A modernidade reflexiva sob a crítica decolonial

Reflexive modernity under the decolonial critique

Autores

Resumo

O objetivo deste artigo é propor uma discussão sobre o conceito de modernidade sob duas interpretações, a primeira chamada reflexiva, desenvolvida principalmente pelos autores Anthony Giddens e Ulrich Beck, uma interpretação que, apesar de fornecer contribuições importantes para um melhor entendimento do mundo moderno, mantém, conforme demonstraremos, as limitações do pensamento eurocentrado. Em seguida, apresentaremos a discussão da chamada perspectiva decolonial, que tem na reinterpretação da modernidade, a partir do conceito de colonialidade, um de seus temas basilares. O objetivo é mostrar como o conceito de colonialidade é de fundamental importância para se pensar a modernidade sob uma perspectiva contra-hegemônica, construída com base no pensamento fronteiriço desde a colonialidade, enquanto uma crítica ao eurocentrismo. 

Palavras-chave: Modernidade; Colonialidade; Perspectiva decolonial.

 

Abstract

The purpose of this paper is to propose a discussion about the concept of modernity under two interpretations. The first, called reflexive, developed mainly by Anthony Giddens and Ulrich Beck, is an interpretation that provides important contributions to the comprehension of modernity, but remains limited by its connection to Eurocentric thought. Then, we present the so-called decolonial perspective, a reinterpretation of modernity based on its basic concept: coloniality. The central objective is to show that the concept of coloniality is fundamental to think modernity under other perspective, a counter-hegemonic discourse constructed on the border thinking from coloniality, as a critique to the eurocentrism.

Keywords:  Modernity; Coloniality; Decolonial perspective.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Fernando Rankel, Instituto Federal do Paraná - Campus Palmas

Professor de História do Instituto Federal do Paraná (IFPR) - Doutorando do PPGDR – Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional – linha de pesquisa Educação e Desenvolvimento – (UTFPR) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Pato Branco – PR – luiz.rankel@ifpr.edu.br – ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3315-1158.

 

Marlize Rubin Oliveira , Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Bolsista CAPES/PIQDTec (2007-2011). Participou do Programa de Visiting Scholar no Center for the Study of Higher Education na Universidade do Arizona (Jan-Abril/2010). Mestre em Educação pela Universidade Federal de Pelotas - RS (2000). Professora Associada da Universidade Tecnológica Federal do Paraná do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR). Coordenadora do Grupo de Estudos sobre Universidade (GEU/UTFPR) – rubin@utfpr.edu.br – ORCID: https://orcid.org/0000-0003-3234-7562.

 

Hieda Maria Pagliosa Corona, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Paraná (1981), mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Paraná (1999), doutorado em Meio Ambiente e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Paraná (2006), pós-doutorado em Desenvolvimento socioambiental pelo Ladyss/Paris X (2012) e pós-doutorado em Desenvolvimento rural pelo PGDR/UFRGS (2013). Professora Permanente do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR) da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – pagliosa@utfpr.edu.br – ORCID: https://orcid.org/0000-0003-1790-5423.

.

Downloads

Publicado

23/10/2022
Métricas
  • Visualizações do Artigo 152
  • pdf downloads: 165

Como Citar

RANKEL, L. F.; RUBIN OLIVEIRA , M. .; MARIA PAGLIOSA CORONA, H. . A modernidade reflexiva sob a crítica decolonial: Reflexive modernity under the decolonial critique. Revista Cocar, [S. l.], v. 17, n. 35, 2022. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/5586. Acesso em: 12 abr. 2024.