O cenário histórico da colonização do estado de Rondônia e os povos indígenas: repercussões de lutas e re-existência

El escenario histórico de la colonización del estado de Rondônia y los pueblos indígenas: repercusiones de luchas y re-existencia

Autores

  • Vanubia Sampaio dos Santos UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA
  • Rosângela Célia Faustino UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ (UEM) https://orcid.org/0000-0002-0094-5528
  • Armelinda Borges da Silva SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SEMED de Ji-Paraná- Rondônia.

Resumo

O artigo apresenta uma análise sobre os antecedentes históricos da situação dos indígenas e das frentes de ocupação da Amazônia, em especial no estado de Rondônia. Contextualizam-se as implicações ocasionadas no decorrer dos I e II Ciclos da Borracha, a construção da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, construção da linha telegráfica de Rondon e da rodovia BR-364. A metodologia adotada compreendeu a revisão bibliográfica (MARCONI; LAKATOS, 1991). Os resultados da pesquisa registram eventos de que a colonização da região causou muitos prejuízos (violências, mortes, perda de territórios tradicionais etc.) aos povos indígenas. Por outro lado, houve e ainda há outras forças que constituem em resistência a condição de colonizados, os indígenas constituem como parte de forma de reexistir (ANCHITE, 2009) neste espaço chamado Amazônia.

Palavras-chave: Colonização; Estado de Rondônia; Povos indígenas.

 

Resumem

El artículo presenta un análisis sobre los antecedentes históricos de la situación de los indígenas y de los frentes de ocupación de la Amazonia, en especial en el estado de Rondônia. Se contextualizan las implicaciones ocasionadas en el curso de los I y II Ciclos de la Goma, la construcción del Ferrocarril Madeira-Mamoré, construcción de la línea telegráfica de Rondon y de la carretera BR-364. La metodología adoptada comprendió la revisión bibliográfica (MARCONI; LAKATOS, 1991). Los resultados de la encuesta registran eventos de que la colonización de la región causó muchos perjuicios (violencias, muertes, pérdida de territorios tradicionales, etc.) a los pueblos indígenas, a la selva, así como a los seringueiros y colonos migrantes. Por otro lado, hubo y aún hay otras fuerzas que constituyen en resistencia a la condición de colonizados, los indígenas constituyen como parte de forma de reexistir (ANCHITE, 2009) en este espacio llamado Amazonia.

Palabras clave: Colonización; Estado de Rondônia; Pueblos indígenas.

 

Biografia do Autor

Vanubia Sampaio dos Santos, UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá-(UEM). Mestra em Educação pela UFMT. Professora do Curso de Licenciatura em Educação Básica Intercultural da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) e membro do Grupo de Pesquisa em Educação na Amazônia – GPEA/UNIR. Docente do curso de Especialização em Educação Escolar Indígena do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar Indígena (PPGEI) vinculado ao Departamento de Educação intercultural da UNIR. E-mail: vanubia.sampaio@gmail.com. ORCID: http://orcid.org/0000-0001-9404-2890

Rosângela Célia Faustino, UNIVERSIDADE ESTADUAL DE MARINGÁ (UEM)

Pós-Doutora em Conhecimento e Inclusão Social em Educação (FAE/UFMG-MG). Doutora em Educação (PPGE/UFSC). Mestre em Fundamentos da Educação (PPE/UEM). Professora da Universidade Estadual de Maringá (UEM) – Brasil. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPE/UEM). Lider do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Indígena no Paraná (GEPEI/UEM). Coordenadora do Observatório da Educação Escolar Indígena UEM (CAPES/INEP) e Professora das licenciaturas de Pedagogia (UEM/PR) e Pedagogia Indígena (UNICENTRO/PR). E-mail: rcfaustino@uem.br ORCID: http://orcid.org/0000-0002-0094-5528

 

Armelinda Borges da Silva, SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - SEMED de Ji-Paraná- Rondônia.

Doutoranda em Educação Escolar do Programa de Pós-Graduação em Educação Escolar Profissional (PPGEProf) da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Professora da rede pública de ensino municipal de Ji-Paraná-RO. Membro do Grupo de Pesquisa em Educação na Amazônia – GPEA/UNIR. E-mail: armelindabs@gmail.com ORCID: https://orcid.org/0000-0002-8788-6187

 

Downloads

Publicado

31/07/2021

Edição

Seção

Artigos