O discurso da criação fílmica como mediação da aprendizagem do saber escolar

Autores

  • Felipe Leal Barquete
  • Erenildo João Carlos

Resumo

The discourse of filmic creation as mediation of the Learning of school knowledge

Resumo

O presente artigo apresenta os resultados de uma pesquisa que se propôs a realizar um análise arqueológica do discurso da criação fílmica como mediação da aprendizagem do saber escolar. Trata-se de uma pesquisa de caráter analítico-descritivo, situando-a no âmbito das investigações qualitativas. A abordagem teórico-metodológica adotada é a Análise Arqueológica do Discurso (AAD), de Michel Foucault (2008). O locus da pesquisa foi o projeto Inventar com a Diferença, promovido pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR) e a Universidade Federal Fluminense (UFF). A análise identificou os correlatos enunciativos que integram a ordem do discurso que possibilita a existência da criação fílmica enquanto uma prática de mediação da apropriação de saberes escolares. Nessa ordem, o estudante é posicionado como sujeito produtor de conhecimentos através da experiência colaborativa da criação fílmica, e o professor como mediador do processo criativo de uma prática educativa contextualizada e emancipadora. Concluimos que o discurso da criação fílmica como mediação da aprendizagem do saber escolar se vincula aos domínios da ética, da estética e da política, legitimando a emergência de práticas de sensibilização do olhar sobre a realidade concreta como forma de viabilizar a mediação de aprendizagens de saberes escolares comprometidos com a defesa de uma cultura de direitos humanos.

Palavras-chave: Discurso. Criação fílmica. Aprendizagem do saber escolar.

 

Abstract

This article presents the results of a research that proposed to realise an archealogical analysis of filmic creation discourse as mediation for Learning of school knowledge. It is an analytic-descriptive research  that is allocated in qualitative investigations. The theorical-methodological approach is Michel Foucalt’s  (2008) Archeological Analysis of Discourse (AAD). The research locus was the project ‘’Inventar com a Diferença’’ promoted by Secretariat of Human Rights of the Presidency of the Republic (SHR/PR) and the Federal Fluminense University (FFU). The analysis identified the enunciative correlates which integrate the order of discourse whose enables the existence of filmic creation as a mediation practice of school knowledge appropriation. Therefore, the student is positionated as producer subject of knowledge through filmic creation collaborative experience and the professor is a mediator of creative process of a contextualized and emancipatory educational practice. We conclude that the discourse of filmic creation as mediation of the learning school knowledge is linked to ethical, esthetic and politic domains legitimizing the emergency of looking sensibilization practices about concrete reality as a way to make feasible the mediation of learning school knowledge committed with the human rights cultural defense.

Key-words: Discourse. Filmic creation. Learning school knowledge

 

Biografia do Autor

Felipe Leal Barquete

Cineasta  e  Mestre em Educação pelo  Programa  de  Pós-graduação  em  Educação  (PPGE/UFPB)  do  Centro  de Educação  -  João  Pessoa/PB,  Brasil. E-mail: felipe.barquete@gmail.com ORCID ID: https://orcid.org/0000-0002-3820-547X

 

Erenildo João Carlos

Pedagogo; Dr. em Educação; Professor da Graduação e Pós-graduação em Educação da UFPB, lotado no Departamento de Fundamentação da Educação do Centro de educação, Campus I; Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação de Jovens e Adultos – GEPEJA; Editor-chefe da Revista Discurso & Imagem Visual em Educação – RDIVE.  E-mail: erenildojc@gmail.com. ORCID ID: http://orcid.org/0000-0001-7272-2748

 

Downloads

Publicado

28/04/2019