A pesquisa na área da educação e do ensino: conjecturas e problematizações

Research in education and teaching: conjectures and problematizations

Autores

Resumo

O presente estudo visa compreender os atravessamentos da neoliberalização da escolarização nas pesquisas em educação e ensino. Por meio de um ensaio (LARROSA, 2003), desenvolve-se uma pesquisa documental e revisão bibliográfica qualitativa, que tem como analisador o processo de escolarização brasileira e o documento da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Emerge da investigação a presença exacerbada de uma racionalidade neoliberal na educação escolarizada, conformada com preceitos internacionais e articulados a uma crença-promessa de flexibilização curricular, combinada às forças que invisibilizam, descaracterizam e desligitimam pesquisas potentes em Ciências Sociais e Humanas, calcadas na realidade e nas demandas concretas da educação no Brasil.

Palavras-chave: Escolarização; Pesquisa; Neoliberalismo.

 

Abstract

The present study aims to understand the crossings of neoliberalization of schooling in research in education and teaching. Through an essay (LARROSA, 2003), a documentary research and qualitative bibliographic review is carried out, whose analyzer is the Brazilian schooling process and the document of the National Common Curricular Base (BNCC). From the investigation, emerges the exacerbated presence of a neoliberal rationality in school education, conformed with international precepts and articulated with a belief-promise of curricular flexibility, combined with the forms that make invisible, mischaracterize and off-powerful research in Social and Human Sciences, based on reality and concrete demands of education in Brazil.

Keywords: Schooling; Research; Neoliberalism.

 

 

Biografia do Autor

Fernanda Monteiro Rigue, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Doutora (2020) e Mestra (2017) em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Licenciada em Química pelo Instituto Federal Farroupilha (2015). Consultora e formadora na Empresa Aura Assessoria Educacional e Institucional e Concatto Consultoria Empresarial. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisa Fiandar/UFSM (Ciências Humanas e Educação) e do Grupo de Pesquisa FILJEM (Filosofia, Cultura e Educação). Tem interesse nos temas: Formação de Professores, Educação-Ensino de Ciências-Química no Brasil e Historicidade da Educação-Ciências/Química.

E-mail: fernanda_rigue@hotmail.com   Orcid: http://orcid.org/0000-0003-2403-7513

Micheli Bordoli Amestoy, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Licenciada e Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Mestra e Doutora em Educação em Ciências pelo Programa em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (PPGECQVS/UFSM). Pós-doutoranda em Educação em Ciências no PPGECQVS/UFSM.  Bolsista PNPD/CAPES. Colaboradora no Grupo de Pesquisa IDEIA – Educação em Ciências / UFSM.

E-mail: micheliamestoy@gmail.com     Orcid: http://orcid.org/0000-0002-5687-5311

Downloads

Publicado

01/05/2021

Edição

Seção

Artigos