Ensino Remoto Emergencial em Ciências e Biologia: percepção de docentes da Região do Alto Oeste Potiguar, Brasil

Enseñanza Remota de Emergencia en Ciencias y Biología: percepción de profesores de la Región Alto Oeste de Potiguar, Brasil

Autores

Resumo

O estudo teve como objetivo investigar as percepções docentes sobre o Ensino Remoto Emergencial (ERE) de Ciências e Biologia durante o período de pandemia na região do Alto Oeste Potiguar, para compreensão das necessidades formativas e a identificação das estratégias metodológicas e avaliativas empregadas durante o isolamento social determinado pela pandemia de Covid-19. A pesquisa foi realizada com 43 docentes através da aplicação de um questionário utilizando o Google Forms. O estudo demonstrou a importância da identificação das percepções e apontou a necessidade de trabalhos contínuos junto aos docentes que atuaram durante o ERE, para um aprofundamento de aplicações de intervenções educativas, seja no processo de formação inicial ou continuada dos docentes e em estratégicas específicas junto aos alunos, para resgatar conhecimentos científicos importantes para a formação do sujeito crítico-reflexivo, preparados para exercer a cidadania, como fatores determinantes para responderem a problemáticas em seu cotidiano.

Palavras-chave: Percepção docente; Ensino Remoto; Ciências; Biologia.

 

Resumen

El estudio tuvo como objetivo investigar las percepciones de profesores sobre la Enseñanza Remota de Emergencia (ERE) de Ciencias y Biología durante el período de pandemia en la región Alto Oeste Potiguar, con el fin de comprender las necesidades de formación e identificar las estrategias metodológicas y evaluativas empleadas durante el aislamiento determinado por la pandemia del Covid-19. La investigación se realizó con 43 profesores a través de la aplicación de un cuestionario utilizando Google Forms. El estudio demostró la importancia de identificar percepciones y señaló la necesidad de un trabajo continuo con los profesores que trabajaron durante la ERE, para una aplicación más profunda de las intervenciones educativas, ya sea en el proceso de formación inicial o continua de los profesores y en estrategias específicas con los estudiantes, rescatar conocimientos científicos importantes para la formación del sujeto crítico-reflexivo, preparado para ejercer la ciudadanía, como factores determinantes para dar respuesta a los problemas de su cotidiano.

Palabras clave: Percepción del profesor; Enseñanza Remota; Ciencias; Biología.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniele Bezerra dos Santos, Instituto Federal do Rio Grande do Norte

Doutora em Psicobiologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Mestre em Bioecologia Aquática pela UFRN. Atualmente, é professora do Curso de Pós-Graduação Especialização em Ensino de Ciências Naturais e Matemática do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e atua como Coordenadora da Pesquisa e Inovação do Campus Pau dos Ferros (COPEIN-PF/IFRN). Orcid: https://orcid.org/0000-0001-7896-6946.  Email: daniele.bezerra@ifrn.edu.br.

Clécio Danilo Dias da Silva, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Doutor em Sistemática e Evolução pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Mestre em Ensino de Ciências Naturais e Matemática pela UFRN. Especialista em Ensino de Ciências Naturais e Matemática pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). Especialista em Educação Ambiental e Geografia do Semiárido pelo IFRN. Atualmente é docente dos componentes curriculares Ciências e Biologia pela Secretaria de Estado da Educação, da Cultura, do Esporte e do Lazer (SEEC-RN). Orcid: https://orcid.org/0000-0002-7776-8830. Email: danilodiass18@gmail.com.

 

 

Downloads

Publicado

29/04/2023
Métricas
  • Visualizações do Artigo 136
  • pdf downloads: 74

Como Citar

SANTOS, D. B. dos; SILVA, C. D. D. da. Ensino Remoto Emergencial em Ciências e Biologia: percepção de docentes da Região do Alto Oeste Potiguar, Brasil: Enseñanza Remota de Emergencia en Ciencias y Biología: percepción de profesores de la Región Alto Oeste de Potiguar, Brasil. Revista Cocar, [S. l.], v. 18, n. 36, 2023. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/6524. Acesso em: 17 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos