Visibilizando o protagonismo indígena: um esboço do trabalho de Cíntia Guajajara, Nhenety Kariri-Xocó, Nek'i Sateré-Mawé e Júlio Kamêr Apinajé

Making indigenous protagonism visible: an outline of the work of Cíntia Guajajara, Nhenety Kariri-Xocó, Nek'i Sateré-Mawé and Júlio Kamêr Apinajé

Autores

Palavras-chave:

Protagonismo indígena; Línguas e Culturas indígenas; Educação Indígena

Resumo

Este artigo pretende visibilizar o protagonismo de Cíntia Guajajara, Nhenety Kariri-Xocó, Nek'i Sateré-Mawé e Júlio Kamêr Apinajé no trabalho de fortalecimento de suas línguas e culturas. Trata-se de um relato das estratégias/ações adotadas frente aos desafios que impactam o fortalecimento etnolinguístico. Para sua elaboração tomamos por base as comunicações feitas no fórum Bilinguismo Indígena da Uneb (2022), os textos de autoria dos referidos protagonistas e as informações resultantes da nossa interação informal com eles. Essas trajetórias de trabalho reúnem elementos que nos possibilitam refletir sobre o potencial indígena na produção de conhecimentos sobre seus povos, nas inovações didáticas, ancoradas em suas cosmologias, além de fazer conhecer os problemas que mais impactam o seu modo de vida, o que justifica sua documentação.

Palavras-chave: Protagonismo indígena; Línguas e Culturas indígenas; Educação Indígena.

 

Abstract: This article aims to highlight the leading role of Cíntia Guajajara, Nhenety Kariri-Xocó, Nek'i Sateré-Mawé and Júlio Kamêr Apinajé in the work of strengthening their languages and cultures. This is a report of the strategies/actions adopted in the face of challenges that impact ethnolinguistic strengthening. For its preparation, we based the work in the communications made during the Uneb Indigenous Bilingualism forum (2022), the texts authored by the aforementioned protagonists and the information resulting from our informal interaction with them. These work trajectories bring together elements that allow us to reflect on the indigenous potential in the production of knowledge about their people, in didactic innovations, anchored in their cosmologies, in addition to bringing awereness the problems that most impact their way of life, which justifies their documentation.

Keywords: Indigenous protagonism; Indigenous Languages and Cultures; Indigenous Education.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elizabete Costa Suzart, Universidade do Estado da Bahia-UNEB-CAMPUS II - Alagoinhas-BA

Doutoranda no Programa em Crítica Cultural (DLLARTES) pela Universidade do Estado da Bahia-UNEB-CAMPUS II - Alagoinhas-BA. Mestra em Crítica Cultural pelo mesmo programa e mesma universidade. Dedica-se à pesquisa etnolinguística do povo Kariri-Xocó (AL). Pesquisadora do Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas (LALLI/UnB). E-mail: bsuzart17@gmail.com; Orcid: https://orcid.org/0000-0002-7354-8216. 

 

Denize de Souza Carneiro, Universidade Federal do Oeste do Pará

Doutoranda em Linguística no Programa de Pós-graduação em Letras (PPGL), do Instituto de Letras (IL), da Universidade de Brasília (UnB). Mestra em Linguística pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Professora na Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA). Dedica-se à pesquisa etnolinguística do povo Sateré-Mawé (AM/PA). Pesquisadora do Laboratório de Línguas e Literaturas Indígenas (LALLI/UnB). E-mail: denizesc10@gmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0003-0980-8359.

 

Referências

ASSOCIAÇÃO UNIÃO DAS ALDEIAS APINAJÉ-PEMPXÀ. Educação Indígena: professores, estudantes, pais, lideranças, anciãos, mulheres realizam a oficina 'saberes indígenas na escola' na aldeia São José. 19 nov. 2018. Disponível em: <http://uniaodasaldeiasapinaje.blogspot.com/2018/11/educacao-indigena.html>. Acesso em: 28 ago. 2023.

DOMINGO, José Contreras. Relatos de experiencia, en busca de un saber pedagógico. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto) Biográfica. Salvador, v. 1, n. 1, jan-abr, 2016, p. 14-30.

DUARTE, Fábio Bonfim et. al. (orgs.). Coletânea de Narrativas Guajajara. 1ª ed. Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2018.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários a prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

GUAJAJARA, Cíntia. Cantando para não esquecer: a língua Guajajara e seus Rituais Sagrado. Fórum de debates Bilinguismo indígena no Brasil. Universidade Estadual da Bahia. Evento online, 19 mai. 2022. Vídeo (1h47). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=HHBLsT7Y878>. Acesso em: 15 ago. 2023.

INSTITUTO SOCIOAMBIENTAL (ISA). Povos Indígenas no Brasil: Apinajé. [s.d.]. Disponível em: < https://pib.socioambiental.org/pt/Povo:Apinaj%C3%A9 >. Acesso em: 27 ago. 2023.

