Vacinas e as tramas das representações sociais: apontamentos metodológicos

Autores

  • Sayda Suely Santos Antonio Rosa suerosaped@gmail.com
    UEPA
  • Cléa Nazaré Carneiro Bichara cleacarneirobichara@gmail.com
  • Altem Nascimento Pontes altempontes@hotmail.com

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar subjetivamente os procedimentos metodológicos adotados para a realização da pesquisa das Representações sociais sobre vacinas e suas influências na cobertura vacinal de escolares, enfoque na família, e mostra um modo de investigação que possibilitou aliar as ciências ambientais, educação e saúde e o percurso metodológico, que foi sendo construído e reconstruído ao longo do caminho, culminando numa abordagem interdisciplinar, com dados quantitativos, por meio de estatística descritiva e analítica (CRESWELL; CRESWELL, 2021)  e dados qualitativos,  por meio da análise        do conteúdo temático de Bardin (2016), visando alcançar a taxa de cobertura vacinal dos últimos cinco anos de crianças de 0 a 7 anos de uma unidade educacional em Belém-Pará, as representações sociais das famílias sobre vacinas e as possíveis correlações entre as representações sociais sobre vacinas e o comprometimento da cobertura vacinal dos escolares.

Downloads

Publicado

14/09/2023
Métricas
  • Visualizações do Artigo 41
  • PDF downloads: 39