O universo metapoético de Paulo Plínio Abreu: reflexões sobre o ensino de literatura da Amazônia

Autores

  • Geovane Silva Belo geovanebelo@hotmail.com
    UFRA
  • Joel Cardoso joelcardosos@uol.com.br
    UFPA

Resumo

A literatura da Amazônia, sob a égide canônica do tradicionalismo do ensino literário, vivencia um silenciamento nas práticas educativas das escolas públicas e privadas. A poesia do paraense Paulo Plínio Abreu (1921-1959) é uma construção estético-discursiva essencialmente metalinguística e simbólica, capaz de dar luz a práticas mais humanísticas, estético-filosóficas e plurissignificativas com a linguagem poética, em uma experiência que vai além do estilismo, da periodicidade histórica, do regionalismo e dos imperativos de uma educação utilitária. A metalinguagem como metapoesia se constitui um dos elementos mais criativos da obra literária de Plínio, em um movimento no qual o verso dialoga com as ambivalências do homem, a angústia do ser e os limites da própria escrita, em uma vidência ou um drama poético-existencial. Este artigo procura apresentar o universo metapoético do autor e discutir o lugar das vozes literárias da Amazônia no ensino de literatura.

Palavras-chave: Paulo Plínio Abreu; literatura da Amazônia; ensino.

The metapoetic universe of Paulo Plínio Abreu: reflections on the teaching of Amazonian Literature

Abstract

Amazon literature, under canonical aegis of literary teaching traditionalism, experiences a silencing in the educational practices in public and private schools. Paulo Plinio Abreu’s work (1921-1959) is an aesthetic-discursive construction which is essentially metalinguistic and symbolic, capable of giving light to more humanistic, aesthetic-philosophical and pluri-significant practices with poetic language, in an experience beyond styling, historical periodicity, regionalism and imperatives of a utilitarian education. Metalanguage as meta-poetry is one of the most creative elements of Plinio's literary work, in a way in which the verse converses with the ambivalences of man, the anguish of being and the limits of "own writing, in a clairvoyance or a poetic-existential drama. This paper presents the author’s meta-poetic universe and discusses about the place of Amazon literary voices in literature teaching.

Keywords: Paulo Plínio Abreu; Amazon Literature; teaching.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Geovane Silva Belo, UFRA

Doutor em Educação pelo PPGED/UFPA, Mestre em Artes pelo PPGARTES/UFPA, Vencedor do Prêmio Dalcídio Jurandir de Literatura 2012, Docente do curso de Letras da UFRA. E-mail: geovanebelo@hotmail.com

Joel Cardoso, UFPA

Doutor em Literatura Brasileira e Intersemiótica. Docente do ICA (Instituto de Ciências da Arte), PPGARTES, UFPA. E-mail: joelcardosos@uol.com.br

Downloads

Publicado

18/03/2018
Métricas
  • Visualizações do Artigo 159
  • PDF downloads: 178

Como Citar

BELO, G. S.; CARDOSO, J. O universo metapoético de Paulo Plínio Abreu: reflexões sobre o ensino de literatura da Amazônia. Revista Cocar, [S. l.], v. 11, n. 22, p. 228–247, 2018. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/1605. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos