Corpos que educam: ser sendo (trans) educadora social

Autores

  • Hiran Pinel hiranpinel@gmail.com
    Universidade Federal do Espírito Santo
  • Rodrigo Bravin rodrigobravin@gmail.com
    Universidade Federal do Espírito Santo

Resumo

O objetivo deste artigo é descrever compreensivamente a educação social construída por uma (trans) educadora social. Para isso, foi adotada como perspectiva teórica a fenomenologia existencial fundamentada nas contribuições de Paulo Freire (1996, 2005, 2013). A produção dos dados aconteceu a partir da adoção da história oral e de vida, tendo como técnica para produção a entrevista não diretiva. O ser (trans) educadora social se produz com um descer do salto para promover rebeldias na mundanidade da rua buscando ser mais (FREIRE, 2005) e construir uma educação fundamentalmente revolucionária. A experiência da drogadição, da exclusão não impediu que a educadora social transformasse a rua em um local não só de moradia e trabalho, mas também de resistência e promoção da cidadania.

Palavras-chave: Pedagogia social. Educadora social. (Trans) educadora.

"

Bodies that educate: being (trans) social educator

"

Abstract

The objective of this article is comprehensively to describe the social education constructed by one (trans) social educator. For this, the existential phenomenologybased on the contributions of Pablo Freire was adopted as perspective theoretician (1996, 2005, 2013). The production of the data happened from the adoption of verbal history and life, having as technique for production the not directive interview. The being (trans) social educator if produces with one to go down of the jump to more promote rebeldias in the mundanidade of the street searching to be (FREIRE 2005) and to construct a basically revolutionary education. The experience of the drogadição, of the exclusion did not hinder that the social educator not only transformed the street into a place of housing and work, but also of resistance and promotion of the citizenship.

Key words: Social pedagogy. Social educator. (Trans) educator

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Hiran Pinel, Universidade Federal do Espírito Santo

Pós-doutor em Educação e Professor Associado IV da Universidade Federal do Espírito Santo no Centro de Educação e Programa de Pós-graduação em Educação - PPGE/UFES Educação pela FAE/UFMG. Doutor em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano pelo IP/USP. Mestre em Educação pelo PPGE/UFES.

Rodrigo Bravin, Universidade Federal do Espírito Santo

Mestre em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo - PPGE/UFES e professor de sociologia da rede estadual do Espírito Santo.

Downloads

Publicado

20/01/2018
Métricas
  • Visualizações do Artigo 131
  • PDF downloads: 121

Como Citar

PINEL, H.; BRAVIN, R. Corpos que educam: ser sendo (trans) educadora social. Revista Cocar, [S. l.], n. 4, p. 164–184, 2018. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/1553. Acesso em: 19 jul. 2024.