“Você é um ótimo profissional, não temos dúvidas, mas para minha escola não dá certo”: o caso dos professores homens no município de Caruaru-PE

Autores

  • Marciano Antonio Silva marcianoantoniosilva@gmail.com
  • Allene Carvalho Lage allenelage@yahoo.com.br

Resumo

“Eres un gran profesional, no tenemos dudas, pero no funciona para mi escuela”: el caso de los maestros varones en el municipio de Caruaru-PE

Resumo

Este artigo se propõe a discutir algumas questões que perpassam à docência masculina no contexto dos anos iniciais do ensino fundamental. Neste sentido, partimos das experiências profissionais protagonizadas por professores homens que atuam no município de Caruaru, agreste pernambucano. Tomamos como objetivo geral do nosso estudo “Compreender como a inserção de professores homens no contexto dos anos iniciais do ensino fundamental tem contribuído para desmistificar o imaginário da docência enquanto sendo um lugar de profissão feminina”. O percurso metodológico se encontra ancorado dentro da abordagem qualitativa, onde fazemos uso das técnicas da pesquisa exploratória e explicativa. Utilizamos o Método do Caso Alargado enquanto procedimento analítico. Para coleta dos dados, utilizamos a entrevista não estruturada. Os resultados apontam para um conjunto de estigmatizações, preconceitos, mas também resistências, no que se refere a inserção e principalmente ao exercício profissional desses sujeitos.

Palavras-Chave: Masculinidades. Docência. Anos Iniciais do Ensino Fundamental.

 

Resumen

Este artículo tiene como objetivo discutir algunos temas que impregnan la enseñanza masculina en el contexto de los primeros años de la escuela primaria. En este sentido, partimos de las experiencias profesionales llevadas a cabo por maestros varones que trabajan en el municipio de Caruaru, agreste pernambucano. Tomamos como objetivo general de nuestro estudio "Comprender cómo la inserción de maestros varones en el contexto de los primeros años de la escuela primaria ha contribuido a desmitificar el imaginario de la enseñanza como un lugar de profesión femenina". El camino metodológico está anclado dentro del enfoque cualitativo, donde utilizamos técnicas de investigación exploratoria y explicativa. Utilizamos el Método de caso alargado como un procedimiento analítico. Para la recopilación de datos, utilizamos la entrevista no estructurada. Los resultados apuntan a un conjunto de estigmatizaciones, prejuicio, pero también resistencia, con respecto a la inserción y especialmente al ejercicio profesional de estos sujetos.

Palabras clave: Masculinidades. Enseñanza. Primeros años de la escuela primaria.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marciano Antonio Silva

Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Educação Contemporânea pela Universidade Federal de Pernambuco – Centro Acadêmico do Agreste (UFPE-CAA).

E-mail: marcianoantoniosilva@gmail.com

Orcid: 0000-0002-1230-9967

Allene Carvalho Lage

 

Pós-doutora em Direitos Humanos (PPGDH/UFPE, 2016). Pós-doutora em Educação (UFRGS, 2012). Doutora em Sociologia (Universidade de Coimbra, 2006). Professora Associada da Universidade Federal de Pernambuco. Professora do Programa de Pós-graduação em Educação Contemporânea do Programa de Pós-graduação em Direitos Humanos. 

E-mail: allenelage@yahoo.com.br        

Orcid: 0000-0002-9936-3033

Downloads

Publicado

29/03/2020
Métricas
  • Visualizações do Artigo 207
  • PDF downloads: 185

Como Citar

SILVA, M. A.; LAGE, A. C. “Você é um ótimo profissional, não temos dúvidas, mas para minha escola não dá certo”: o caso dos professores homens no município de Caruaru-PE. Revista Cocar, [S. l.], v. 14, n. 28, p. 506–520, 2020. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/3135. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos