Pandemia e atividades remotas: possibilidades e desafios para a educação especial

Autores

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar as atividades pedagógicas não presenciais e as suas implicações para o atendimento educacional especializado na perspectiva da educação inclusiva. A pesquisa configurou-se como um estudo de caso e análise tem como base a perspectiva crítica. A produção de dados ocorreu mediante a análise documental da plataforma virtual “Conectados da Vila” do município de Vila Velha, situado na região metropolitana da Grande Vitória-ES. Com base na análise das atividades pedagógicas não presenciais no contexto de pandemia, ficou notório que o município investigado apresenta uma proposta específica para a educação especial, distante da proposta organizada para os demais estudantes.

Abstract

This article aims to analyze non-classroom pedagogical teaching activities and their implications for specialized educational assistance from the perspective of inclusive education. The research was constructed as a case study and the analysis is based on a critical perspective. How to guarantee to students of special education an inclusive educational system that meets their specificities and contributes to their psychic development? The data production was held through the analysis of the virtual platform “Conectados da Vila” in Vila Velha - ES. Based on the analysis of activities in the context of a pandemic it was clear that the municipality presents a specific proposal for special education, apart from the proposal organized for the other students.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Patricia Santos Conde, Universidade Federal do Espírito Santo

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Espírito Santo (2006) e Mestrado em Educação (2015) pela mesma instituição de ensino. Atualmente é professora da Educação Básica (educação infantil e educação especial) e Doutoranda em Educação (UFES) na linha de pesquisa educação especial e processos inclusivos.

E-mail: patyconde@yahoo.com.br - Orcid: 0000-0002-5388-2866.

Amanda Costa Camizão, Universidade Federal do Espírito Santo

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Espírito Santo, Mestra (2017) em Educação e Especialista em Educação Especial (2014) com habilitação em deficiência intelectual pela mesma instituição. Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Educação da Ufes. Professora da Rede Municipal de Cariacica – ES.  E-mail: amanda.ufes@gmail.com - Orcid: 0000-0002-3380-7877.

 

Sonia Lopes Victor, Universidade Federal do Espírito Santo

Professora Titular do Centro de Educação da Universidade Federal do Espírito Santo, e credenciada ao Programa de Pós-Graduação em Educação da referida universidade. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestrado em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos, doutorado e pós-doutorado em Educação pela Universidade de São Paulo (PDJ) e pós-doutorado em Educação Especial pela Universidade Federal de São Carlos (PDS).

E-mail: solovic@hotmail.com - Orcid:  0000-0002-9492-6933.

 

Downloads

Publicado

09/12/2020
Métricas
  • Visualizações do Artigo 3087
  • pdf downloads: 2251

Como Citar

SANTOS CONDE, P.; COSTA CAMIZÃO, A. .; LOPES VICTOR, S. Pandemia e atividades remotas: possibilidades e desafios para a educação especial . Revista Cocar, [S. l.], v. 14, n. 30, 2020. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/3744. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)