A CIBERCULTURA E ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA

Autores

  • Elisa Pinheiro Universidade do Estado do Pará

Resumo

O artigo se propõe a abordar a relação do ensino de língua portuguesa com a cibercultura, considerando a inserção dos recursos tecnológicos no processo de ensino e aprendizagem. Como a simples utilização de um instrumental tecnológico não é o indicativo de uma prática pedagógica exitosa é necessário que os usuários vejam as tecnologias como suporte do processo educativo em termos de dinamização e estímulo da melhoria da aprendizagem e visualizem a possibilidade de uso das linguagens presentes no ciberespaço, na modalidade presencial de ensino, como via para a construção de estratégias aplicáveis em prol de uma aprendizagem significativa.  A escritura resulta do diálogo mantido com os estudiosos que se debruçam sobre a temática, tais como Teixeira, Lévy, Castells, Pretto e Xavier os quais, embora com focos diferenciados, entrelaçam o potencial dos recursos tecnológicos com o processo educativo, demonstrando, de forma implícita ou explícita, suas preocupações com a integração desses recursos na práxis pedagógica em um espaço resistente às mudanças, por ser ainda influenciado pelos modelos de ensino tradicionais.

Downloads

Publicado

27/05/2021