Políticas censitárias em universidades públicas da América Latina: a não palavra como lugar de escuta e compreensão de estudantes na situação da deficiência

Census data-driven policies in Latin American public Universities: the non word as a place for listening and understanding of disabled students

Autores

Resumo

O desenvolvimento de políticas públicas institucionais inclusivas no Ensino Superior deve estar conectado com a identificação das demandas específicas de todos os estudantes, dentre os quais se inscrevem os que se reconhecem na situação da deficiência. Trata-se de um relato de pesquisa que objetivou levantar e analisar os modos de compreensão da deficiência abarcados nos instrumentos censitários dos estudantes declarados nesta situação, em três universidades públicas de países da América Latina – Brasil, Argentina e Uruguai. Analisou-se aspectos da composição desses instrumentos a partir de marcadores psicossociais e culturais que caracterizam as deficiências. Apesar dos instrumentos indicarem a compreensão do modelo social da deficiência, poucos foram os que defenderam a pluralidade humana enquanto constitutiva da singularidade de viver a deficiência para além “das marcas” identitárias da tipificação.

Palavras-chave: Deficiência; Ensino Superior; Políticas Públicas.

 

Abstract 

The development of institutional inclusive public policies in Higher Education must be connected with the identification of the specific demands of all students, among them those who recognize themselves as disabled students. This is a research report that aimed to raise and analyze the concepts of “disability” in each census-driven instrument of the students who declared themselves as disabled in three public Universities in Latin American countries – Brazil, Argentina, and Uruguay. Aspects of the composition of these instruments were analyzed based on psychosocial and cultural markers that characterize those disabilities. Even though the instruments indicated the comprehension of the social model of disability, few of them defended human plurality as being an integral part of the singularity of living the disability beyond the typification identity “marks.”

Keywords: Disability; Higher Education; Public Policies.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sandra Eli Sartoreto de Oliveira Martins

Pedagoga e Doutora em Educação. Professora assistente doutora do Departamento de Educação e Desenvolvimento Humano e do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista, Campus de Marília. É coordenadora do Comitê Acadêmico de Discapacidad y Accesibilidad, vinculado à Associação do Grupo de Universidades de Montevideo – CAyAD/AUGM. É membro da Red Interuniversitaria Latinoamericana y del Caribe sobre Discapacidad y Directos Humanos – UNPL/Argentina. Email: sandra.eli@unesp.br ORCID: http://orcid.org/0000-0002-4247-1447

Ana Paula Camilo Ciantelli, UNESP-Bauru

Psicóloga, doutora e mestra em Psicologia do Desenvolvimento e Aprendizagem pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP, Campus de Bauru/São Paulo. Realizou o Programa Doutorado Sanduíche no Exterior na Universidade do Algarve em Faro, Portugal. É membro pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa em Deficiência e Inclusão (GEPDI/CNPq/UNESP-Bauru). E-mail: aninhaciantelli@gmail.com. ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3605-6009.

 

Lauren Cristine Aguiar Nunes

Psicóloga, pela Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - UNESP, Campus de Bauru/São Paulo. É membro do Grupo de Estudos e Pesquisa em Deficiência e Inclusão (GEPDI/CNPq/UNESP-Bauru). E-mail: laurencanunes@gmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0001-7596-1680

 

Downloads

Publicado

29/06/2022
Métricas
  • Visualizações do Artigo 230
  • pdf downloads: 248

Como Citar

ELI SARTORETO DE OLIVEIRA MARTINS, S. .; CAMILO CIANTELLI, A. P.; CRISTINE AGUIAR NUNES, L. Políticas censitárias em universidades públicas da América Latina: a não palavra como lugar de escuta e compreensão de estudantes na situação da deficiência: Census data-driven policies in Latin American public Universities: the non word as a place for listening and understanding of disabled students. Revista Cocar, [S. l.], n. 13, 2022. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/4780. Acesso em: 23 abr. 2024.