Discursos de gênero em relação ao processo de fecundação humana em site educativo

Autores

  • Fernanda Mendes Ferreira fernandamf947@gmail.com
    Universidade Estadual de Ponta Grossa https://orcid.org/0000-0002-1144-8930
  • Bettina Heerdt bettina_heerdt@yahoo.com.br
    Universidade Estadual de Ponta Grossa

Resumo

O objetivo desta pesquisa é o de reconhecer e descrever os discursos presentes em materiais didáticos disponíveis no site “dia a dia educação” em relação aos conteúdos de fecundação humana e discutir de que forma esses discursos, como versões de verdade, interferem no Ensino de Ciências e Biologia. A partir dos ditos do nosso objeto de pesquisa buscamos olhar o material de análise por meio das seguintes questões: como se apresentam os discursos autorizados e os discursos excluídos em relação aos conteúdos de fecundação humana em materiais didáticos? Podemos pensar em discursos alternativas? Os discursos autorizados, aceitos e que circulam como verdadeiros são os de espermatozoides ativos e corajosos e o ovócito passivo. Os discursos com pouca recorrência foram os de imagens dualistas, atividade do ovócito a partir dos seus componentes e da fecundação como reflexo do namoro ou violação. Os discursos excluídos foram o da contribuição do sistema reprodutor feminino na fecundação e da visibilidade equitativa dos gametas. Os conhecimentos produzidos em relação a fecundação humana devem ser questionados em relação aos seus efeitos de verdade e de poder no ensino.

Abstract

The purpose of this research is to recognize and describe the discourses present in didactic materials available on educational website in relation to the contents of human fecundation and to discuss how these discourses, as versions of truth, interfere in Teaching Science and Biology. Based on the sayings of our research object, we try to look at the material of analysis through the following questions: how are authorized discourses and excluded discourses presented in relation to the contents of human fecundation in didactic materials? Can we think about alternatives discourses? The authorized, accepted and circulating discourses are those of active and courageous sperm and the passive oocyte. The discourses with few recurrences were those of dualistic image, oocyte activity from its components and fecundation as a reflection of dating or rape. The discourses excluded were the contribution of the female reproductive system in a fecundation and the equitable visibility of gametes. The knowledge produced in relation to human fertilization should be questioned in relation to its effects on truth and power in teaching.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Mendes Ferreira, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Especialista em Educação do Campo pela Faculdade São Luís – Jaboticabal. Graduada em Ciências Biológicas Licenciatura (UEPG), Graduada em Pedagogia Segunda Licenciatura (UNINTER). Cursando Mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual de Ponta Grossa – UEPG – Ponta Grossa/Pr. E-mail: fernandamf947@gmail.com – orcid: https://orcid.org/0000-0002-1144-8930

Bettina Heerdt, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutora em Ensino de Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Docente na Universidade Estadual de Ponta Grossa, – UEPG – no departamento de Biologia Geral, Ponta Grossa/Pr. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática e do Programa de Pós-Graduação em Educação ambos da UEPG.  E-mail: bbheerdt@uepg.br – orcid: https://orcid.org/0000-0002-0428-136X

 

Downloads

Publicado

08/12/2020
Métricas
  • Visualizações do Artigo 571
  • pdf downloads: 340

Como Citar

MENDES FERREIRA, F.; HEERDT, B. Discursos de gênero em relação ao processo de fecundação humana em site educativo . Revista Cocar, [S. l.], v. 14, n. 30, 2020. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/3584. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos