O papel da língua na governança e na adesão ao estado e as novas políticas linguísticas

Autores

  • Rubia Carla Donda da Silva
  • Viviani Fernanda Hojas
  • Sandra Eli Sartoreto de Oliveira

Resumo

The language paper in the governance and state membership and the new language policies

Resumo

Este artigo tem por objetivo contemplar um diálogo em torno do papel da(s) língua(s) na consolidação da governança e na adesão ao Estado, bem como discutir as novas políticas linguísticas. O texto está organizado em duas seções que tratam, respectivamente, da preponderância da política monolíngue no processo de consolidação do Estado moderno e das políticas linguísticas mais recentes que se pautam em soluções plurilíngues e apresentam implicações para a área da educação. Por fim, ressaltamos que no contexto atual, há a necessidade de o Estado assegurar os direitos linguísticos de reconhecimento, uso, difusão e ensino das variedades linguísticas para sua própria legitimação e, ao mesmo tempo, investir em instrumentos e novas modalidades de ensino voltadas para o plurilinguismo, já que a internacionalização das línguas e a versatilidade linguística são primordiais para as relações exteriores e para as negociações no mercado globalizado.

Palavras-chave: Estado; Políticas Linguísticas; Globalização; Direitos Linguísticos.

 

Abstract

This article aims to contemplate a dialogue about the language (s) in governance administration and State support, as well as discuss new languages policies. The text is organized in two sections that deal, respectively, with the preponderance of monolithic politics in the process of application of the modern state and the most recent linguistic policies that are based on multi-lingual solutions and implement applications for the area of education. Lastly, we emphasize that, in the current context, there is a need for the State to guarantee the linguistic rights of recognition, use, diffusion and teaching of linguistic varieties for its own legitimation, and at the same time to invest in instruments and new teaching modalities aimed at or multilingualism, as internationalization of languages and linguistic versatility are paramount for external relations and negotiations in the globalized market.

Keywords: State; Languages Policies; Globalization; Language Rights.

 

Biografia do Autor

Rubia Carla Donda da Silva

Doutoranda pelo Programa de Pós-Graduação em Educação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Unesp, Professora de Educação Básica, da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo. Email: rubica.donda@gmail.com

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-2959-8486

Viviani Fernanda Hojas

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – Unesp, Professora Visitante do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Acre - UFAC. Email: vivianihojas@gmail.com

Orcid: http://orcid.org/0000-0002-9841-0301

Sandra Eli Sartoreto de Oliveira

Doutora em Educação. Professora assistente do Departamento de Educação e Desenvolvimento Humano e do Programa de Pós-Graduação em Educação, da Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista, Campus de Marília. Email: sandra.eli@unesp.br; sandra.sartoreto@gmail.com    

 Orcid: http://orcid.org/0000-0002-4247-1447

Downloads

Publicado

27/04/2020 — Atualizado em 15/07/2020

Versões

Edição

Seção

Artigos