SOCIOLOGIA, EDUCAÇÃO E TEMAS SOCIAIS: O BULLYING NA ESCOLA.

Autores

  • lair filho lair.filho@outlook.com
    uepa
  • bruno henrique feitosa brunohfeitosa@gmail.com

Resumo

RESUMO

Historicamente a sociedade passa por diversas transformações e, sobretudo, nos dias atuais podemos afirmar que, muitas destas mudanças nem sempre podem ser destacadas como positivas, dentre elas, consiste a falta de políticas públicas para a educação, em especial problemas sociais que circundam o Ensino Médio. O objetivo desta pesquisa procura compreender a sociologia como ferramenta de apoio para o ensino escolar vigente, bem como, auxilia na transformação do espaço social vivido pelos alunos, tanto em sala de aula quanto no reflexo dos resultados em suas vidas e, com isso tornando esse aluno um agente transformador do espaço, tornando de fato um ser sociável. Diante destes, o trabalho pretende investigar acontecimentos históricos e, evidentemente identificar os diferentes prismas sociais que as famílias destes alunos passam durante sua vida escolar, principalmente durante a passagem pelo ensino médio, evidenciando dificuldades, ameaças externas e, sobretudo, o ‘”Bullying” nas escolas, considerando que o mesmo pode acarretar uma série de transtornos psicológicos para as vítimas, dificultando não só a aprendizagem como também o convívio social. Neste contexto não se pretende encontrar uma solução binária, mas estimular um debate sócio-educacional sobre aspectos sociológico-pedagógicos. A metodologia utilizada consiste em pesquisas bibliográficas de caráter investigativo, sobre a consolidação da disciplina de sociologia discutindo os avanços educacionais obtidos pela classe, bem como investigar novas práticas sociais pedagógicas em um universo de tantas reformas, com sérias divergências em sua aplicabilidade

Downloads

Publicado

26.05.2023
Métricas
  • Visualizações do Artigo 220
  • pdf downloads: 190

Edição

Seção

Artigos Originais