Vozerio: memórias, escrevivências e alianças políticas na educação

Voices: memories, escrevivências and political aliances in education

Autores

Resumo

Ensaiamos no presente escrito, alguns lampejos de caminhos para pensarmos em políticas de alianças na educação. Estabelecemos um diálogo com as vozes dos pensamentos queer e transfemistas, para pensarmos sobre os corpos dissidentes de gênero na educação e sobre as possíveis estratégias de insurgências. O revisitar de nossas memórias e histórias pessoais e, portanto, políticas, fazem emergir três pequenas escrevivências, que são apresentadas e tomadas como estratégias teórico-metodológicas para questionarmos as hegemonias do sistema da diferença sexual, bem como seus efeitos sobre as vidas e subjetividades dos corpos viventes. Reivindicamos o direito de aparecer como estratégia para repensarmos nossas existências ontológicas, políticas e epistêmicas. Nesse percurso, refletimos sobre o direito de amar, de estar vivo, de sermos plurais.

Palavras-chave: Políticas de alianças na educação; Escrevivências; Dissidências sexuais e de gênero

 

Abstract

In this writing, we have tried some glimpses of ways to think about alliance policies in education. We established a dialogue with the voices of queer and transfemist thoughts, to think about the dissident bodies of gender in education and about possible insurgency strategies. Revisiting our personal and, therefore, political memories and histories, three small writings emerge, which are presented and taken as theoretical-methodological strategies to question the hegemonies of the sexual difference system, as well as its effects on the lives and subjectivities of the living bodies. We claim the right to appear as a strategy for rethinking our ontological, political and epistemic existences. Along this path, we reflect on the right to love, to be at university, to be alive, to be plural.

Key-words: Education alliance policies; Escrevivências; Sexual and gender dissidences

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Késia dos Anjos Rocha, Universidade Federal de Sergipe

Feminista, anticolonial, atualmente está Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Bolsista CAPES. Vive, aprende e (des)aprende  no campo dos estudos de gênero, sexualidades e raça em diálogo com os pensamentos feministas, queer e contracoloniais. 

E-mail: kesiaanjos@gmail.com Orcid: https://orcid.org/0000-0002-1707-6007

Ariel Matos Brito, Universidade Federal de Sergipe

Graduanda em Serviço Social na Universidade Federal de Sergipe (UFS), trabalhou no projeto de pesquisa sobre Violação de direitos das minorias sociais: ataque, resistência e perspectivas para a inclusão social na universidade pública, e atualmente no projeto de pesquisa sobre Saberes e epistemologias trans* no ensino superior. Tem pensado em estudar e trabalhar mais com as temáticas de gênero, vivências trans*, sexualidades, artes e direitos humanos.

E-mail: arielmatos236@gmail.com  Orcid: https://orcid.org/0000-0002-4633-1759

Alfrancio Ferreira Dias, Universidade Federal de Sergipe

Doutor em Sociologia (UFS). Pós-doutor pela University of Warwick, Inglaterra. Professor do Departamento de Educação e do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal de Sergipe. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq.

Email: diasalfrancio@gmail.com  Orcid: http://orcid.org/0000-0002-5562-0085

Downloads

Publicado

15/04/2022
Métricas
  • Visualizações do Artigo 223
  • pdf downloads: 133

Como Citar

DOS ANJOS ROCHA, K.; MATOS BRITO, A.; FERREIRA DIAS, A. . Vozerio: memórias, escrevivências e alianças políticas na educação: Voices: memories, escrevivências and political aliances in education. Revista Cocar, [S. l.], v. 16, n. 34, 2022. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/5207. Acesso em: 3 mar. 2024.

Edição

Seção

Artigos