Apartado - sala 23: memórias, afetos e corporeidade negra na formação de professores

Autores

  • Francione Oliveira Carvalho francioneoliveiracarvalho@gmail.com
    Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Thalita de Cassia Reis Teodoro thalitareis@hotmail.com
    Rede Municipal de Educação da Juiz de Fora

Resumo

A partir de nossa experiência na formação de professores nas Licenciaturas de Pedagogia e Artes Visuais propomos neste artigo refletir sobre propostas pedagógicas que valorizam a corporeidade negra como fonte de produção de conhecimento que procuram desenvolver todos os cinco sentidos em experiências sensíveis e estéticas. Para tal, dividimos o texto em três ações: num primeiro momento nos debruçamos sobre a problemática racial na pesquisa em educação; depois destacamos propostas interculturais baseadas nas tradições afro-brasileiras como geradoras de novas dinâmicas educativas para em seguida, encerrarmos com o relato de uma experiência realizada durante a disciplina Arte e Cultura Afro-Brasileira, na Faculdade de Educação da UFJF. Conclui que corporeidade eÌ a base comum da matriz ancestral africana e afro-brasileira e que a reflexão e a recuperação dos elementos estéticos e rituais devem ser valorizados nos processos criativos e educativos dos sujeitos pela necessidade de decolonizar a educação.

Palavras-chave: Corporeidade negra. Formação de professores. Cultura afro-brasileira.

"Apartado - room 23: memories, affects and afro-brazilian embodiment in teacher training

Abstract

"Based on our experience in teacher education in undergraduate-level courses of Pedagogy and Visual Arts, we propose in this article to reflect on educational projects that enhance the Afro-Brazilian body and experience as a source of knowledge which seek to develop all five senses in embodied and aesthetic experiences. We have divided the text into three parts: first we develop a discussion of racial issues in the educational research literature; then we highlight intercultural projects based on Afro-Brazilian traditions as generators of new educational dynamics. We close with an account of an experiment performed during the discipline ‘Art and Afro-Brazilian Culture’, taught at the Faculty of Education in the Federal University of Juiz de Fora (UFJF), Brazil. It concludes that corporeity is the common basis of the African and Afro-Brazilian ancestral matrix and that the reflection and recovery of aesthetic and ritual elements must be valued in the creative and educative processes of the subjects by the need to decolonize education.

Keywords: Black corporeality. Teacher training. Afro-Brazilian culture.

"

"

"

"

"

Apartado - room 23: memories, affects and afro-brazilian embodiment in teacher training

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francione Oliveira Carvalho, Universidade Federal de Juiz de Fora

Doutor e Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie com Pós-Doutorado em História pela FFLCH/USP. Docente da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Juiz de Fora e colaborador do Programa de Pós-Graduação em Humanidades, Direitos e outras Legitimidades da FFLCH/USP. Líder do Mirada - Grupo de Estudo e Pesquisa em Visualidades, Interculturalidade e Formação Docente cadastrado no CNPQ/UFJF.

Thalita de Cassia Reis Teodoro, Rede Municipal de Educação da Juiz de Fora

Licenciada em Dança pela Universidade Federal de Viçosa. Mestre em Dança pela Universidade Federal da Bahia e Mestre in Arts - Contemporary Dance Performance pela Universidade de Limerick na Irlanda. Foi professora substituta do curso de Dança da UFV e atualmente atua como professora na Rede Municipal de Educação da Juiz de Fora, arte-educadora e performer. Membro do Mirada - Grupo de Estudo e Pesquisa em Visualidades, Interculturalidade e Formação Docente cadastrado no CNPQ/UFJF

Downloads

Publicado

20/01/2018
Métricas
  • Visualizações do Artigo 302
  • PDF downloads: 309

Como Citar

CARVALHO, F. O.; TEODORO, T. de C. R. Apartado - sala 23: memórias, afetos e corporeidade negra na formação de professores. Revista Cocar, [S. l.], n. 4, p. 73–92, 2018. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/1549. Acesso em: 20 jul. 2024.