As contribuições de Enrique Dussel para a pesquisa educacional

Enrique Dussel contributions to educational research

Autores

Palavras-chave:

Pesquisa Educacional, Enrique Dussel, Decolonialidade/Decolonial.

Resumo

O artigo objetiva debater as contribuições do Método Analético de Enrique Dussel para a pesquisa educacional. Esse trabalho é um ensaio teórico e experiencial que congrega vivências no campo da pesquisa educacional, com a filosofia de Dussel em diálogo com os pensadores vinculados ao movimento modernidade/colonialidade/decolonialidade. Para Dussel, o método busca estabelecer diretrizes para conhecer os fenômenos da realidade social e ir além dos procedimentos, protocolos e técnicas de investigação científica. Eleger um método, especialmente nas ciências humanas e sociais, é se posicionar diante do mundo e diante das problemáticas sociais. Pesquisar, desde a exterioridade do sistema-mundo moderno/colonial, traz inúmeros desafios e limitações pois, realizar uma investigação que respeite e reconheça as alteridades dos processos educativos, demanda novos rigores metodológicos e teóricos.

Palavras-chave: Pesquisa Educacional; Enrique Dussel; Decolonialidade/Decolonial.

 

Abstract

This article aims to discuss the contributions of Enrique Dussel's Analytical Method to educational research. This work is a theoretical and experiential essay that brings together experiences in the field of educational research, with Dussel's philosophy in dialogue with thinkers linked to the modernity/coloniality/decoloniality movement. For Dussel, the method seeks to establish guidelines for getting to know the phenomena of social reality and to go beyond the procedures, protocols and techniques of scientific investigation. To choose a method, especially in the humanities and social sciences, is to position oneself in the face of the world and in the face of social problems. researching from outside the modern/colonial world-system brings numerous challenges and limitations, carrying out research that respects and recognises the otherness present in educational processes demands new methodological and theoretical rigours.

Keywords: Educational Research; Enrique Dussel; Decoloniality/Decolonial.

 

 

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sulivan Ferreira de Souza , Universidade Federal do Pará

Doutor em Educação pelo PPGE: Doutorado Latino Americano em Educação - Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Linha de Pesquisa: Educação, Cultura, Movimentos Sociais e Ações Coletivas. Mestre em Educação pelo PPGED - Universidade do Estado do Pará (PPGED/UEPA), Linha de Pesquisa: Saberes Culturais e Educação na Amazônia. Realizou intercâmbio (Doutorado sanduíche) na Universidade de Buenos Aires (UBA/2018). Realiza Estágio Pós-Doutoral na Universidade do Estado do Pará (PDPG - Amazônia Legal). Atualmente é Professor Substituto - Universidade Federal do Tocantins / Curso de Pedagogia - Câmpus Arraias. Professor Formador no Projeto Docência, Educação Integral e Territórios Educativos: Construindo Cartografias Participativas (Grupo TEIA-UFMG e a SEDUC Contagem).Membro do Grupo de Estudos de Letramento e Numeramento (GELEN). Membro da Comissão Editorial da Revista RELPE - UFT. Membro do Grupo de Pesquisa Artesania - UFT. É Membro do Grupo de Trabalho - Educación Popular y Pedagogías Críticas do Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO) [2019-2022]. É Membro do Consejo de Educación Popular de América Latina y el Caribe (CEAAL). Membro do Grupo de Estudos Sobre Política Educacional e Trabalho Docente - GESTRADO/UFMG. Foi membro do Grupo de Estudos Decolonialismo e Educação (UFMG). Pesquisador do Núcleo de Educação Popular Paulo Freire (UEPA), Foi Bolsista de Mestrado (2015/2017) e Doutorado (2017/2021) do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Foi representante discente do Colegiado PPGE/FAE/UFMG (2017-2019-2020). Foi Membro do grupo de Pesquisa Saberes e Práticas Educativas de Populações Quilombolas (Eduq). Foi Representante discente do Colegiado do PPGE/UEPA (2015-2017). É Associado à ANPEd (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação). Licenciado Pleno em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará (2011/2014). Participou como Bolsista do Observatório Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente - Núcleo Pará (2011/2012), Foi membro do Núcleo de Estudos e Extensão, Trilhas Investigativas e Práticas Sociais (NETRILHAS) - Grupo de Trabalho: Estudos Sobre a Criança e o Adolescente(GECA/2011-2012), Participou do projeto UEPA nas Comunidades(2011-2012), Foi Membro do Colegiado do Curso de Pedagogia (2012-2014) , Diretor do Centro Acadêmico de Pedagogia-CAPE/UEPA (2012/2014). Foi Educador voluntário da Equipe de Educação em Saúde - Secretaria Municipal de Saúde de Belém - SESMA/DEVS/PMB (2013/2014) Fora também Monitor Bolsista de Filosofia (2013/2015 - Departamento de Filosofia e Ciências Sociais/DFCS/ CSSE). Participou do Grupo de Pesquisa Afetividade, Inteligência e Moralidade - (AFIM). Interesse de pesquisa nas áreas de: Educação Popular, Filosofia da Educação, Currículo, Epistemologia Educacional, Interculturalidade, Decolonialidade e o Pensamento Educacional na América Latina e Caribe. Orcid: https://orcid.org/0000-0003-3391-0265    Email: sulivantris@gmail.com

Referências

CASTRO-GÓMEZ, Santiago. La hybris del punto cero: ciência, raza e ilustración en la Nueva Granada (1750-1816). Bogotá: Editorial Pontifícia Universidad Javeriana, 2005.

CURIEL, Ochy. Crítica poscolonial desde las prácticas políticas del feminismo antirracista. Nómadas. Bogotá, núm. 26, p. 92-101, 2007.

