASSMANN, H. Metáforas novas para reencantar a Educação. Piracicaba-SP: UNIMEP, 1996.

BLOCH, E. O princípio esperança, vol. I. Rio de Janeiro: Contraponto, 2005.

DELEUZE, G. GUATTARI, F. O que é a filosofia. São Paulo: Papirus, 1993.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Rizoma. Valencia: Pre-Textos, 2010.

CARVALHO. A. D. Utopia e Educação. Porto: Porto Editora, 1994.

DUSSEL. E. Filosofia de la Liberación. México: Edico, 1977.

DUSSEL. E. Para uma Ética da Libertação Latino Americana. Vol. II. São Paulo: Loyola, 1982.

DUSSEL. E. Ética da Libertação: na idade da globalização e da exclusão. Petrópolis: Vozes , 2000.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. São Paulo: Paz e Terra, 1988.

FREIRE, P. Pedagogia da esperança. São Paulo: Paz e terra, 1992.

GALEANO, E. As Veias Abertas da América Latina. São Paulo: Paz e Terra, 1988.

HEIDEGGER, M. El Concepto de Tiempo. Madrid: Trotta, 1999.

HEIDEGGER, M. El Ser y el Tiempo. México: FCE, 2000.

HINKELAMMERT, F. J. El mapa del emperador. San José (Costa Rica): DEI, 1996.

LACROIX, J. A utopia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar editor, 1996.

LEVINAS, E. El tempo y El Otro. México: Paidos, 1993.

LEVINAS. E. Totalidade e infinito. Lisboa: ED 70, 2000.

MAYOR, F. A nova página. Lisboa: Edições 70, 1994.

MERLEAU-PONTY. Humanismo e terror: ensaio sobre o problema Comunista. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1968.

MORENO, Mariano (org.). Dicionário de pensamento contemporâneo. São Paulo: Paulus, 2000.

MORIN, E. Cultura e barbárie europeias. Lisboa: Piaget, 2007.

MORO, T. Utopía. México: Editorial Porrúa, 1977.

MORO, T. A Utopia. Lisboa: Guimarães Editores, 1992.

MOUNIER, E. O personalismo. São Paulo: Martins Fontes, 1964.

PAQUOT, T. A Utopia. São Paulo: Europa-América, 1997.

PIENDA. J. A. Paraísos y Utopías: una clave antropológica. Madri: Ediciones Paraíso, 1996.

RICOEUR. P. Amor y justicia. Madrid: Caparrós, 1993.

RAMOS, J.B.S. Entre filosofia e ideologia uma utopia possível do humano: olhares a partir da filosofia (ética) da libertação de Enrique Dussel. Tese de doutorado, Universidade do Porto, Portugal, 2010.

RAMOS, J.B.S. Por uma utopia do humano – Olhares a partir da ética da libertação de enrique Dussel. Porto: Afrontamento, 2012.

RAMOS, J.B.S.; OLIVEIRA, I. A. Filosofia e ética da libertação em Enrique Dussel. Porto Alegre: Diálogo Freiriano, 2020.

RAMOS, J.B.S. Estilhaços de sonhos – escritos para ainda se acreditar na utopia e dançar na escuridão. Veranopolis, RS. Dialogo Freiriano, 2023.

Downloads

Publicado

23/04/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 162
  • pdf downloads: 247

Como Citar

RAMOS, J. B. S. Enrique Dussel: um pensador da Utopia: Enrique Dussel: un pensador de la Utopía. Revista Cocar, [S. l.], n. 24, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8376. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Eixo 1: Expressões da Filosofia da Libertação