Relações migratórias e interculturais no cenário educacional em uma rede pública municipal no Vale do Itajaí, SC

Relaciones migratorias e interculturales en el escenario educativo en una red pública municipal em el Valle do Itajaí, SC

Autores

  • Priscila Caroline Dalpiaz Universidade Regional de Blumenau - FURB
  • Simone Riske Koch Universidade Regional de Blumenau
  • Maria Cecília Gracez Leme Universidad Nacional da Costa Rica

Resumo

Este artigo é resultado de uma pesquisa realizada para Conclusão do Curso de Pedagogia, cujo objetivo foi averiguar como os anos iniciais do Ensino Fundamental contribuem nos processos de acolhimento e inserção de crianças imigrantes. O tema surgiu por meio de inquietações sobre a escolarização precoce e homogeneizadora que tende a padronizar os estudantes. A pesquisa bibliográfica para o suporte teórico pautou-se em autores e autoras como Candau (2008), Méndez (2009), Leme (2014) e Silva (2017). A interculturalidade ilumina a análise e reflexão dos dados encontrados. Espera-se que os conhecimentos apresentados contribuam efetivamente para o desenvolvimento de experiências e práticas interculturais no campo da educação.

Palavras-chave: Educação básica; Imigração; Interculturalidade.

 

Resumen

Este artículo es resultado de una investigación realizada para concluir el Curso de Pedagogía, cuyo objetivo fue conocer cómo los primeros años de la escuela primaria contribuyen a los procesos de acogida e inserción de niños y niñas inmigrantes. El tema surgió por la preocupación por una escolarización precoz y homogeneizadora que lleva a estandarizar a los estudiantes. La investigación bibliográfica de apoyo teórico se basó en autores como Candau (2008), Méndez (2009), Leme (2014) y Silva (2017). La interculturalidad ilumina el análisis y la reflexión de los datos encontrados. Se espera que los conocimientos presentados contribuyan de manera efectiva al desarrollo de experiencias y prácticas interculturales en el campo de la educación.

Palabras clave: Educación Básica; Inmigración; Interculturalidad.

 

Biografia do Autor

Priscila Caroline Dalpiaz, Universidade Regional de Blumenau - FURB

Mestranda em Educação pelo programa de Pós-Graduação da Universidade Regional de Blumenau/FURB, na Linha de Pesquisa Formação de Professores, políticas e práticas educativas. Integrante do grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Superior- GEPES. Graduada em Pedagogia pela mesma universidade (2017). Possui especialização em Ludopedagogia e Arte na Educação Infantil e Anos Iniciais: Perspectivas Pedagógicas, pela Faculdade Guilherme Guimbala (2019).

E-mail: pcdalpiaz@gmail.com           Orcid: https://orcid.org/0000-0003-4574-7805

 

Simone Riske Koch, Universidade Regional de Blumenau

Possui graduação em Ciências da Religião - Licenciatura em Ensino Religioso (2000) e Pedagogia (2002), especialização em Fundamentos e Metodologia do Ensino Religioso, Mestrado em Educação pela Fundação Universidade Regional de Blumenau - FURB (2006), doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da FURB. Professora na FURB e pesquisadora no Grupo de Pesquisa Ethos, Alteridade e Desenvolvimento (GPEAD/FURB).

E-mail: srkoch06@gmail.com            Orcid: https://orcid.org/0000-0002-3704-267

Maria Cecília Gracez Leme, Universidad Nacional da Costa Rica

Possui graduação em Pedagogia pela Pontifícia Universidade de São Paulo (1997), mestrado em Educação pela Universidade de São Paulo (2004), mestrado em Teologia pela Universidad Nacional de Costa Rica (2011) e doutorado em Desenvolvimento Regional pela Universidade Regional de Blumenau (2019). É professora na Escuela Ecuménica de Ciencias de la Religión da Universidad Nacional, Costa Rica. É integrante do grupo de pesquisa Ethos, Alteridade e Desenvolvimento da Fundação Universidade Regional de Blumenau.

E-mail: cecilia.leme.garcez@gmail.com      Orcid: https://orcid.org/0000-0001-5709-4093

Downloads

Publicado

01/12/2021