A Pesquisa-Ação e a criação da Universidade Popular Comunitária (UPC)

Action research and the creation of the Popular Community University (UPC)

Autores

Palavras-chave:

Educação de Jovens e Adultos, Pesquisa-Ação, Universidade Popular Comunitária

Resumo

Este artigo apresenta um relato sobre a Universidade Popular Comunitária (UPC) e sua atuação entre os anos de 2002 e 2010. A UPC foi uma forma diferenciada de ofertar a Educação de Jovens e Adultos (EJA) a pessoas dos bairros periféricos da cidade de Cuiabá-MT. Para colocar em prática esse projeto, a Secretaria de Educação do Município (SME), com a participação dos futuros professores da UPC e de representantes das comunidades, realizou uma ampla pesquisa-ação nos bairros onde seriam instalados os campi, buscando conhecer o perfil da população, seus anseios e necessidades. Essa metodologia permitiu um maior contato e envolvimento entre os gestores, docentes e comunidade, além de ter sido fundamental para o sucesso das atividades desenvolvidas na UPC.

Palavras-chave: Educação de Jovens e Adultos; Pesquisa-Ação; Universidade Popular Comunitária.

 AbstractThis article presents a report on the Popular Community University (UPC) and its activities between 2002 and 2010. The UPC was a different way of offering Youth and Adult Education (EJA) to people in the peripheral neighborhoods of the city of Cuiabá -MT. To put this project into practice, the Municipal Department of Education (SME), with the participation of future UPC teachers and community representatives, carried out extensive action research in the neighborhoods where the campi would be located, seeking to understand the profile of the population, their desires and needs. This methodology allowed greater contact and involvement between managers, teachers, and the community, in addition to being fundamental to the success of the activities developed at UPC.Key words: Youth and Adult Education; Action Research; Popular Community University.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Loedilza Milicia da Silva, UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO

Graduada em Geografia, mestre em educação pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e doutoranda do Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). É professora da educação básica há 15 anos na Educação de Jovens e Adultos. E-mail: loedilza10@gmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-6937-1473

 

Luiz Augusto Passos, Universidade Federal de Mato Grosso

Professor orientador, doutor em Educação e Currículo pela PUC/SP e membro permanente do PPGE/UFMT. Atua em educação e movimentos sociais, fenomenologia merleau-pontyana, educação popular freiriana e antropologia educacional. E-mail: passospassos@gmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7475-0523.

Danilo Romeu Streck, Universidade de Caxias do Sul

Professor doutor em Fundamentos Filosóficos da Educação – Rutgers – The State University of New Jersey (1977). Realizou estágio de pós-doutorado na Universidade da Califórnia, Los Angeles, e no Max-Planck Institute for Human Development, em Berlim. É professor da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e professor jubilado da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). E-mail: streckdr@gmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7410-3174.

Referências

ARROYO, Miguel González. Currículo, território em disputa. 5. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013. 8ª reimpressão, 2019.

BARBIER, R. A pesquisa-ação. Trad. Lucie Didio. Brasília: Liber Livro, 2002.

BRANDÃO, Carlos Rodrigues; STRECK, Danilo Romeu. Pesquisa participante: o saber da partilha. Aparecida: Ideias e Letras, 2006.

BRASIL. [Constituição (1988)]. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília,DF: Presidência da República, [2016]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao/Constituiçao.htm. Acesso em: 1 jan. 2024.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, DF, 1996. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 12 out. 2023.

CUIABÁ. Lei complementar nº 136, de 29 de dezembro de 2005. Revoga as leis complementares 035/97 e 096/03, revoga o Decreto 3.621/99 e cria o novo Programa de Desenvolvimento Econômico do Município de Cuiabá para atração de empreendimentos, concedendo benefício fiscal às empresas dele participantes e dá outras providências. Cuiabá, MT, 2005. Disponível em: https://legislativo.camaracuiaba.mt.gov.br/Arquivo/Documents/legislacao/html/c1362005.html#ementa. Acesso em: 22 dez. 2023.

CUIABÁ. Secretaria Municipal de Educação. Cadernos. Cuiabá Cidade Educadora: concretização histórica de uma prática vivenciada. Cuiabá, MT: Cria Arte & Desing Gráfico, 2001.

CUIABÁ. Secretaria Municipal de Educação; Universidade Popular Comunitária de Cuiabá. Plano de Desenvolvimento Institucional da Universidade Popular Comunitária de Cuiabá. Cuiabá, [200-].

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido.17. ed. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam. São Paulo, SP: Autores Associados: Cortez, 1989. (Coleção polêmica dos nossos tempos 4).

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Autonomia: Saberes necessário à prática educativa. São Paulo, SP: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da indignação: Cartas Pedagógicas e outros escritos. São Paulo, SP: Editora UNESP, 2000.

GENTILI, A.A.P. (org.). Pedagogia da exclusão: crítica ao neoliberalismo em educação. 9 ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

LEWIN, Kurt. Problema de Dinâmica de Grupo: Editora Cultrix, São Paulo: 1970.

MALDONADO, Carlos Alberto. UNEMAT: uma universidade para o 3º milênio. Cáceres, MT: Editora Aguapé, 1995. (Coleção Inquieta Ação).

MATTOS, Antônio Marcos Passos de. Universidade Popular Comunitária: É possível uma outra educação? 2007, 181 f. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT, 2007.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Signos. Tradução de Maria Ermantina Galvão Gomes Pereira. 1. ed. São Paulo, SP: Martins Fontes, 1991.

MERLEAU-PONTY, Maurice. Fenomenologia da Percepção. Tradução: Carlos Alberto Ribeiro de Moura. 3. ed. São Paulo, SP: Martins Fontes, 2006.

SANTOS, Boaventura de Souza; MENESES, Maria de Paula (org.). Epistemologia do Sul. São Paulo, SP: Cortez, 2010.

SILVA, Loedilza Milicia da. Universidade Popular Comunitária: A importância da comunidade na Educação de Jovens e Adultos. 2020, 194 f. Dissertação de mestrado. Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá, MT, 2020.

STRECK. Danilo R. Educação para um novo contrato social. Petrópolis, RJ.: Vozes, 2003.

THIOLLENT, M. Metodologia da pesquisa-ação. São Paulo: Cortez, 2009.

Downloads

Publicado

07/07/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 11
  • pdf downloads: 8

Como Citar

DA SILVA, L. M.; PASSOS, L. A.; STRECK, D. R. A Pesquisa-Ação e a criação da Universidade Popular Comunitária (UPC): Action research and the creation of the Popular Community University (UPC). Revista Cocar, [S. l.], v. 20, n. 38, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/8111. Acesso em: 12 jul. 2024.