Memórias escolares e trajetórias de formação docente: entre marcas e ressignificações

School memories and teacher education trajectories: between brands and resignifications

Autores

  • Hugo de Melo Rodrigues Universidade Estadual do Ceará
  • José Albio Moreira de Sales Universidade Estadual do Ceará https://orcid.org/0000-0002-2521-6364
  • Francisco Felipe de Aguiar Pinheiro Universidade Estadual do Ceará

Resumo

Esse  texto discute a importância das relações entre memória escolar e formação docente, destacando influências que atitudes e posturas de professores, em diferentes espaços  e níveis escolares,  exerceram e foram incorporadas e/ou ressigificadas por seus ex-alunos, os quais, hoje, são professores e consideram essas influências “marcas” permanentes de seus mestres. Do ponto de vista teórico-metodológico, trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa, que se valeu do método autobiográfico em pesquisas na história da educação (NÓVOA E FINGER, 2010; FERRAROTTI, 2010), tendo como foco temático as mémorias de trajetórias escolares e relatos de experiências formativas de professores os quais são apontados por eles como marcas permanentes deixadas por seus mestres e que, de alguma forma, que podem ou não repercurtir em suas  práticas docentes contemporâneas. As análises foram feitas à luz das  referências teóricas dos campos da História e da Educação. Conclui-se que os professores entrevistados carregam em suas memórias marcas de experiências educacionais que os remetem aos seus primeiros mestres, destacando seus feitos, atitudes e comportamentos no exercício da  docência, os quais foram incorporados ao seu repetório professional docente.

Palavras-chave: Memória escolar;  Formação docente;  Autobiografia.

 

Abstract

This text discusses the importance of the relationship between school memory and teacher education, highlighting influences that attitudes and attitudes of teachers, in different spaces and school levels, exercised and were incorporated and/or re-imagined by their former students, who are now teachers and they consider these influences permanent “marks” of their masters. From a theoretical-methodological point of view, this is a qualitative research, which used the autobiographical method in research in the history of education (NÓVOA E FINGER, 2010; FERRAROTTI, 2010), with thematic focus on trajectory memories schools and reports of teachers' formative experiences, which are pointed out by them as permanent marks left by their teachers and that somehow have an impact on their contemporary teaching practices. The analyzes were carried out in the light of theoretical references from the fields of history and education. It is concluded that the interviewed teachers carry in their memories marks of educational experiences that take them back to their first teachers; highlighting their achievements, attitudes and behaviors in the exercise of teaching, which were incorporated into their professional teaching repertoire.

Keywords: School memory; Teacher training; Autobiography.

Biografia do Autor

Hugo de Melo Rodrigues, Universidade Estadual do Ceará

Doutorando em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE) da Universidade Estadual do Ceará. Mestre em Educação (PPGE/UECE). Especialista em psicologia Aplicada à Educação pela Universidade Regional do cariri (URCA); Licenciado em Teatro pela URCA/Ceará. Licenciado em História pela Faculdade de Formação de Professores de Serra Talhada (FAFOPST), Pernambuco. Membro do Grupo de Pesquisa: Investigação em Arte, Ensino e História (IARTEH). E-mail: hugode@hotmail.com

Orcid: https://orcid.org/0000-0003-2356-4290

José Albio Moreira de Sales, Universidade Estadual do Ceará

Professor do Programa de Pós-graduação em Educação da UECE e do Programa de Pós-graduação em Artes do IFCE. Doutor em História com tese sobre História da Arte pela Universidade Federal de Pernambuco - UFPE e estágio de pós-doutorado em Ciências da Educação na Universidade do Porto em Portugal. Bacharel em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal do Ceará- UFC e Licenciado em Arte e Educação pela Faculdade Integrada da Grande Fortaleza. Coordenador do Grupo de Pesquisa Investigação em Arte, Ensino e História – IARTEH. E-mail: albio.sales@uece.br

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-2521-6364

Francisco Felipe de Aguiar Pinheiro, Universidade Estadual do Ceará

Doutorando em Educação no Programa de Pós-graduação da Universidade Estadual do Ceará - PPGE/UECE. Mestre em Educação no Programa de Pós-graduação da Universidade Estadual do Ceará. Licenciado em História pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e em Pedagogia (2019) pela Faculdade Educacional da Lapa. Professor da Rede Oficial de Ensino do Ceará - Secretaria da Educação (SEDUC-CE). Email: felipe.pinheiro@aluno.uece.br

Orcid: https://orcid.org/0000-0001-7315-552x

 

Downloads

Publicado

28/09/2021

Edição

Seção

Artigos