Jerusa Pires Ferreira: de iluminações e poéticas da luz

Autores

Resumo

Busquei neste artigo trazer reflexões sobre o ensaio autoral de Jerusa Pires Ferreira Os trabalhos da luz, publicado sob forma de livreto pela Fundação Memorial da América Latina, em 2006. Tal texto revela a extensão dos conhecimentos de sua autora sobre as artes e que tão bem ilustram as observações que faz. Após uma leitura minuciosa, à qual agrego outras produções em que trata de memória, cultura e artes, particularmente a pintura, procurei mostrar as múltiplas dimensões do tema “luz” trazidas por ela e que se projetam no campo artístico e histórico da cultura, tanto da América Latina como da Europa. Os saberes semiológicos de Jerusa descortinam vanguardas plenas de “iluminações” num percurso erudito e denso pelo universo pictórico e das diferentes linguagens que evocam a temática, como a literatura e o cinema, conectando sentidos que se apoiam nos modos de ressignificar os fundamentos dessa luz que sua memória prodigiosa retém.

Biografia do Autor

Maria Inês Amarante, UNILA

Doutora em Comunicação e Semiótica com Pós-doutorado em Ciências Sociais (Antropologia) pela PUC-SP. Especialista e Mestre em Comunicação Social - UMESP e Licenciada em Letras pela Université Libre de Bruxelles, na Bélgica. Publicou Rádio Comunitária na Escola: adolescentes, dramaturgia e participação cidadã (2012); Guerrilheiras da Palavra: Rádio, Mulheres e Resistências (2021), fruto da tese orientada pela Profa. Dra. Jerusa Pires Ferreira; capítulos de livros, artigos científicos e socioculturais em periódicos nacionais e internacionais. Co-organizou a obra África: múltiplos olhares sobre a comunicação (2013).

Downloads

Publicado

03/02/2023
Métricas
  • Visualizações do Artigo 46
  • PDF downloads: 43