O Programa Escola Sem Partido a partir da perspectiva de gestores escolares do noroeste do estado do Paraná

The School Without Party Program from the perspective of schools managers in the northwest of the Paraná State

Autores

  • Kátia Rodrigues Montalvão Paias Universidade do Oeste Paulista (Unoeste)/ Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação https://orcid.org/0000-0003-0950-614X
  • Marcos Vinicius Francisco Universidade Estadual de Maringá (UEM), Campus Regional do Vale do Ivaí (CRV)/Departamento de Ciências do Movimento Humano (DMO); Programa de Pós-Graduação em Educação (PPE)

Resumo

A investigação objetiva identificar e analisar o posicionamento político de gestores escolares diante do Programa Escola sem Partido. A pesquisa assenta-se na perspectiva do método do materialismo histórico-dialético. Como procedimentos foram utilizados a análise documental do projeto de Lei nº. 867, de 2015, além de entrevistas semiestruturadas com dez gestores das escolas estaduais de cidade do estado do Paraná. Os dados revelaram que, dos dez participantes, nove refutaram o Projeto de Lei, sob a justificativa de que o seu foco será a coerção e o controle didático-pedagógico, travestido de neutralidade. A neutralidade anunciada no Projeto de Lei contraria a finalidade da educação escolar, tendo em vista que todo ato educativo é carregado de intencionalidades teleológicas.

Palavras-chave: Projeto de Lei; Escola sem Doutrinação; Neutralidade; Ideologia.

 

Abstract

This research aims to identify and analyze the political position of school manegers in the face of the School Without Party Program. The investigations is based on the perspective of the method of historical-dialectical materialism. As methodological procedures were used the documentary analysis of the Law n. 867 of 2015, as well as semi-structured interviews with ten school manegers of state schools in a city of the Paraná state. The data showed that, of the ten participants, nine refuted the School Without Party Program, under the justification that its focus will be coercion and didactic-pedagogical control, disguised as neutrality. The neutrality announced in the Program is contrary to the purpose of school education, considering that every educational act is loaded with teleological intentions.

Keywords: Law Project; School without Indoctrination; Neutrality; Ideology.

Biografia do Autor

Kátia Rodrigues Montalvão Paias, Universidade do Oeste Paulista (Unoeste)/ Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação

Doutoranda junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste). Membro integrante do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais, Gestão e Financiamento da Educação (GEPEFI) e do Grupo de Pesquisa Estado, Políticas Educacionais e Democracia (EPED). Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). E-mail: katiapaias@gmail.com  Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0950-614X

Marcos Vinicius Francisco, Universidade Estadual de Maringá (UEM), Campus Regional do Vale do Ivaí (CRV)/Departamento de Ciências do Movimento Humano (DMO); Programa de Pós-Graduação em Educação (PPE)

Doutor em Educação pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus de Presidente Prudente, SP. Atualmente é docente do Departamento de Ciências do Movimento Humano (DMO) e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá (UEM). Líder do Grupo de Pesquisa Estado, Políticas Educacionais e Democracia (EPED) e Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas em Políticas Educacionais, Gestão e Financiamento da Educação (GEPEFI). E-mail: mvfrancisco@uem.br Orcid: https://orcid.org/0000-0002-5410-2374

 

Downloads

Publicado

01/12/2021