“Respeita as mina”: Ensino de Sociologia pelo instagram como recurso pedagógico à desnaturalização da violência simbólica sofrida por mulheres

"Respect the mines": Teaching Sociology through Instagram as a pedagogical resource for the denaturalization of symbolic violence suffered by women

Autores

Resumo

A violência simbólica direcionada às mulheres por meio das mídias e redes sociais digitais é uma realidade cada vez mais presente, na medida em que se vê uma naturalização e uma banalização das diversas formas de violência. Diante deste contexto, esta pesquisa teve como objetivo compreender como o ensino de Sociologia, pode contribuir para o processo de desnaturalização da violência simbólica sofrida por mulheres nas mídias e redes sociais digitais, utilizando-se do Instagram e aliado aos pressupostos da Pedagogia Histórico-Crítica (PHC). Para isso, foi realizada uma pesquisa qualitativa de tipo Intervenção Pedagógica com alunos da 3ª série do ensino médio de uma escola pública estadual de Campos dos Goytacazes - RJ. Os resultados apontaram que os alunos puderam desnaturalizar a violência simbólica e os papéis de gênero inculcados socialmente, a partir de uma sequência didática baseada na PHC.

Palavras-chave: Ensino de Sociologia; Violência simbólica; Instagram.

 

Abstract

Symbolic violence directed at women through digital media and social networks is an increasingly present reality, as the various forms of violence become naturalized and trivialized. Given this context, this research aimed to understand how the teaching of Sociology can contribute to the process of denaturalization of symbolic violence suffered by women in digital media and social networks, using Instagram and allied to the assumptions of Historical-Critical Pedagogy (APS). For research development, was carried out qualitative pedagogical-intervention research with students from the 3rd grade of high school in a state public school in Campos dos Goytacazes - RJ. The results showed that students could denaturalize symbolic violence and socially inculcated gender roles based on a didactic sequence based on the PHC.

Keywords: Sociology Teaching; Symbolic violence; Instagram.

 

 

Biografia do Autor

Solange Naegele Silva Braga, Instituto Federal Fluminense

Mestra em Ensino e suas Tecnologias pelo Instituto Federal de Produção, Ciência e Tecnologia Fluminense – Rio de Janeiro. Graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal Fluminense (2013). Atualmente é professora da educação básica pública e privada da cidade de Campos dos Goytacazes.

E-mail: solangenaegele@hotmail.com  Orcid: https://orcid.org/0000-0003-2493-0045

André Fernando Uébe Mansur, Instituto Federal de Produção, Ciência e Tecnologia Fluminense - IFF

 

Doutor em Informática na Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Mestre em Comunicação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Mestre em Engenharia de Produção pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF). Graduação em Administração pela Universidade Candido Mendes (UCAM). Professor do Instituto Federal Fluminense (IFF). Professor e Coordenador do Mestrado em Ensino e suas Tecnologias (MPET). Professor do Mestrado Profissional em Educação Tecnológica (ProfETP). Professor do Mestrado em Sistemas Aplicados à Engenharia e Gestão (SAEG).

E-mail: andreuebe@gmail.com  Orcid: https://orcid.org/0000-0003-1909-7300

Thiago Soares de Oliveira, Instituto Federal de Produção, Ciência e Tecnologia Fluminense - IFF

Pós-Doutorando em Letras pela Universidade da Beira Interior. Professor da Licenciatura em Letras (Português e Literaturas) do Instituto Federal Fluminense, da Especialização em Literatura, Memória Cultural e Sociedade e do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional.

E-mail: so.thiago@hotmail.com   Orcid: https://orcid.org/0000-0002-3078-0058

Downloads

Publicado

01/12/2021