FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS DA NATUREZA POR MEIO DE OFICINA PEDAGÓGICA

Autores

DOI:

10.69675/RCU.2763-7646.3680

Palavras-chave:

Ensino de Ciências, . Prática Docente, Material Didático e Baixo Custo

Resumo

Com enfoque na formação pedagógica de professores, este estudo visa discutir a utilização de recursos didáticos lúdicos para facilitar o ensino e aprendizagem de conteúdos de Ciências da Natureza. Trata-se de uma investigação dirigida com abordagem qualitativa, por meio de oficina pedagógica sobre a confecção de brinquedos científicos, realizada com 31 docentes que trabalham com alunos do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Por meio da observação direta, notou-se interesse individual e coletivo dos participantes, além de entusiasmo e curiosidade, agregando conhecimento sobre conceitos das Ciências Naturais. Os professores destacaram que as atividades desenvolvidas contribuirão para melhorarem suas práticas pedagógicas, uma vez que proporcionam a construção de sentido e significado para os conteúdos curriculares abordados. Ressalta-se que os materiais utilizados para a construção dos brinquedos foram de fácil acesso, de baixo custo e reutilizáveis, possibilitando sua replicação em escolas com poucos recursos financeiros.

Biografia do Autor

Silvana Ferreira Lima, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Graduada em Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará - UEPA. Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas - PPGDOC pela Universidade Federal do Pará - UFPA. Possui Especialização em Gestão do Trabalho Pedagógico (Supervisão, Orientação, Inspeção e Administração) Faculdade Futura -SP. Cursando Especialização em Neuropsicopedagogia Clínica na Faculdade Faveni. Professora Colaboradora da Universidade do Estado do Pará pelo Programa Universidade Aberta do Brasil (UAB). Afinidade e experiência na área de Gestão Escolar, Aprendizagem Baseada em Projetos (ABP) e Ensino de Ciências nos anos iniciais.

José Diogo Evangelista Reis, Universidade Federal do Pará (UFPA)

Mestrando em Química Orgânica do Programa de Pós-Graduação em Química (PPGQ) da Universidade Federal do Pará (UFPA). É Graduado em Ciências Naturais com Habilitação em Química pela Universidade do Estado do Pará (UEPA), onde atuou como Monitor de Química e Ensino de Química do curso de Ciências Naturais (2017-2019), como professor colaborador do projeto Cursinho Popular (2016-2017) da UEPA-Campus XIX e voluntário no projeto de Iniciação Científica/CNPq: Determinação do perfil químico e atividade antioxidante de plantas medicinais de Salvaterra-PA. Possui experiência na área de ensino e pesquisa, gestão e organização de eventos acadêmicos, desenvolvendo trabalhos acerca das seguintes temáticas: Educação Ambiental, Química de Produtos Naturais e Ensino de Química.

Enilene da Conceição Nunes, Universidade do Estado do Pará (UEPA)

Graduada do Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade do Estado do Pará.Atualmente trabalha como professora na Escola Municipal de Ensino Fundamental de Cururú, localizada no espaço rural, vinculada a Secretaria de Educação de Salvaterra (SEMED). Tem experiência na área de educação.Monitora no projeto de extensão Cursinho Popular, voluntária no projeto de extensão brinquedoteca itinerante. Possui estudos voltados a educação ambiental no contexto ribeirinho, quilombola e campo.

Arilson Silva da Silva, Universidade do Estado do Pará (UEPA)

Graduado em Licenciatura Plena em Ciências Naturais com Habilitação em Química, pela Universidade do Estado do Pará (UEPA) (2019), Especialista em Educação Especial Inclusiva pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci (2019), Especialista em Metodologia de Ensino de Ciências Biológicas pelo Centro Universitário Leonardo da Vinci (2020). Tem experiência na área de Química, com ênfase em Química, fui coordenador geral do diretório acadêmico do Campus XIX Salvaterra-Pa, desde outubro de 2015 a outubro de 2017, também participei do diretório central dos estudantes da Universidade do Estado do Pará no ano de 2016. Fui professor do cursinho popular da UEPA de Salvaterra no ano de 2017.

Ronilson Freitas de Souza, Universidade do Estado do Pará (UEPA)

Possui doutorado em Química Orgânica pelo PPGQ da Universidade Federal do Pará. Atualmente é professor do Departamento de Ciências Naturais da Universidade do Estado do Pará (UEPA). Professor do Mestrado em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia (PPGEECA/UEPA). Tem experiência na área de Química e Ensino de ciências.

Referências

BACICH, L.; MORAN, J. Metodologias ativas para uma educação inovadora: uma abordagem teórico-prática. 1ª Edição. Porto Alegre: Penso, 2018.

BARBOZA, R.; MARTORANO, S. A. A.; Reflexões e práticas na formação de professores de ciências naturais. Revista Brasileira Educação em Ciências e Educação Matemática (ReBECEM), v.1, n.1, p. 16-29, dez. 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais. Brasília: MEC, 1998.

BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria da Educação Básica. Base nacional comum curricular- Educação é a base. Brasília, DF, 2018. Disponível em: <http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wpcontent/uploads/2018/04/BNCC_19mar2018_versaofinal.pdf>. Acesso em: 28 março. 2020.

CAMPOS, L. M. L.; BORTOLOTO, T. M.; FELICIO, A. K. C. A produção de jogos didáticos para o ensino de ciências e biologia: uma proposta para favorecer a aprendizagem. Cadernos dos Núcleos de Ensino, São Paulo, p. 35-48, 2003.

CARVALHO, A. M. P. Ensino de Ciências por investigação: condições para implementação em sala de aula. 1ª Edição. São Paulo: Cengage Learning, 2013.

CARVALHO, A. M. P.; GIL-PÉREZ, D. Formação de professores de Ciências: tendências e inovações. 10ª Edição. São Paulo: Cortez, 2011. CASTRO, L. P. V.; MALACARNE, V.; STRIEDER, D. M.; A formação de professores no brasil: histórico e desdobramentos. Revista Brasileira Educação em Ciências e Educação Matemática (ReBECEM), v. 2, n. 3, p. 347-361, dez. 2018.

COHEN, L.; MANION, L.; MORRISON, K. Research Methods in Education. 7ª edição. New York: Routledge, 2011.

DEUS, A. F. E.; SUTIL, N. Formação de professores de química: concepções de racionalidade em estágio curricular supervisionado. Revista Brasileira Educação em Ciências e Educação Matemática (ReBECEM), v. 2, n. 3, p. 432-444, dez. 2018.

DUSO, L. Encontro Nacional de Didática e Práticas de Ensino. UNICAMP. Campinas: 2012. 432 p. ESTRELA, A. Teoria e Prática de Observação de Classes: uma estratégia de formação de professores. 4ª Edição. Porto (Portugal): Porto Editora, 1994. 478p.

GOMES, P. W. P.; MODESTO, J. S.; GOMES, P. W. P.; SOUZA, R. F. O uso de um laboratório portátil com materiais reciclados nas aulas práticas de ciências naturais. Areté - Revista Amazônica de Ensino de Ciências, v.10, n.22, p. 74–83, 2017.

KAUARK, F. S.; MANHÃES, F. C.; MEDEIROS, C. H. Metodologia da pesquisa: um guia prático. 1ª Edição. Itabuna-BA: Via Litterarum, 2010, 88 p.

LEAL, E. A. L; Revolucionando a sala de aula: como envolver o estudante aplicando as técnicas de metodologias ativas de aprendizagem. 1ª Edição. São Paulo: Atlas, 2017.

MACENHAN, C.; TOZETTO, S. S.; BRANDT, C. F. Formação de professores e prática pedagógica: uma análise sobre a natureza dos saberes docentes. Práxis Educativa, v. 11, n. 2, p. 505-525, 2016.

MALDANER, O. A. A formação continuada de professores: ensino-pesquisa na escola. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, São Paulo, 1997.

OLIVEIRA, M. M. Como fazer pesquisa qualitativa. 7. Edição. Petrópolis, RJ: Vozes, 2016. RAMOS, E. S.; SANTOS, F. A. C.; LABURÚ, C. E. O uso da ludicidade como ferramenta para o Ensino de Química Orgânica: o que pensam os alunos. ACTIO, Curitiba, v. 2, n. 1, p. 119-136, jan./jul. 2017.

SCARPA, D. L.; CAMPOS, N. F. Potencialidades do ensino de Biologia por Investigação. Estudos avançados, v. 32, n. 94, p.25-41, 2018.

SILVA, E. F.; SOUSA, G. L. S.; NEVES JUNIOR, W.; TESTA, G, PIMENTEL, T. C. Utilização do lúdico por meio de dominó para a aprendizagem de alcanos por alunos de Curso Técnico em Química. ACTIO: Docência em Ciências, Curitiba, v. 2, n. 1, p. 342-358, 2017.

SOUZA, L. H. P.; GOUVÊA, G. Oficinas Pedagógicas e formação continuada de professores de ciências. IV Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Atas IV ENPEC, Bauru, SP, 25 a 29 de novembro de 2003.

Downloads

Publicado

19/05/2021 — Atualizado em 19/05/2021

Versões

Métricas
  • Visualizações do Artigo 702
  • pdf downloads: 428

Como Citar

LIMA, S. F.; REIS, J. D. E.; NUNES, E. da C.; SILVA, A. S. da; SOUZA, R. F. de. FORMAÇÃO CONTINUADA DE PROFESSORES DE CIÊNCIAS DA NATUREZA POR MEIO DE OFICINA PEDAGÓGICA. Revista Comunicação Universitária, Belém, v. 1, n. 1, 2021. DOI: 10.69675/RCU.2763-7646.3680. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/comun/article/view/3680. Acesso em: 12 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)