Festa da Moça na Aldeia São Pedro: Contribuições para educação intercultural indígena, diálogo e reflexão acerca da diversidade cultural

Autores

  • Fabrício César Costa Rodrigues fabmissionufpa@gmail.com
  • Magno Kamiran Oliveira Sousa Tembé kamirantembe@gmail.com

Resumo

The moça festival in village São Pedro: contributions for indian intercultural education, dialogue and reflection on cultural diversity

Resumo

O presente relato apresenta uma iniciativa de documentação da Cultura Tembé, em especial a primeira Festa da Moça realizada no ano de 2018, no período de 16 a 22 de abril na Aldeia São Pedro, no município de Santa Luzia/Pará, organizado pelo cacique Kamiran Tembé e pelo professor Fabrício Rodrigues. A trajetória metodológica foi fundamentada na pesquisa de campo como enfoque na abordagem qualitativa. A coleta de dados foi por meio da observação participante, em decorrência de ser um meio de participar diretamente da vida social dos sujeitos no seu cenário sociocultural relacionado aos preparativos da Festa da Moça. O objetivo foi problematizar a partir do ritual da Festa da Moça a diversidade sociocultural e cosmológica relacionada a uma contextualização pedagógica interdisciplinar teórica e prática de valorização dos seus costumes culturais e tradições. Durante a realização da pesquisa, diferentes instrumentos de registros de observações e informações foram utilizados, como as conversas informais com o pajé, as lideranças indígenas e os mais velhos por meio de roteiros de entrevistas, registros em áudio e câmera fotográfica. Conclui-se que a transmissão (documental) da memória indígena da Festa da Moça passou a ser valorizada nas escolas de Educação Infantil e de Ensino Fundamental nas aldeias do Povo Indígena do Alto Rio Guamá-TIARG e tal atividade possibilitará a construção de uma educação diferenciada com fundamentos em um saber prático e correspondente aos seus costumes culturais e tradições.

Palavras-chave: Ritual e Saberes Indígenas, Educação Diferenciada, Festa da Moça.

Abstract

This work reports an initiative to document the Tembé Culture, especially the first Moça Festival, which took place from 16 to 22 of April of 2018 at the São Pedro Village, in the city of Santa Luzia in the state of Pará, and was organized by the cacique Kamiran Tembé and Professor Fabrício Rodrigues. To accomplish this work, the method used was field research focusing in qualitative dimensions. The data collection was performed by observing the participants, because it was a way to actively engage in the social life of the subjects in their own social cultural environment regarding the Moça Festival. Using the festival as a base, the objective was to discuss the social-cultural and cosmological diversity related to an interdisciplinary pedagogical contextualization, both theoretical and practical, of valuing their cultural customs and traditions. During the research, different tools were used to record the observations and information, like interviews, audio recordings and photographic cameras. It was possible to see that the (documented) transference of the indigenous memory of the Moça Festival started to be more valued in the schools of Preschool and Primary education in the villages of the Indian People of the Guamá River Spring (TIAG), and this activity will enable the construction of a differentiated education, based on practical knowledge, that corresponds to its cultural customs and traditions.

Keywords: Indian Knowledge and Rituals; Differentiated Education; Moça Festival.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício César Costa Rodrigues

Licenciado e Bacharel em Geografia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Pedagogo formado pela Universidade da Amazônia (UNAMA). Especialista em Currículo e Avaliação na Educação Básica pela Universidade do Estado do Pará (UEPA). Mestre em Gestão de Recursos Naturais e Desenvolvimento Local na Amazônia pelo Núcleo de Meio Ambiente da Universidade Federal do Pará (NUMA/UFPA). Consultor pedagógico do Povo Tembé no Território Indígena do Alto Rio Guamá–TIARG. Belém, Pará. Atua também como pesquisador e consultor há 7 anos junto as lideranças e professores indígenas Tembés com propostas de educação intercultural indígena na área de currículo escolar, formação de professores e construção de materiais didáticos interdisciplinares e bilíngues.

E-mail: fabmissionufpa@gmail.com          Orcid: http://orcid.org/0000-0002-4564-0963

Magno Kamiran Oliveira Sousa Tembé

Graduado em Licenciatura Intercultural Indígena pela Universidade do Estado do Pará (UEPA). Cacique da Aldeia São Pedro e professor da Escola Estadual Indígena Francisco Magno Tembé. Especialista em Educação Escolar Indígena pela UEPA (2019).

E-mail: kamirantembe@gmail.com            Orcid: http://orcid.org/0000-0001-6353-5545

Downloads

Publicado

29/03/2020
Métricas
  • Visualizações do Artigo 324
  • PDF downloads: 275

Como Citar

RODRIGUES, F. C. C.; TEMBÉ, M. K. O. S. Festa da Moça na Aldeia São Pedro: Contribuições para educação intercultural indígena, diálogo e reflexão acerca da diversidade cultural. Revista Cocar, [S. l.], v. 14, n. 28, p. 485–505, 2020. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/3134. Acesso em: 22 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos