A política educacional para o IDEB no RJ/BR (2010-2014): da exclusão à migração para EJA

Educational policy for IDEB in RJ 2010-2014: from exclusion to migration to EJA

Autores

Resumo

O presente trabalho analisou as políticas implementadas pela Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (SEEDUC/RJ) no período compreendido entre 2010 e 2014, sob a gerência do secretário Wilson Risolia, correlacionando-as com os dados que apontam para a ascensão da rede no ranking nacional do IDEB. Com base em pesquisa documental e bibliográfica, buscou-se compreender o impacto da exclusão dos estudantes jovens com distorção idade-série do ensino regular e sua migração para a EJA. Os resultados apontam que a gestão governamental recorreu a estratégias políticas educacionais, institucionalizando a migração compulsória de jovens para a EJA, o que explicita o alinhamento da modalidade às orientações em curso dos organismos internacionais.

Palavras-chave: IDEB; EJA; SEEDUC-RJ.

 

Abstract

This paper analyzed the policies implemented by the Rio de Janeiro State Department of Education (SEEDUC/RJ) in the period between 2010 and 2014, under the management of Secretary Wilson Risolia, correlating them with data that point to the rise of the network in the IDEB national ranking. Based on documentary and bibliographic research, we sought to understand the impact of the exclusion of young students with age-grade distortion from regular education and their migration to EJA. The results show that the government management resorted to educational policy strategies, institutionalizing the compulsory migration of young people to EJA, which explains the modality's alignment with the current guidelines of international organizations.

Keywords: IDEB; EJA; SEEDUC-RJ.

 

Biografia do Autor

Marcos Vinicius Reis Fernandes, UERJ

Mestre em Educação – processos formativos e desigualdades sociais pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), especialista em EJA pelo IFRJ e em Ciências Sociais pelo Colégio Pedro II. Licenciado em Pedagogia pelo Instituto Superior de Educação do Rio de Janeiro. Membro do grupo de pesquisa Políticas Públicas e Educação de Jovens e Adultos Trabalhadores (PPEJAT-CNPQ).

ORCID https://orcid.org/0000-0001-6044-981X. E-mail: viniciusiserj@gmail.com

Marcia Soares de Alvarenga, UERJ/Professora Associada

Professora associada da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), atuando no Programa de Pós-graduação em Educação – processos formativos e desigualdades sociais e no curso de Pedagogia da Faculdade de Formação de Professores. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Líder do grupo de pesquisa Políticas Públicas e Educação de Jovens e Adultos Trabalhadores (PPEJAT-CNPQ).

ORCID https://orcid.org/0000-0002-8686-9844. E-mail: msalvarenga@uol.com.br

Downloads

Publicado

01/12/2021