Política educacional e a educação moral e cívica nos livros didáticos: democracia, patriotismo, padronização e controle

Política educacional y la educación moral y cívica en los libros didácticos: democracia, patriotismo, estandarización y el control

Autores

Resumo

O presente artigo tem como objetivo analisar os valores sociais e ideológicos transmitidos na formação dos estudantes brasileiros, a partir da institucionalização da disciplina de Educação Moral e Cívica como elemento curricular da política educacional do período da Ditadura Civil-Militar. Empreende-se uma análise crítica-contextualizada a partir do livro didático Educação moral e cívica na escola média (1971), que fora utilizado logo após a implementação da disciplina na grade curricular. Constata-se que a disciplina em questão disseminava valores sociais e ideológicos vinculados aos interesses dos grupos hegemônicos da sociedade antidemocrática, a fim de moralizar os educandos por meio de uma pseudo ideia de democracia e patriotismo no intuito de obter a padronização e o controle. 

Palavras-chave: Política Educacional; Ditadura Civil-Militar; Educação Moral e Cívica.

 

Resumen

El presente artículo tiene como finalidad analizar los valores sociales y ideológicos transmitidos en la formación de los estudiantes brasileños com la institucionalización de la Educación Moral y Cívica, como elemento curricular establecido en la política educacional del periodo de la Dictadura civil-militar. Se emprende una análisis crítica contextualizada a partir de un libro didáctico seleccionado, que se utilizo poco después de la implementación de la disciplina em el currículo. Se constata que el contenido en cuestión disipaba valores sociales y ideológicos vinculados a los interés     de los grupos hegemónicos de la sociedad antidemocrática a fin de moralizar los alumnos a partir de una pseudo idea de democracia y patriotismo con el objeto de la estandarización y control.

Palabras-clave: Política Educativa, Dictadura Civil-Militar, Currículo, Educación Moral y Cívica.

 

Biografia do Autor

Maria Carolina Miesse, Universidade Estadual de Maringá

Mestranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação da Universidade Estadual de Maringá. Bolsista da Capes. E-mail:mariamiesse@hotmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-9694-7009.

Jani Alves da Silva Moreira , Universidade Estadual de Maringá

Pós-doutora na Universidade Federal do Paraná (UFPR), com estágio pós-doutoral no Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Educação da Universidade de Salamanca (USAL), na Espanha. Doutorado e mestrado em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (UEM), com estágio de doutoramento-sanduíche apoiado pela Capes/PSDE, no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa (Lisboa). Docente Associado do Departamento de Teoria e Prática da Educação (DTP/UEM) e do Programa de Pós-graduação em Educação (PPE/UEM). Líder do Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas Educacionais, Gestão e Financiamento da Educação (GEPEFI/CNPq). E-mail: professorajani@hotmail.com. Orcid: https://orcid.org/0000-0002-3008-0887.

Downloads

Publicado

01/12/2021