Educação nas Constituições de Santo Antônio Maria Zaccaria (1502-1539)

Education in Saint Anthony Maria Zaccaria constitutions (1502-1539)

Autores

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a proposta formativa presente nas Constituições, conjunto de obras escritas pelo Padre Antônio Maria Zaccaria. em 1538 e dedicadas aos Barnabitas, ordem religiosa fundada por ele, em 1530. Inserido em um cenário de transformações religiosas, o autor foi responsável por contribuir, por meio da educação, com a reforma interna da Igreja Católica. Para a análise foi utilizado o método histórico e documental, confrontando a fonte com o contexto histórico, na perspectiva de averiguar como o Padre Antonio Maria Zaccaria elaborou um roteiro de estudos para seus religiosos, direcionando-os para a formação nos preceitos do catolicismo. Este estudo permite afirmar que o santo buscou potencializar as ações missionárias da ordem que criou com o designo de combater as ideias antagônicas à sua fé.

Palavras-chave: Educação; Santo Antônio Maria Zaccaria; Educação Barnabita.

 

Abstract

We aim to study in this article the formative proposition presented in Padre Antonio Maria Zaccaria’s Constituições, written in 1538 and devoted to the Barnabites, a religious order created by him in 1530. During a period of religious transformations, the author contributed, through education, to the catholic church’s reform. We followed the historic-documental method by confronting the document with its historical context, in order to analyze the way which Padre Antonio Maria Zaccaria made a learning guide on the basis of Catholicism to his religious followers. Therefore, this research allows us to claim that the saint meant to boost his order’s missionary actions so they could fight beliefs that opposed his faith.

Keywords: Education; Saint Anthony Maria Zaccaria; Barnabite Education.

 

Biografia do Autor

Daniel Longhini Vicençoni, Universidade Estadual de Maringá

Graduação em Licenciatura Plena em História (2019) pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Mestrando pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá, na linha de pesquisa em História e Historiografia da Educação. Participa do Grupo de Pesquisa Sobre Política, Religião e Educação na Modernidade (UEM). É bolsista CAPES. E-mail: daniel.longhini97@gmail.com Orcid: https://orcid.org/0000-0003-3662-8855

 

Cezar de Alencar Arnaut de Toledo, Universidade Estadual de Maringá.

Possui graduação em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (1978), mestrado em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (1987) e doutorado em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1996). Atualmente é professor Associado no Departamento de Fundamentos da Educação e no Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá. É líder do Grupo de Pesquisa sobre Política, Religião e Educação na Modernidade (UEM). E-mail: caatoledo@uem.br Orcid: https://orcid.org/0000-0002-7813-7950

Alessandro Santos da Rocha, Universidade Estadual de Maringá.

Graduado em História (2004) pela Universidade Estadual de Maringá, Mestre em Educação (2007) e Doutor em Educação (2014) pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual de Maringá. Participa do Grupo de Pesquisa Sobre Política, Religião e Educação na Modernidade (UEM). E-mail: asrocha2@uem.br

Orcid: https://orcid.org/0000-0002-2664-5224

 

Downloads

Publicado

01/05/2021

Edição

Seção

Artigos