CURIEL, Ochy. Descolonizando el feminismo: una perspectiva desde America Latina y el Caribe. Primer Coloquio Latinoamericano sobre Praxis y Pensamiento feminista, Buenos Aires, 2009.

CUSICANQUI, Silvia Rivera. Ch’ixinakax utxiwa. Una reflexión sobre prácticas y discursos descolonizadores. Buenos Aires: Tinta Limón, 2010.

DUSSEL, Enrique. Método para una filosofía de la liberación. Salamanca, España: Sígueme. 1974.

DUSSEL, Enrique. 1492 El encubrimiento del Outro Hacia El origen del “mito de La Modernidad”. Conferencias de Frankfurt, Octubre 1992. Colección Academia. La Paz: Plural Editores – Faculdade de Humanidades y Ciencias de La Educación – UMSA, 1994.

DUSSEL, Enrique. Introducción a la filosofía de la liberación ensayos preliminares y bibliografía. 5a. Ed. Ed. Nueva América, Bogotá, 1995.

DUSSEL, Enrique. Filosofia de La Liberación. Bogotá: Nueva América, 1996.

DUSSEL, Enrique. Oito ensaios sobre cultura latino-americana e libertação. São Paulo: Paulinas, 1997.

DUSSEL, Enrique. La ética de la liberación: ante el desafío de Apel, Taylor y Vattimo con respuesta crítica inédita de K.-O. Apel. México: Universidad Autónoma del Estado de México, 1998.

DUSSEL, Enrique. Hacia una filosofía política crítica. Bilbao: Desclée de Brower, 2001.

DUSSEL, Enrique. Europa, modernidade e eurocentrismo. In: LANDER, Edgardo (Org.). A Colonialidade do Saber: Eurocentrismo e Ciências Sociais perspectivas latino-americanas. Colección Sur-Sur. Ciudad Autonoma de Buenos Aires, Argentina: CLACSO, 2005.

DUSSEL, Enrique . 20 Tesis de política. México. Siglo XXI, 2006.

DUSSEL, Enrique. Ética da Libertação na idade da globalização e da exclusão. 3. ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2007.

DUSSEL, Enrique. A produção teórica de Marx: um comentário aos Grundrisse. São Paulo: Expressão Popular, 2012.

FALS BORDA, Orlando. Métodología (IAP). In: HERRERA FARFÁN, Nicolás Armando y LÓPEZ GUZMÁN, Lorena. (Comps.) Ciencia, compromiso y cambio social. Textos de Orlando Fals Borda. Buenos Aires: El Colectivo - Lanzas y Letras - Extensión Libros, 2012. p. 211-348.

FANON, Frantz. Pele Negra, Máscaras Brancas. Bahia: Editora Edufba, 2008.

GALEANO, Eduardo. As veias abertas da América Latina. Porto Alegre: RS: L&PM, 2013.

GHEDIN, Evandro; FRANCO, Maria Amélia Santoro. Questões de método na construção da pesquisa em Educação. ed. São Paulo: Cortez, 2008.

GROSFOGUEL, Ramon. Para descolonizar os estudos de economia política e os estudos pós- coloniais: transmodernidade, pensamento de fronteira e colonialidade global. In: SANTOS, Boaventura de Sousa e MENESES, Maria Paula (org.). Epistemologias do Sul. Coimbra: Almedina: 2009. p. 383-417.

JAPIASSU, Hilton Ferreira. Introdução ao pensamento epistemológico. 4ª ed. Rio de Janeiro: F. Alves, 1986.

MALDONADO-TORRES, Nelson. Transdisciplinaridade e decolonialidade. Revista Sociedade e Estado. [S. l.], v. 31. n. 1. P.75-97, 2016.

MARCONDES, Danilo. Iniciação à história da filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. 2ª ed. rev. e amp. - Rio de Janeiro: Zahar, 2007.

MIGNOLO, Walter. La idea de América Latina (la derecha, la izquierda y la opción decolonial). Crítica y mancipación. v. 1 n. 2, p. 251 -27, 2009.

OLIVEIRA, Ivanilde Apoluceno. Epistemologia e Educação: bases conceituais e racionalidades científicas e históricas. Petrópolis: Vozes, 2016.

QUIJANO, Aníbal. Colonialidad del poder y clasificación social. In: CASTRO-GÓMEZ, Santiago; GROSFOGUEL Ramón (ed.). El Giro Decolonial: Reflexiones para una diversidad epistémica más Allá del capitalismo global. Bogotá: Iesco-Pensar-Siglo del Hombre Editores, 2007. p. 93-126.

SEGATO, Rita Laura. Gênero e colonialidade: em busca de chaves de leitura e de um vocabulário estratégico descolonial. E-Cadernos CES (Online), v. 18, p. 1-5, 2012.

SOUZA, Sulivan Ferreira de. Vivências em educação popular da/na América Latina e Caribe: um diálogo entre Brasil e Argentina. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Minas Gerais, Programa de Pós-Graduação em Educação: Conhecimento e Inclusão Social - Faculdade de Educação: Belo Horizonte, 2021.

SOUZA, Sulivan Ferreira de; OLIVEIRA, Ivanilde Apoluceno de. Universidade amazônica, colonialidade do saber e filosofia: arranjos epistêmicos e concepções. Perspectiva, v. 40, n. 3, p. 1-22, 2022.

Downloads

Publicado

23/04/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 110
  • pdf downloads: 109

Como Citar

FERREIRA DE SOUZA , S. As contribuições de Enrique Dussel para a pesquisa educacional : Enrique Dussel contributions to educational research. Revista Cocar, [S. l.], n. 24, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8279. Acesso em: 19 jul. 2024.

Edição

Seção

Eixo 2: Contribuições Epistemológicas a partir da Filosofia da Libertação