Educação, Cultura, Diversidade e Inclusão Social

Autores

  • Jaci Menezes Universidade do Estado da Bahia

Resumo

O texto, discutindo a existência de uma identidade do povo brasileiro como uma identidade plural, afirma a diversidade cultural nas regiões Norte e Nordeste do Brassil e a necessidade de abrir espaço para a manifestação das diversas formas de estar no mundo e de pensá-lo. Mostra como, na história brasileira, desenvolveu-se um processo civilizador, educativo, que esmagava as diferenças e afirmava pretensas superioridades. Afirma, também, ao reconhecer as diferenças, que elas não podem e não devem gerar, fortalecer ou disseminar as desigualdades de acesso à cidadania entre os grupos que formam a população brasileira. Mostra, com base nos Índices de Desenvolvimento Humano, a existência de uma desigual distribuição da riqueza pelos Estados, Regiões e Municípios Brasileiros, com uma maior incidência da pobreza sobre os Estados Nordestinos e sobre os negros. Reconhecer as desigualdades de acesso a bens e serviços a que estão submetidas parcelas consideráveis da população, longe de vê-las como naturais ou como decorrentes da natureza, implica organizar formas ele combatê-las. Por fim, propõe uma estratégia para a implantação da Lei 10.639, de fevereiro de 2003.

Palavras-Chave: processos civilizatórios. Educação. Diversidade cultural e desigualdade regional. Pobreza e condição racial.

Education, Cultura, diversity and social inclusion

"

The text, discussing the existence of an identity of the Brazilian people as a plural identity, affirms the cultural diversity in the North and Northeast of Brazil, as well as the need to open a space to manifest the diverse forms of being and viewing the world. It reveals how, in Brazilian history, and educative process of civilization, that destroyed differences and affirmed presumed superiority, was developed. It also affirms that, by recognizing the differences, that they must not generate, empower or spread the inequalities of citizenship access among the groups that form the Brazilian population. It point out, based on the Human Development Indexes, the unequal distribution of income among the Brazilian states and, especially, among black people. Recognizing the inequalities of access to goods and services to which a large amount of population in submitted, disregarding any kind of explanation based or natural reasons, implies the organization of forms os striving against such a "reality. At last, it proposes a strategy to implement the Law 10.639, of February, 2003.

Keywords: Processes of civilization. Education. Cultural diversity and regional inequality. Poverty and racial condition.

Downloads

Edição

Seção

Artigos