INSTITUTO SOCIOAMBIENTAL (ISA). Povos Indígenas no Brasil: Guajajara. [s.d.]. Disponível em: < https://pib.socioambiental.org/pt/Povo:Guajajara >. Acesso em: 26 ago. 2023.

KAMÊR, Júlio Ribeiro. Educação Panhῖ Apinajé. In: Fórum de debates Bilinguismo indígena no Brasil. Universidade Estadual da Bahia. Evento online, 11 jun. 202. Vídeo (1h00). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=RRXWZr27Ax4&t=1630s>. Acesso em: 15 ago. 2023.

KAMER, Júlio Ribeiro. Gernhõxwỳnh Nywjê: fortalecimento da cantoria entre os jovens nos rituais Apinajé. Rio de Janeiro: Pachamama, 2020.

KARIRI-XOCÓ, Nhenety KX. O devir de tradicionalista: “o guardião da língua e da tradição KX. In.: Fórum de debate: Bilinguismo indígena no Brasil. Universidade do Estado da Bahia. Evento online, 17 mai. 2022. Vídeo (1h28). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=ZhlU7BeLYpw> . Acesso em: 15 ago. 2023.

KARIRI-XOCÓ, Indiane et. al. A retomada da língua Kariri-Xocó. In: Cadernos de Linguística, v. 1, n. 3, p. 01. Rio de Janeiro: UFRJ, 2020.

KARIRI-XOCÓ, Nhenety KX. Kariri-Xocó Beté. Blog de Nhenety KX, 2019. Disponível em: . Acesso em: 25 ago. 2023.

PIMENTEL DA SILVA, Maria do Socorro. Letramentos bilíngue em contextos de tradição oral. Goiânia: PROLIND; FUNAPE, 2021.

RIBEIRO APINAJÉ, Júlio Kamêr. EDUCAÇÃO KUPẼ E COSMOLOGIA PANHĨ: DIFÍCIL RELAÇÃO? Revista Articulando e Construindo Saberes. Universidade Federal de Goiás. V. 2, n. 1. Goiânia: CEGRAF, 2017. Disponível em:

<https://www.revistas.ufg.br/racs/article/view/49009>. Acesso em: 28 ago. 2023.

RIBEIRO APINAJÉ, Júlio Kamêr. Mẽ ixpapxà mẽ ixàhpumunh mẽ ixujahkrexà ‘Território, saberes e ancestralidade nos processos de educação escolar Panhῖ’. 2019. 129f. (Dissertação de mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social, Universidade Federal de Goiás, Goiânia, GO, 2019.

SILVA, José de Oliveira dos Santos; FRANCESCHINI, Dulce do Carmo; CARNEIRO, Denize de Souza. Revitalização linguística e cultural Sateré-Mawé. Anais do SILEL, vol. 1. Uberlândia: EDUFU, 2009.

SILVA, José de Oliveira dos Santos (Nek’i). Bilinguismo, função social e propostas/ações de fortalecimento das línguas Munduruku, Nheengatu Sateré-Mawé e Wai Wai. In: Fórum de debates “Bilinguismo indígena no Brasil”. Universidade Estadual da Bahia. Evento online, 06 jun. 2022. Vídeo (2h47). Disponível em: <https://www.youtube.com/watch?v=7mg5HreeCfg>. Acesso em: 20 ago. 2023.

SOARES, Rafael. Padre Henrique Uggé celebra jubileu de ouro sacerdotal. Site Alvorada fm. Jun. 2020. Disponível em: <https://alvoradaparintins.com.br/padre-henrique-ugge-celebra-jubileu-de-ouro-sacerdotal/>. Acesso em: 27 ago. 2023.

SHIVA, Vandana. Monoculturas da Mente: perspectivas da biodiversidade e da biotecnologia. São Paulo: Gaia, 2003.

SUZART, Elizabete Costa. Kariri-Xocó: arquivos e práticas por uma cultura bilíngue. 2020. 200f. (Dissertação de mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Crítica Cultural, Universidade do Estado da Bahia, Alagoinhas, Bahia, 2020.

Downloads

Publicado

29/05/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 32
  • pdf downloads: 16

Como Citar

COSTA SUZART, E.; DE SOUZA CARNEIRO, D. Visibilizando o protagonismo indígena: um esboço do trabalho de Cíntia Guajajara, Nhenety Kariri-Xocó, Nek’i Sateré-Mawé e Júlio Kamêr Apinajé: Making indigenous protagonism visible: an outline of the work of Cíntia Guajajara, Nhenety Kariri-Xocó, Nek’i Sateré-Mawé and Júlio Kamêr Apinajé. Revista Cocar, [S. l.], v. 20, n. 38, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8043. Acesso em: 13 jul. 2024.