Professor(a) Formador(a) da Licenciatura: identidade e desafios no seu ofício com a Educação Ambiental

Teachers who form to Graduation: identity and challenges in his work on Environmental Education.

Autores

Resumo

Este artigo discute a identidade do(a) professor(a) formador(a) na Educação Superior e os desafios enfrentados para formar para a docência. Além disso, busca suscitar uma reflexão em torno dos preceitos relativos à Educação Ambiental que orientam o seu ofício. Para tanto, foi realizada uma pesquisa de cunho qualitativo e de caráter bibliográfico e documental. Com base nos estudos realizados, pode-se afirmar que esses(as) profissionais vivenciam uma crise identitária e, em se tratando dos(as) professores(as) formadores(as) das licenciaturas, esse conflito, para alguns(algumas), tem início a partir do seu ingresso na formação inicial. Diante disso, há um chamamento a esses(as) professores(as) para se reconectarem com a docência e, assim, terem mais condições de “desnaturalizar” os modos de ver que tinham como óbvios, inclusive em relação ao currículo voltado à EA para pensá-lo como um território em disputa que envolve uma questão de conhecimento, mas também de identidade.

Palavras-chave: Formação de professor; Educação Superior; Currículo.

 

Abstract

This paper discusses the identity of the professor who forms professionals in High Education as well the challenges they faced in training for teaching. Moreover, it seeks to raise a reflection on the precepts related to Environmental Education that guide their expertise. For this purpose, we carried out a qualitative investigation, with a bibliographic and documentary nature. Based on the studies, we can say that these professionals experience an identity crisis and, in the case of teacher trainers for licentiate degrees, this conflict, for some of them, begins with their entry into initial training. In view of this, there is a call to these teachers to reconnect with teaching and, thus, be better able to “denaturalize” the ways of seeing that they had as obvious, including those related to Environmental Education, in order to consider it as a disputed territory that involves not only a question of knowledge, but also of identity

Keywords: Techer Training; High Education; Curriculum.

 

 

Biografia do Autor

Adélia Gonçalves Soares, Universidade de Uberaba

  Universidade Federal de Uberlândia. Doutoranda do Programa de PG em Educação da Uniube, Técnica Administrativa da UFU, Apoio: Programa QualiUFU.  Lattes: http://lattes.cnpq.br/6560761152198531  Orcid: https://orcid.org/0000-0002-9844-1503.

E-mail: adeliasoares03@gmail.com

Tiago Zanquêta de Souza, Universidade de Uberaba

 

Universidade de Uberaba. Doutor em Educação pela UFSCar. Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade de Uberaba e do Programa de Mestrado Profissional em Educação: formação docente para a Educação Básica. Líder do Grupo de Estudos Educação na Diversidade para a Cidadania – GEEDiCi. Segundo líder do Grupo de Estudos Formação Docente, Direito de Aprender e Práticas Pedagógicas – FORDAPP/CNPq. Lattes: http://lattes.cnpq.br/2263664575012618 Orcid: https://orcid.org/0000-0002-2690-4177. E-mail: tiago.zanqueta@uniube.br

Downloads

Publicado

02/03/2022

Edição

Seção

Artigos