Percepções sobre o Pantanal: subsídios para a construção de uma epistemologia socioambiental

Perceptions about Pantanal: support for the construction of a socio-environmental epistemology

Autores

Palavras-chave:

Percepção ambiental, Educação Ambiental crítica, Conhecimento tradicional

Resumo

Este artigo parte da concepção de um conhecimento plural, complexo, que relacione diferentes abordagens à questão socioambiental para contribuições à sua resolução. Neste sentido, nos aproximamos da perspectiva da Educação Ambiental crítica, com o intuito de contribuir na formação de uma epistemologia socioambiental. Analisamos, em uma perspectiva bakhtiniana, as palavras de duas mulheres, de diferentes origens e contextos, sobre o Pantanal e sua atuação em um projeto de auxílio à fauna pantaneira denominado Projeto Amigos do Pantanal. Notabilizamos a valorização do conhecimento de pescadores locais vislumbrada nas falas das voluntárias e que a influência destes saberes para o seu próprio aprendizado é muito valiosa dentro da perspectiva de formação de uma epistemologia socioambiental.

Palavras-chave: Percepção ambiental; Educação Ambiental crítica; Conhecimento tradicional.

 

Abstract

This article comes from the conception of a plural, complex knowledge that relates different approaches to the socio-environmental issue for contributions to its resolution. In this sense, we approach the perspective of critical Environmental Education, to contribute to the formation of a socio-environmental epistemology. We analyzed, from a Bakhtinian perspective, the speech of two women, from different origins and contexts, about the Pantanal and their performance in a project to help the Pantanal fauna, called Projeto Amigos do Pantanal. We note the appreciation of the knowledge of local fishermen glimpsed in the volunteers' speeches and that the influence of this knowledge for their learning is very valuable within the perspective of forming a socio-environmental epistemology.

Keywords: Environmental perception; Critical Environmental Education; Traditional knowledge.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriela Rodrigues Longo, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Mestre em Educação pelo Instituto de Biociências (UNESP), na linha de pesquisa de Educação Ambiental. Graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). E-mail: gabriela.longo28@hotmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4544-437X.

Larissa Gabriela Araujo Goebel, Universidade do Estado de Mato Grosso

Mestre e Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT). Especialista em Gestão e Docência no Ensino Superior, Bióloga pela Faculdade de Ciências Biomédicas de Cacoal (FACIMED), e Técnica em Meio Ambiente. E-mail: larissagabriela_goebel@hotmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-1320-2184.

Airton José Vinholi Júnior, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Doutor em Educação, Mestre em Ensino de Ciências e Licenciado e Bacharel em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Participa do Grupo de Pesquisa em Ensino, Cultura, Espiritualidade e Saúde (Fiocruz/IOC). E-mail: airton.junior@ufms.br. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-0024-0528.

 

Referências

ALMEIDA, H. A.; BORGES, A. K. M.; OLIVEIRA, A. P. S.; RAMOS, M. B.; MARQUES, R. S. Etnoecologia em sala de aula: os entraves para integrar conhecimentos tradicionais ao conhecimento científico. In: ANAIS I CONIDIS, I Congresso Internacional da diversidade do Semiárido, Campina Grande, 2016.

BAKHTIN, M. (VOLOCHINOV, V. N.). Marxismo e Filosofia da Linguagem. Problemas Fundamentais do Método Sociológico na Ciência da Linguagem. Trad. Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. São Paulo: Hucitec, 2009.

BOGDAN, R. C., BIKLEN, S. K. Investigação Qualitativa em Educação. Portugal: Porto Editora, 1994.

FLORIANI, D. Complexidade e Epistemologia Ambiental em processos socioculturais globais e locais. R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, v. 7, n. 2, p. 45-64, 2010.

FLORIANI, D. Por uma Epistemologia da diversidade. In: Impactos Socioambientais - o desafio da Construção de Hidrelétricas. 1a. ed. Canone Editorial: Goiânia, 2009.

FREITAS, M. T. A. A perspectiva sócio-histórica: uma visão humana da construção do conhecimento. In: Maria Teresa de a. Freitas; Solange Jobim e Souza; Sônia Kramer. (Org.). Ciências Humanas e Pesquisa: Leituras de Mikhail Bakhtin. 1 ed. São Paulo: Cortez Editora, v. 107. p. 26-38, 2003.

GUIMARÃES, M. Educação ambiental crítica. In: LAYRARGUES, P. P. (Org.). Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Brasília, MMA. Diretoria de Educação Ambiental, 2004.

HERCULANO, S. O clamor por justiça ambiental e contra o racismo ambiental.

InterfacEHS (Ed. português), v. 3, p. 1-20, 2008.

INPE. Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais. Ministério da ciência, tecnologia e inovações. Monitoramento de focos ativos nos estados. Disponível em: Disponível em: http://queimadas.dgi.inpe.br/queimadas/portal-static/estatisticas_estados/ Acesso em 14 ago. 2023.

LAYRARGUES, P. P. Manifesto por uma Educação Ambiental Indisciplinada. Ensino, Saúde e Ambiente, n. especial, p. 44-88, 2020.

LEAL, F. G.; VERAS NETO, F. Q.; NABOZNY, G. C. Ecologia política e conflitos ambientais: as dimensões da luta por justiça ambiental. Germinal: Marxismo e Educação em Debate, v. 13, n. 2, p.535-549, 2021.

LEBRUN, G. A filosofia e sua história. São Paulo: Cosac Naify. 1ª ed. 2006.

LEFF, E. Complexidade, Racionalidade Ambiental e Diálogo de Saberes. Educação & Realidade, v. 34, n. 3, p. 17-24, 2009.

LEFF, E. Racionalidade ambiental: a reapropriação social da natureza. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

LIMA, G. F. C. Educação, Emancipação e Sustentabilidade: em defesa de uma pedagogia libertadora para a educação ambiental. In: LAYRARGUES, P. P. (Org). Identidades da Educação Ambiental Brasileira. Brasília, MMA. Diretoria de Educação Ambiental, 2004.

LIMA, G. F. C.; TORRES, M. B. R.; REBOUÇAS, J. P. P. A Educação Ambiental crítica brasileira frente às crises contemporâneas: desafios e potencialidades. Revista Brasileira de Educação Ambiental, v. 17, n. 5, p. 117-131, 2022.

LONGO, G. R.; VINHOLI JÚNIOR, A. J. Etnoconhecimento e Educação Ambiental: um mapeamento de artigos em periódicos nacionais. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, v. 39, n. 1, p. 27-48, 2022.

LOUREIRO, C. F. B. Contribuições teórico-metodológicas para a educação ambiental com povos tradicionais. Ensino, Saúde e Ambiente – Número Especial, pp. 133-146, Jun. 2020.

MORIN, E. Os desafios da complexidade. In: A Religação dos Saberes. O desafio do século XXI (org. Edgar Morin), Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 5ª ed, p. 559-67, 2005.

Downloads

Publicado

11/03/2024
Métricas
  • Visualizações do Artigo 96
  • pdf downloads: 89

Como Citar

RODRIGUES LONGO, G.; ARAUJO GOEBEL, L. G.; VINHOLI JÚNIOR, A. J. Percepções sobre o Pantanal: subsídios para a construção de uma epistemologia socioambiental: Perceptions about Pantanal: support for the construction of a socio-environmental epistemology. Revista Cocar, [S. l.], n. 23, 2024. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/7950. Acesso em: 19 jul. 2024.