Psicologia Escolar e Educacional na crise sanitária e política: qual caminho seguir?

School and Educational Psychology in the health and political crisis: which way to go?

Autores

Resumo

Este ensaio teórico parte de reflexões acerca da atuação da/o psicóloga/o escolar durante e pós-pandemia Covid-19. Considerando a história da construção desse campo de saberes e práticas, que adaptava as crianças às exigências da escola proposta pela classe dominante e individualizava as dificuldades advindas do processo de escolarização, surge a indagação se em cenário de excessivos ataques à educação, a/o psicóloga/o escolar romperia com sua vertente crítica e compromisso com o direito à educação. Os trabalhos encontrados em base de dados e livros, mostraram que mesmo com os obstáculos, essa/e profissional manteve sua atuação crítica, mas a crise estrutural do sistema capitalista coloca em xeque o futuro da educação brasileira, exigindo que os profissionais da educação, inclusive o psicólogo, mantenham uma práxis coerente para construir uma educação igualitária.

Palavras-chave: Psicologia Escolar e Educacional; COVID-19; Educação Básica.

 

Abstract

This theoretical essay is based on reflections about the performance of the school psychologist during and after the Covid-19 pandemic. Considering the history of the construction of this field of knowledge and practices, which adapted children to the demands of the school proposed by the ruling class and individualized the difficulties arising from the schooling process, the question arises whether, in a scenario of excessive attacks on education, the psychologist / the school would break with its critical aspect and commitment to the right to education. The works found in databases and books showed that even with the obstacles, this/e professional maintained its critical performance, but the structural crisis of the capitalist system puts the future of Brazilian education in question, demanding that education professionals, including the psychologist, maintain a coherent praxis to build an egalitarian education

Keywords: School and Educational Psychology; COVID-19; Basic education.

 

 

Biografia do Autor

Bárbara Maria Costa Silva, UNESP

Psicóloga e Mestre pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Doutorando em psicologia do desenvolvimento e da Aprendizagem pela Universidade Estadual Paulista - “Júlio de Mesquita Filho” (UNESP/Bauru).

E-mail: barbaramaria.cs5@gmail.com       ORCID https://orcid.org/0000-0002-6406-6856

 

Silvia Maria Cintra da Silva, Universidade Federal de Uberlândia

Psicóloga pela PUC Campinas, mestre e doutora em Educação pela Unicamp. Realizou pós-doutorado na USP, no Programa de Pós-Graduação em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano e na PUC – SP, no Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação: Psicologia da Educação. Professora Titular da Universidade Federal de Uberlândia - UFU. Editora da Revista Psicologia Escolar e Educacional. Primeira Secretária da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) – gestão 2020-2022.

E-mail: silviamariacintra@gmail.com         ORCID https://orcid.org/0000-0003-0834-5671

 

Downloads

Publicado

28/05/2022

Edição

Seção

Artigos